Últimas

Terça-Feira, 24 de Novembro de 2009, 17h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

DEBATE

Policiais cobram reajuste salarial e denunciam retaliações

  Policiais militares, civis e do Corpo de Bombeiros acusaram o Comando Geral da Polícia Militar de os coagir e ameaçar para que não participem do movimento em prol da PEC que propõe a equiparação salarial da categoria de todos os estados brasileiros com os praticados hoje pelo Distrito Federal. As denúncias foram feitas durante uma audiência pública realizada na Câmara de Cuiabá para debater a PEC 300.  Indignados com a chamada “Lei da Mordaça”, representantes das três categorias distribuíram panfletos rechaçando perseguições e retaliações sofridas pelos policiais que reivindicam melhores condições de salário.  “O Comando Geral foca nas questões internas, usa a força para punir policiais, pais de família, inclusive com a prisão. Por outro lado, os criminosos tomam conta do Estado. Livres nas ruas, os bandidos amedrontam e ameaçam a população indefesa”, diz trecho do texto. Segundo eles, há uma grande desproporção dos vencimentos entre os estados. Enquanto o piso salarial de Brasília ultrapassa a ordem de R$ 4 mil, por exemplo, o de Mato Grosso é de R$ 1,6 mil. “Queremos um salário digno e justo. Enquanto a sociedade dorme, a polícia vela pelo seu sono”, argumentou a presidente da Associação da Família Miliciana de Rondonópolis, Adriana Brasil.

   O vereador Antônio Fernandes (PSDB), que solicitou a audiência para discutir o assunto, classificou de “vergonhosa” a presença de dois tenentes rondando a Câmara, na tentativa de fotografar os policiais que participavam da sessão e, com isso, persegui-los depois. “Isso é uma vergonha para a sociedade. Muitos policiais que vieram a essa audiência não quiseram entrar e outros entraram e depois saíram por medo de sofrer punição”, afirmou o tucano.

   Segundo o deputado federal Eliene Lima (PP), que é membro da Comissão Especial em defesa da PEC 300, devem ser realizados mobilizações populares nas ruas da Capital. “Vamos agendar uma data para fazer um movimento de arromba. Com trio elétrico e tudo”. O parlamentar adiantou que vai convidar alguns membros da comissão da Câmara Federal e deputados estaduais para participar do protesto, mas ainda não divulgou a data.

  Durante o encontro foi formalizada a criação de uma Comissão Permanente para auxiliar nas reivindicações. Foram escolhidos para compor a comissão, presidida por Fernandes, os vereadores cuiabanos Pastor Washington (PRTB) e Néviton Fagundes (PRTB), além do presidente da Casa, Deucimar Silva, e os vereadores por Várzea Grande Hilton Gusmão (PV) e João Madureira (PSB). A primeira reunião já foi agendada para a próxima segunda (30), às 9h, no gabinete da presidência da Câmara. (Patrícia Sanches com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (21)

  • Policial Militar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quero classificar a atitude deste Coronel que procura punir apenas praças que trabalham para e carregam nas costas a instituição PMMT.
    Acontece que este Coronel não pune os seus pareos envolvido em máfia do conbustivel, grilagem de terra, roubo de peças da oficina unica. e por isso que é vergonhoso trabalhar para defender a sociedade sendo que somos perseguidos humilhados e tratado com covardia, e ao me ver isso e DITADURA, porque os unicos funcionario que pagamos coma propria vida para proteger as dos outros.
    E por isso que eu defendo que coronel de policia para comandar a policia tem que ser eleita pelos praças, por que assim dizem que vivemos numa DEMOCRACIA em boras no sentido fugurado.
    Esta e a minha indignação e sou favoravel a PEC 300 porque assim policiais miliatares e bombeiros do Brasil todo poderão de fato dar uma vida digna a seus familiares, e eu não sei onde esta escrito que é so oficial de policia que tem que andar de carro ou morar em lugar descente.

  • Clara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Já está mais do que na hora de acontecer uma mobilização, contra esse comando e esse Governo, que só sabe oprimir os Praças.

    Ouvir dizer que o Comandante Geral iria para Isarael fazer um curso. Pergunto? Enquanto a bomba está esplodindo aqui, ele vai para lá.

    Ele tem é que reciclar como comandar, ter humildade com a tropa.

    Gostaria que alguns orgão competente fizesse uma pesquisa interna, na integra com esses policiais que ai estão.

    Campos Filho você não está agradando e nunca agradou!!!!

    O tempo que esse comando está usando para reprimir os policiais, tinham e que buscar soluções, para a nossa Segurança Publica.

  • Ataídes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olá
    Anderson Cojamar Moura, vc deve ser um dos apadrinhados que ganham nas costas dos outros servidores, pois fala e vomita em todo mundo como tal.
    Acorda prá vida vc é como qualquer da corporação, isso não é questão de ordem ou de regras, isso é escravidão e a lei Aurea se vc estudou um pouco foi assinada faz tempo. Essa história de pedir pra sair, penso que vc tá assistindo muito filme, todos passaram em um concurso e apenas exigem respeito e dignidade, como a PM vai coibir os crimes se mora do lado do bandido somente separado por um muro e olha lá se tem muro, pois o salário q ganha nem dá pra isso. Assisti uma cena lastimável onde um policial da Força Tática de Mato Grosso, pegava um coletivo lotado de gente com sua boroca na mão fardado e com o colete da Força Tática, com certeza havai acabado de largar seu plantão e não tinha nem um carro para ir para sua casa. Realmente uma vergonha para todos, mas pessoas como vc não vêem isso, somente pensam que o mundo gira em torno de seu próprio umbigo. Acorda filhao de Deus, vai para a igreja orar, pedir mais humildade, para vc pensar nos outros seres humanos, a Polícia Militar não é obrigada a viver regida por idéias iguáis as suas. Essas suas palavras foram ditas há anos pelo então secretário de fazenda Valdir Teis. Acorda vai orar a Deus.

  • Sd De almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até quando o Cel Campos Filho pensa em ficar no Cmdo Geral! Um dia ele vai sair!

    Sr Governador, os PMs também votam, vou fazer campanha contra vc e qualquer um q te apoiar, pode ter certeza!

    A sua candidatura vai ser o maior fiasco!
    Assim como foi o seu concurso!
    Hoje a PM ja tem mais da metade dos praças renovados...

    Hoje vc ta por cima com seus puxa sacos, ano que vem vc recebe o troco!
    Viva e vera!

    A PM e o Estado não é seu!!!
    É do povo...

    quem ri por ultimo ri melhor!!!

    Povo de MT abra o olho contra esse povo mesquinho...

    O poder esta em suas maõs, ou melhor em seu voto!!

    Abraço a todos...

  • Jacyara -Leal. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESTOU ORGULHOSO, do meu Deputado Eliene Lima, está em luta solitária mas a favor das suas convicções e ideáis.
    O deputado nos últimos sessenta dias paricipou pessoalmente ou com a representações de sucessores de inumeras reuniões em que o foco das reivindicações foram: A equiparação do soldo dos militares PM com o Distrito Federal, a defesa da inclusão dos inabilitados fisicamente e mentais à sociedade, com foco especial e apoiando o Vereador Toninho da Glória em Várzea Grande e no seu lançamento aos demais municipios.
    O deputado é um defensor e admirador dos trabalhos da: APAE, PESTALOZI, CEVG e muitas instituições que possibilitam amparo aos desastidos e inabilitados.
    Parabens deputado e estou certo que os militares que possuem corpo de tropa e respeito pelos seus colegas e subordinados estão firmes com o senhor nesta luta.
    Não existem comandos sem subalternos, portanto as condições dignas devem realmente prestigiar a todos os militares.

    Meu abraço.

  • Anderson Cojimar Moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem mandou ser PM??? Quem entrou, sabia das regras quando quis usar a farda. Se não entender ou não aceita hierarquia, pede pra sair e vá trabalhar onde quiser. A gloriosa PMMT tem regras, tem história e tem comando. Quem num aguenta, repito, pede pra sair, porque só fica quem tem coragem e brio. Os fracos caem sempre.

  • lucas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • RONEI DUARTE Ex Pres. Assoc. ST e Sargen | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Alguns oficiais das Policias Militares do Brasil (de aspirante a Coronel PM) acham que a Corporação Militar é extensão da sua propriedade privada,podendo usá-la de acordo com sua conveniência,sem prestar contas a ninguèm. Para estes, a inter relação profissional entre Oficiais e Praças são constituídas nas  bases da submissão e subserviência. Alguns confundem o respeito a hierárquia e a disciplina com obediência cega e irreflexão as  suas ordens. Vêem as  Praças como uma massa ignorante desprovida de sentimentos e vontade própria. Não reconhecendo-as como sujeitos de direitos em relação aos demais servidores públicos. Prova disso são as insistentes aplicações de punições administrativas de detenção e prisão as Praças por cometimento de transgressões disciplinares,muitas vezes encaminhando o detido até para o Presídio Militar ou improvisando uma cela no próprio quartel. Ou até o uso da transferência repentina para outra cidade do Estado como forma de punição,ou a não concessão da merecida promoção ou de  outros direitos laborais.  Não querem que ocorra a valorização  profissional através do recebimento de um soldo digno e condizente com os riscos da profissão,haja vista que, isso melhorará muito a qualidade,especialmente das Praças compostas de soldados a subtenentes,o que motivará, inclusive, o ingresso na Caserna de muitos candidatos com curso superior. Os profissionais mal formados, incompetentes e na maioria corruptos temem o esvaziamento do seu falso poder  sobre os seus subordinados,pois profissionais melhor  qualificados e preparados não se sujeitarão  a obedecer e cumprir ordens absurdas e ilegais.  Os Policiais  Militares bem remunerados e, consequentemente, melhor qualificados e preprarados,   sobretudo cônscios dos seus direitos e obrigações saberão com toda certeza recorrer e enfrentar todas as formas de abusos e perseguições administrativas que ocorrem interna corporis,inclusive, com um melhor poder aquisitivo para contratar bons profissionais para defender seus direitos que foram por ventura lesados ou subtraídos pelos maus superiores. Bem como,dificilmente  participarão e colaborarão com seus atos ilícitos e saberão denúnciá-los. Enfim, podemos concluir que são estes alguns dos principais motivos pelos quais alguns Oficiais PM procuram intimidar as Praças fins  evitar  a mobilização em favor da aprovação da  PEC 300. Tenho que, a aprovação da PEC 300 além de ganhos qualitativos nas Corporações Militares,servirá ainda como incentivo aos milhões de jovens e adolescentes, que terão oportunidade de ingressar numa carreira policial militar valorizada e respeitada.  Numa pesquisa recente realizada com jovens da baixada Cuiabana, foi constatado que 50% dos jovens e adolescentes ou pensam em ser Policiais ou pensam em ser Bandidos e ingressar no mundo do crime. Policias Militares ou Civis ganhando melhor com toda certeza fará com que a maioria absoluta desses jovens optem e decidam em favor do ingresso na corporação policial ao invés de serem co-optadas pelo crime. E nós poderemos dormir melhor e sossegados! sabendo que a mão que segura a arma em nosso favor está limpa e trabalhando feliz. Razão pelo qual todos nós devem apoiar a PEC 300! 

  • Amarildo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sou morador do Bairro Alvorada, e quero salientar que quem faz elogios a esse vereador Antonio Fernandes tomem cuidado e apenas barulho pra ganhar votos nas proximas eleições.
    Acontece: que esse vereador enquanto pré candidato a vereador e morador do bairro alvorada, simplesmente mudou de figura após ser eleito e recebeu aproximadamente uns 1200 votos dos moradores do bairro alvorada e prometeu o mundo e o fundo, hoje atuando como vereador do PSDB, simplesmente nudou-se do bairro alvorada deixando os que votaram nele a ver promessas que jamais serão cumpridas por este parlamentar.
    Acordem meu povo não é porque ele esta defedendo a pec 300 que ja temos que coloca-lo na Assembléia Legislativa.
    Praça tem que votar em praça porque é só nóis que sabemos dos problemas que a instiuição precisa e necessita.
    Cabo Amarildo.
    Orkut. deputadoamarildo@yahoo.com.br
    msn.euamarildosantos@hotmail.com
    A PM e BM tem que ser mais unida pois a desunião so favorece a casta. Pense nisso!!!!

  • Felipe | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É claro que o Comandante Geral da PMMT vai impedir as manisfestações dos policiais militares...
    Faz toda politicagem para se manter no cargo, o possível e o impossível para continuar agarrado na teta do Estado, como regalias e status...
    Chegaaaaaaaaaaa desse comandante!!! Tá passando da hora de entrar outro em seu lugar!!! Vamos oxigenar a PM governador!!!

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.