Últimas

Sexta-Feira, 18 de Janeiro de 2008, 15h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

NEGÓCIOS

Políticos compram aviões para visitar as bases

  Vários políticos mato-grossenses já montaram estruturas para estarem presentes nas mais longínquas regiões e de olho no reforço das bases eletorais tanto para as urnas deste ano quanto para 2010. Muitos possuem até jatinhos, como os empresários Blairo Maggi e Otaviano Pivetta, respectivamente, governador e deputado estadual, além do pecuarista e senador Jaime Campos, que desde 2006 utiliza o jato executivo inglês Hawk. Antes, o cacique do DEM (ex-PL) tinha um Xingu. Maior produtor indivual de soja do Mundo, Maggi, diretor-presidente do Grupo Amaggi, possui dois aviões.

Deputado federal Wellington Fagundes O deputado federal de quinto mandato e pecuarista Wellington Fagundes é proprietário de um Sêneca, de cor branca e verde. Custa cerca de R$ 300 mil. Ele utiliza o bimotor para as viagens ao interior tanto para "fazer política" quanto nos negócios. Possui, por exemplo, empresas de comunicação em Barra do Garças, Jaciara, Tangará da Serra e Rondonópolis, onde reside. O senador e pecuarista Jonas Pinheiro, um os principais criadores de gado de elite de Mato Grosso, também é dono de um bimotor. O ex-deputado estadual e hoje federal Eliene Lima (PP) pagou cerca de R$ 200 mil numa aeronave monomotor.

    O deputado estadual José Riva, primeiro-secretário da Assembléia, é dono de uma aeronave bimotor, assim como o vice-governador Silval Barbosa (PMDB) e o deputado federal Pedro Henry (PP). O deputado estadual Ságuas Moraes e o federal Carlos Abicalil (ambos PT) compraram em sociedade um avião, que acabou destruído numa queda. O acidente aconteceu há cerca de cinco anos. Também possui aeronave o deputado e empresário Adalto de Freitas, o Daltinho (PMDB), pré-candidato a prefeito de Barra do Garças.

    Alguns políticos omitem possuir aviões, enquanto outros declaram a propriedade, mas com valores completamente fora de mercado. Pedro Henry, por exemplo, informou à Justiça Eleitoral que sua aeronave vale R$ 25 mil.

(19/01 - às 8h40) - Giorgio, um dos filhos do senador Jonas Pinheiro, garante que o parlamentar não possui avião. Observa também que, de fato, Jonas cria gado de elite, mas entende que "entre os políticos, está muito distante a classificação do senador como um dos maiores pecuaristas".

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • DONIZETE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESPERAMOS QUE A JUSTIÇA ELEITORAL FISCALIZEM BEM OS BENS DOS DEPUTADOS A CADA DIA QUE PASSA O RDNEWS MOSTRA PARA ASSOCIEDADE OS BENS DESSES PALARMENTARES. A JUSTIÇA E CEGA TARDA MAIS NAO FALHA HI.HI.HI.HI.HI.HI.

  • JAJAH NEVES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É ja estamos acostumados com a facilidade de vida que a cada dia aumenta mais para nossos gestores.Jatos,carros de luxo,mansões,salarios de contos de fadas e todas as mordomias existentes neste mundo de sonhos que infelismente são para poucos beneficiados,e o pior é que esta vida de sonhos que eles levam é financiada pelos que vivem um pesadelo diario causado pelo descaso dos ditos ^Homens Publicos^.Até quando sofreremos com tamanha injustica social,não merecemos carregar este fardo tão pesado que nos castiga a cada dia que se passa.Seguranca,saude e educacão de qualidade deveriam fazer parte do nosso cotidiano mas infelistemente este nosso direito de fato e razão acaba sendo nosso maior sonho de consumo sendo que a cada dia nos distanciamos desta tão sonhada JUSTICA SOCIAL.

  • Rodrigo Müssnich | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Uma correção que se faz necessaria, atualmente o Presidente do Grupo André Maggi é o Senhor Pedro Jacyr Bongiolo, informação esta disponivel no site do Grupo, neste endereço:

    http://www.grupomaggi.com.br/pt-br/materia.jsp?areaId=172&id=481

  • Gilberto...., | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    - Tá com inveja manos, eu tbm tó. mais tenho que me contentar em pegar o ônibus porque não sou politico.

    - È que eles foram professores e ganharam muito dinheiro na sala de aula.

    - Não se lembra que um deles do PT foi professor e seu avião caí?

    - Outro tbm foi professor da antiga Escola Técnica.

    O que deixa babando é que este dois Deputados federais já sentaram ao meu lado dentro do ônibus lotado.

    Quem mandou eu votar neles! eu já sabia que todos são iguais.

    O pior que estes bens semple contuma ficar em nome de parantes bem loge como Netos dos neto.

    Um abraço a todos aqueles lê meu recado.

  • Gustavo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pois é, gostaria de dizer ao nobre Deputado Wellington Fagundes que em vez dele ficar fazendo projetos inuteis como a proibiçao de alguns canais na TV por Assinatura ou será que ele esta perdendo terreno e prejudicando suas empresas de telecomunicação.

    Ah!!!! e a obra de São Vicente deputado esta parada porque? Vossa senhoria fez tanto barulho pra nada?

    Ve se trabalha um pouco e pára de ficar comprando avião.

  • Agnaldo da Silva Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    As pessoas entram na vida pública e conseguem amelhar patrimonio que os simples mortais levam anos para conseguir se conseguir. Seria o milagre da multiplicação? Com a palavra Riva (ex-contador), Bosapio (advogado), Eliene (ex-professor), Pedro Henry (médico), Abicalil (ex-professor), Saguas (médico), Sérgio Ricardo (jornalista), Jonas Pinheiro (Engenheiro Agronomo) e demais politicos matogrossense.

  • Povo Brasileiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A + ou - doze anos atraz o NOBRE deputado zé riva era um mero professor e andava de chinelo havaina e de fusquinha.Pelo visto trabalhou muuuuuuuuuuuuuuuuuiiito pois já possui fazenda avião e rede de TV. Vejo que para enriquecer ele é muito competente.

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.