Últimas

Quarta-Feira, 11 de Junho de 2008, 18h:22 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

LEGISLATIVO

Populares "invadem" a AL e defendem Rabello

  A um dia de deixar o cargo de deputado, Walter Rabello (PP), cassado pelo TRE por infidelidade partidária, mobilizou nos bastidores a categoria dos moto-taxistas e alguns populares para manifestação na Assembléia. Na sessão ordinária desta quarta à noite, eles lotam as galerias e gritam o nome do parlamentar e pré-candidato a prefeito da Capital.

  Um documento em apoio ao parlamentar, contendo assinatura de mais de 2 mil moto-taxistas, foi entregue aos deputados e a Rabello, que ingressou com um recurso ordinário nesta quarta junto ao Tribunal Regional Eleitoral. O processo vai para o Ministério Público Eleitoral apresentar suas contra-razões e depois será encaminhado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).  Nesta quinta (12), o suplente do apresentador de TV, Nilson Santos (PMDB), já deve tomar posse da cadeira de deputado.

   Da tribuna nesta quarta, deputados como José Riva e Carlos Azambuja, ambos do PP de Rabello, Dilceu Dal Bosco (DEM) e Pedro Satélite (PPS) defenderam a permanência do parlamentar cassado na Assembléia. Disseram que Rabello foi injustiçado. (Alline Marques)

(Às 22h15) - Mobilização foi espontânea, diz deputado

 

  O deputado Walter Rabello (PP) garante que não foi o responsável pela mobilização que ocorreu durante a sessão na noite desta quarta (11). Ele afirma que a manifestação, liderada pela Associação dos Moto-taxistas de Cuiabá, foi totalmente espontânea.

 

  O abaixo-assinado entregado pelos populares ao presidente da Assembléia, deputado Sérgio Ricardo (PR), não contém assinaturas apenas de moto-taxistas, mas de pessoas de todas as atividades profissionais que declaram apoio à permanência do parlamentar que pode ter deixar o cargo nesta quinta, por ter sido cassado pelo TRE por infidelidade partidária. No total, são 2.300 assinaturas.

(Às 22h40) - Documento cita comitê da maldade

Sob o título, “Somos Walter Rabello pro que der e vier!”, o documento entregue ao presidente da AL, deputado Sérgio Ricardo (PR), em defesa do deputado Walter Rabello faz referência ao Comitê da Maldade, criado nos bastidores, em 2004, pela campanha do tucano Wilson Santos. “É por isso que vimos a público manifestar nosso repúdio ao comitê da maldade, que tem feito de tudo para eliminar da disputa eleitoral os candidatos nascidos da vontade popular”, diz o documento abaixo-assinado com 2.300 assinaturas.

  Em outro trecho do documento relata que Walter Rabello é vítima de agressão política e defende sua permanência no mandato, chegando a expressar que é talvez seja preciso  “assassinar” o deputado para derrotá-lo. “Não podemos aceitar passivamente a agressão política contra o deputado Walter Rabello. Estão tentando destruí-lo. Tiraram o Walter da TV. Querem cassar o seu mandato. O que vão fazer agora, assassiná-lo?”, questiona o abaixo-assinado organizado pela Associação dos Moto-taxistas de Cuiabá.

  Os populares que assinaram o documento também acusam a Prefeitura de ter se transformado em um balcão de negócios. Apesar das críticas, nenhum nome é citado.

  • Clique aqui e confira a íntegra do abaixo-assinado

Postar um novo comentário

Comentários (21)

  • Mario Lucio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O nobre deputado deveria respeitar o seus 70 mil e para de falar inverdades, principalmente para o povo que votou e acreditou nele, mesmo o Walter Rabello sendo uma fraude. Fraude também foi o movimento prol Rabelo na Assembléia. O próprio deputado organizou a manifestação, bancou os ônibus para as pessoas, que para ele, não passam de massa de manobra, fossem até a AL defender uma pessoa que não tem defesa, que errou, foi infiel, e precisa pagar pelos seus erros como qualquer cidadão comum. O mais impressionante é que tem deputados que se solidarizaram ao deputado cassado e defendedaram sem pudor algum a infedelidade partidária. As pessoas que foram até a AL, eu não as condeno, pq a política assistencialista que Walter Rabello prática é pra isso mesmo, mas agora, ver uma decisão tãosériae justa da justiça eleitoral ser avacalhada e desrespeitada pelo poder legislativo, isso sim, é um absurdo. O Walter precisa ser cassado, como a Chica, o Fabris, Riva e todos aqueles que tiverem uma conduta errada.

  • Felipe Bastos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que eu acho incrível é como as pessoas tem tanta inveja do Rabello.Se ele é uma fraude, se conquistou os votos com assistêncialismo, se enganou o povo não sei, o que importa aqui é que ele teve 70.000 mil votos e não precisou de nenhuma merda de partido, conseguiu se eleger sozinho.Isso ai caros leitores contrários ao Walter, é querer desrespeitar os cidadãos que são imensa maioria que votaram nele.O que fico decepcionado é que na hora de escrever e descer o pau aqui anônimamente no blog, todo mundo é bom, agora mostrar essa voracidade toda pela defesa da moral no parlamento quando é assim nem se quer conheçe a AL.Esses que ai estiveram foram expontâneamente, e ainda foi pouco pelo tanto de pessoas que gostam e ecreditam no Walter, tanto é que esta ai nas pesquisas sempre na ponta.Pode ser quem for, nunca devemos tratar com injustiça e sim justiça!

  • Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deve ter rolado tanta detadura, cesta básica, gasolina e outras coisinhas mais nessa manifestação EXPONTÂNEA.....kkkkkkkk

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eh!Seu felipe Bastos as pessoas podem ser ignorantes em qualquer assunto agora ignorancia politica é o mais grave.

    o Riva foi o mais votado no entanto tai envolvido em escandalo

    o Humberto Bosaipo tambem,com mais de 60 processos nas costas é ou foi parceiro do Riva.




    a Chica Nunes foi bem votada

    o Dep. R.França foi campeão de voto em varias eleições, no entanto tai mendingando suplencia pra um e pra outro.

    eu acho que as pessoas tem que ler os projetos dos caras ver o que ele ja fez.

    asfaltar uma quadra é diferente de asfaltar o bairro inteiro

    trocar uma luz de um poste é diferente de trocar do bairro inteiro

    dar um sacolão para uma familia é diferente de fazer assistencia social para uma capital

    É por isso que os nossos politicos nadam de braçada,o cara falou bonito,faz demagogia,faz um shou no bairro,logo pensam:
    --Eu tenho que votar nesse cara!

    Eu vou me identificar pra ver se o senhor concorda ou não comigo.

    aguardo resposta


  • valeria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    AMIGO WALTER RABELLO ...
    DEUS ESTÁ C/ VOCE E PONTO.. ACREDITE...
    ELE É FIEL E GUARDA OS SEUS FILHOS .. BEIJOSS... FÉ MEU IRMÃO.......

  • Manoel Antonio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MOVIMENTO ESPONTANEO??????

    FALA SÉRIO! Falo com certeza, foi mobilizado pelo proprio Deputado; por exemplo, nos bairros José Pinto, Cidade Alta, ele mobilizou algumas pessoas para essa reunião na Assembleia Legislativa eu presenciei e até fui convidado.
    Errou tem que pagar pelo erro, até quando vamos no faz de conta?? Está passando da hora do povo ir as ruas para dar um basta nesses absurdos que acontece na politica; mentiras, demagogias, corrupção, troca de favores, emenda para aprovar projetos, etc......

  • Fernanda Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    nossa...tem gente que se atreve a ignorar os 70.000 votos do Walter...mas é muita inveja desses pequenos burgueses..metidos a analistas politicos...não dá pra ignorar, Walter é um lider popular...vão estudar, ver que diversos movimentos politicos, como os bolcheviches e mesmo o Fidel, no ínicio foram assistencialistas, pq a socieade estava podre, carente...e ajudar uma só pessoa é melhor do que apenas criticar, principalmente criticar os que estão a ajudar...

  • Thiago Araújo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Definitivamente, o Walter Rabello se desespera. Ninguém, em sã consciência - só os puxa-sacos -, acredita que a tal manifestação na Assembléia foi espontânea. Ora, isso é conversa para boi dormir.

    O TRE fez cumprir a legislação eleitoral em vigência, ao cassar o mandato do (ainda) deputado, por infidelidade partidária. Quer dizer que essa Lei vale para todos, menos para o tal Rabello? Como sempre, ele se julga o maioral.

    A propósito, de volta à TV (num canal sem a menor relevância), o (ainda) parlamentar e sua equipe de bajuladores andam, desesperadamente, atrás de famílias que moram sob pontes e viadutos, para mostrar na TV e, obviamente, incentivar a doação de cesta básica, dinheiro etc.

    Se alguém não tomar uma providência, esse cidadão vai criar uma indústria da miséria em Cuiabá. É esse o tipo de contrbuição que ele dá à cidade que o elegeu?

    Pelo que se vê no programa do rapaz, a impressão que fica é que Cuiabá é uma terra de ninguém, abandonada, só com miseráveis nas ruas. Enfim, o caos total. E aí, ele tenta surgir no cenário como salvador da pátria, com suas pregações.

    Esse filme já foi exibido em eleições passadas... Muita gente em Cuiabá, especialmente as menos esclarecidas, é vítima de uma espécie de lavagem cerebral desse senhor e de sua equipe de bajuladores.

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SÃO PESSOAS IGNORANTES OU QUE ESTÃO LEVANDO VANTAGENS,COMO ESSE TAL DE FELIPE BASTOS E FERNANDA CAMPOS É QUE ELEGEM TRANQUEIRA COMO O WALTER RABELO,RIVA,BOSAIPO,SERGIO RICARDO,ROBERTO FRANÇA E OUTROS TANTOS ENGANADORES DA BOA FÉ DOS POBRES E INDEFESOS ELEITORES QUE PRECISAM DE UMA CESTA BÁSICA.

    ESSE ENGANADORES CONSEGUEM UM RÁDIO OU PROGRAMA MUNDO CÃO DE TELEVISÃO E FAZEM UM ASSISTENCIALISMO NOJENTO,POR FALTA DE UMA PÓLITICA SOCIAL,QUE ELES DEVERIAM APRENSENTAR LEIS PARA ACABAR COM A MISERIA E A FALTA DE EMPREGOS.

    E EXATAMENTE ISSO QUE ELES NÃO FAZEM,POIS NÃO PODEM PERDER O SEU FILÃO DA MISERIA,QUE OS ELEGEM E OS TORNAM HEROIS,PARA ESSA POBRE PARCELA DA SOCIEDADE,SEM AMPARO NENHUM DO ESTADO.

    O DIA QUE TIVERMOS POLITICOS SÉRIOS E RREALMENTE PREOCUPADOS COM OS POBRES,ACABA ESSE TIPO DE PROGRAMA E ESSES APROVEITADORES DA MISERIA HUMANA.

  • JERRY SANTANA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nós temos é que agradecer MPE pela casasão desse deputado, e os outros tambem, temos é que moralizar a Al, agora tem que, afastar os apresentadores, oportunista.

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...