Últimas

Terça-Feira, 30 de Outubro de 2007, 17h:21 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

COBRANÇA

Poção aciona MP e denuncia transporte coletivo

Luiz Poção (PP), vereador por Cuiabá  O vereador Luiz Poção (PP) protocolou nesta terça (30) uma representação junto ao Ministério Público para cassar as concessões das empresas que expoloram o transporte coletivo da Capital - leia aqui  a denúncia na íntegra. O parlamentar defende um novo processo licitatório. "É inadimissível retirarem (a concessão) da Age e deixar as outras três empresas", diz, referindo-se à retirada de circulação dos ônibus da Age Transportes, que estava operando irregularmente.

    Segundo Poção, as empresas em funcionamento   estão na mesma situação da Age. Além de apresentar várias irregularidades na própria frota sucateada, não recolhem o Fundo Municipal do Transporte, que ultrapassa a R$ 100 milhões, desde 2003 e ainda não recolhem o FGTS dos seus funcionários. "Sabemos disso porque quebramos o sigilo bancário dessas empresas".

   O vereador questiona a idoneidade dos contratos do transporte coletivo por parte da administração Wilson Santos (PSDB). "Tenho certeza de que o prefeito vai renovar os contratos, porque ele está do lado das empresas". O contrato de concessão firmado entre a Prefeitura de Cuiabá e as empresas tem o prazo de cinco anos, prorrogável por igual período.

     Passe-livre

    "Não podemos ser ingênuos em relação à restrição do passe-livre", declara Luiz Poção. Ele afirma que o projeto de autoria dos vereadores governistas é uma articulação para não atingindir o prefeito, já que este pretende disputar a reeleição em 2008. Segundo o vereador, a manobra foi acordada também com a Associação Mato-grossense dos Transportes Urbanos (AMTU). "Enquanto o prefeito garante que não haverá restrição até o final do seu mandato, a AMTU diz que vai cumprir a lei a partir do próximo ano", explica.

   Poção declara que o prefeito não está pagando o passe-livre às empresas, conforme divulgado pela AMTU nesta semana. Segundo a prefeitura, o passe-livre usado fora do horário escolar teria gerado um prejuízo de R$ 2,1 milhões ao Executivo nos últimos meses . "Desafio o prefeito a me entregar o comprovante de pagamento", exalta Poção, ao argumentar que a prefeitura não tem controle desses valores. Para ele, as empresas não estão cobrando a administração municipal porque o valor da tarifa está superfaturado. A tarifa de ônibus custa R$ 2,05. Poção aponta uma tarifa de R$ 0,81 como sendo a justa. Pollyana Araújo) 

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • SILVIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A POLITICA DE FALAR DO MAL LAVADO COMEÇOU -NOS ELEITORES TEREMOS MUITO TRABALHO PARA SEPARAR O CERTO DO ERRADO.

    O PARTID POPULISTA COMEÇOU A DETONAR

    WALTER RABELO NO PROGRAMA DE TELEVISÃO - LEVI ANDRADE - DEUCIMAR E AGORA POÇÃO, VEM MAIS AI GENTE - PREPARE-SE PREFEITO

    ACHO QUE QUANTO MAIS O PP DETONA O PREFEITO - OUTRAS CANDIDATURAS COMEÇAM A DESPONTAR - PRA FAZER A DIFERENÇA

  • BETO AMORIM | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Agora para ser candidato é preciso ter um programa de TV, fazer assistencialismo, mostrar cenas degradantes, chorar, fazer oposição, sem planejamento algum, e já aparece nas pesquisas como certo, a vitória para representar o povo. BASTA CHEGA DE VENDILHÕES, OPORTUNISTAS, VAMOS DIZER NÃO NAS URNAS... DEIXEM O GALINHO TRABALHAR..

Efeito-Covid adia vinda de Michelle

michelle bolsonaro A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, resolveram transferir para abril a agenda de 11 de março que teria como convidada a secretária nacional de Mulheres, do Ministério dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e a primeira-dama do Brasil Michelle...

Governador entre a cruz e a espada

mauro mendes curtinha   Às vésperas da pandemia completar 1 ano em MT, o Estado vive o seu pior momento e o governador Mauro Mendes (foto) enfrenta uma verdadeira prova de fogo: liderar ações coordenadas em todo o território mato-grossense para evitar que o Estado viva cenas parecidas com as de Manaus e de Estados...

Câmara volta a realizar 2 sessões

juca 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob a presidência do vereador Juca do Guaraná Filho (foto), volta a realizar duas sessões semanais, nas terças e quintas. Por conta da pandemia, as sessões serão remotas. A resolução foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares que vinham...

Coronel linha dura morre ao 91 anos

Coronel Abid 400   Morreu   em Campo Grande (MS), aos 91 anos,  o coronel da PM aposentado Adib Massad (foto), considerado  um dos principais nomes  da Segurança Pública de Mato Grosso na década de 1970. À época, ainda com a patente de  tenente, foi comandante regional...

Mauro e vitórias na briga de decretos

orlando perri 400 curtinha   A estratégia do governador Mauro Mendes de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro,...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...