Últimas

Segunda-Feira, 23 de Fevereiro de 2009, 10h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

PATRIMÔNIO

PMs da AL recebem agora gratificação de R$ 700

   A Assembléia passou a arcar com a despesa de R$ 16,1 mil mensais, a título de gratificação aos policiais militares que atuam no local. Na última semana, os deputados aprovaram projeto do deputado José Riva (PP), que voltou a comandar o Legislativo mato-grossense pela quarta vez, instituindo a gratificação especial de R$ 700 a cada servidor militar à disposição da AL. Ao todo, são 23 servidores militares. Eles fazem o policiamento preventivo e repreensivo no entorno da Casa e áreas adjacentes. Também abordam suspeitos e revistam o público.

   Riva argumenta que a carga horária de trabalho destes PMs é diferenciada, o que justifica a gratificação. “Como a jornada desses policiais é diferenciada, foi necessário criar uma gratificação. Eles trabalham mais do que os outros militares”. O deputado acrescenta que, a partir da aprovação do adicional, a AL passará a requerer menos militares, já que a  carga horária será maior. “Nosso objetivo é que o número de militares seja limitado a 16. Isso porque a carga horária de trabalho será bem maior”. 

   Na avaliação do coordenador militar da Assembléia, coronel Robson Dias Pereira, a gratificação é um incentivo aos policiais. “A hora extra para quem trabalha na AL é pequena”, analisa. Além dos militares, a Assembléia conta com seguranças particulares para os deputados. “Só que estes são pagos com recursos destinados a cada deputado”, explica o presidente da AL. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • léo medeiros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    VERGONHOSA GRATIFICAÇÃO;

    E OS PMS QUE GUARDAM OS PRESÍDIOS?

    E OS QUE TRABALHAM ATÉ 72 HORA SEMANAIS?

    GRATIFICADOS DEVERIAM SER OS POLICIAIS QUE ATUAM DIRETAMENTE NAS RUAS, AQUI E NO INTERIOR DO ESTADO.

    VERGONHOSA GRATIFICAÇÃO, TRISTE MT, TRISTE SEGURANÇA PÚBLICA, VAI PARA O RALO - O QUE AINDA RESTA - DE TODO CONCEITO DOUTRINÁRIO DE POLICIAMENTO....

  • Valdevino Shmdit | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vergonhosa mesmo Léo, vergonhoso mais ainda, é o Coordenador Militar que não possui curso nenhum de Segurança Pública, ele não tem CFO, assim como o da Casa Militar, Segurança do Vice Governador, Sistema Prisional, SEFAZ, CR III, Cmt 9º...............

    Porque será q a Segurança anda tão mal heim???????

  • Carlos Roberto de Aguiar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Agora so vai trabalhar na assembleia PM apadrinhado, vai ser uma briga de foice no escuro prá ser indicado. Mais uma interferência errônea dentro da corporação, Cel. Campos Filho, voçê que é um militar inteligente não devia concordar. Ainda por cima é inconstitucional, pois pode acarretar um efeito cascata e tôda a corporação passara a fazer jus ao berere; se a intenção é essa até que é bom, pois os soldados realmente ganham pouco, mas não é o caminho certo, pois a condição da atuação do homem da segurança não condiz com adjutório.

  • Moa Tenuta | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem crítica a gratificação certamente são pessoas que não entendem das carências de estrutura física e humana da polícia militar em Mato Grosso.Todo avanço deveria ser comemorado, e muito.

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.