Últimas

Segunda-Feira, 27 de Abril de 2009, 14h:26 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

TANGARÁ DA SERRA

Política pode não ser coisa pra gente séria, diz Ladeia

   A exemplo do governador Blairo Maggi (PR), o prefeito reeleito de Tangará da Serra (210 km ao Médio-Norte da Capital), Júlio Cesar Ladeia (PR), que teve o mandato cassado na última quinta (23), admitiu nesta segunda (27) que vai deixar a vida política, caso não consiga reverter na Justiça Eleitoral a decisão que cassou seu registro por improbidade administrativa. Ele também revelou que vai recorrer da sentença de primeira instância ainda nesta segunda, ao Tribunal Regional Eleitoral. "Se não conseguir retornar ao cargo de prefeito, vou sair da política e passarei definitivamente a acreditar que isso não é coisa para gente séria", desabafou, pela manhã, durante o "Encontro Estadual dos Prefeitos do PR", no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá.  

   Desapontado com a perda do cargo, Ladeia disse acreditar que a tese de defesa sustentada por seu advogado, Lauro da Mata, foi "falha". Atual assessor jurídico da Câmara Municipal de Cuiabá, Lauro não atua mais nos processos referentes ao prefeito cassado. No lugar dele, Ladeia contratou o advogado Alexandre Nery. "Estou chateado com o tipo de política feita em Tangará da Serra, e acredito que poderei encontrar guarida na Justiça", avaliou.

   Ladeia e o vice, José Jaconias da Silva (PT), tiveram os registros cassados por determinação do juiz eleitoral Jamilson Haddad Campos - saiba mais aqui. De acordo com a acusação, o então prefeito incorreu em improbidade administrativa devido à propaganda irregular em materiais impressos pela gestão. Também foram apontados supostos gastos irregulares com publicidade e pagamento de multa civil no valor de duas vezes o dano possivelmente causado aos cofres públicos. O prefeito cassado ainda terá de arcar com R$ 1,5 milhão referente às custas processuais.

   A Justiça Eleitoral fará nova eleição em Tangará da Serra, pois Ladeia obteve 18.068, o equivalente a 73,5% dos votos válidos. A segunda colocada, Azenate Fernandes, recebeu somente 6.482 votos. A Legislação Eleitoral prevê nova eleição caso o prefeito cassado receba 50% dos votos, mais um. Ladeia ainda é réu em duas ações criminais em tramitação no Tribunal de Justiça. Com a cassação, assume a prefeitura provisoriamente o presidente da Câmara, vereador Zé Pequeno (PT). (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CONTA OUTRA, LADEIA.!!

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...

PT, candidata vetada e novo ajuste

bob pt 400 curtinha   O PT em Cuiabá, comandado pelo assessor do deputado Lúdio, Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), terá de ajustar de novo a chapa proporcional, especialmente sobre candidaturas femininas em Cuiabá. Depois que foi intimado pela Justiça a completar a cota de mulheres, sob pena de indeferimento da...

MAIS LIDAS