Últimas

Sexta-Feira, 07 de Setembro de 2007, 12h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

Artigo

Porque reeleger Serys presidente do PT!

   Uma das conquistas do 3° Congresso do PT foi a convocação do PED-Processo de Eleições Diretas para dezembro de 2007. Com direções municipais, estadual e nacional oxigenadas poderemos enfrentar as eleições 2008 com muita Força e Unidade.

    Em Mato Grosso, Serys foi eleita em 2005 com o apoio de cinco tendências ou agrupamentos: AE-Articulação de Esquerda, DS-Democracia Socialista, Utopia e Vida, Coletivo do mandato da Deputada Vera Araújo e pelo Coletivo de seu mandato como Senadora. Foi uma disputa apertada contra  o Deputado Ságuas Morais, candidato da tendência Unidade na Luta, que representava a continuidade da desastrosa “Gestão” de Alexandre César. Quando falo desastrosa garanto que estou sendo tímido na crítica.

   O mandato de Serys foi um grande desafio. Com uma direção tocada apenas pelos seus companheiros de chapa e esvaziada pela tendência derrotada, ela comandou o PT no péssimo cenário que nos cercou nas eleições de 2006. Mesmo sabotada com armações que se articularam dentro do próprio partido e que produziram a maior campanha de calúnias de que alguém já foi vítima em nosso Estado, sua gestão conseguiu manter nossa bancada Estadual e Federal com a eleição de Ságuas, Ademir Brunetto e Carlos Abicalil.

    Enfrentou as questões financeiras (dividas da campanha de Alexandre César herdada pelo PT de Cuiabá e Estadual) se posicionando corretamente ao reconhecer apenas as dividas oficiais, declaradas ao TRE. Estabeleceu a transparência total das contas do PT. Foi solidária, apesar das traições, armações e golpes planejados contra ela. Foi conciliadora quando pediu calma a muitos companheiros que fazem política ao seu redor. Perdi a conta de quantas vezes me pediu paciência.

    Serys tem a confiança dos militantes do PT de Mato Grosso. Sua candidatura significa a unidade da chapa que a elegeu em 2005. Temos pela frente quatro grandes batalhas: a eleição das novas direções partidárias em dezembro de 2007; as eleições municipais de 2008; a eleição de uma nova direção partidária em 2009; e as eleições quase gerais de 2010. O PT de Mato Grosso precisa de sua maior liderança à frente da direção estadual.

  O “Ex-Campo Majoritário” de Alexandre, Abicalil e Cia não têm credibilidade para conduzir o PT de Cuiabá e de Mato Grosso frente a tais desafios. Seria o retorno da inoperância, da administração temerária, dos interesses da tendência deles acima da construção partidária. Se fosse um filme, o nome bem que poderia ser “O Retorno dos Aloprados!”.

    Serys será conduzida à direção partidária com ampla maioria no PED de dezembro. Acredito que poderá ser a candidata de consenso para a presidência estadual do PT.

    Reeleger Serys é uma forma de reconhecer seu modelo de gestão política e administrativa à frente do Diretório Estadual.  Reeleger Serys é manter o PT como protagonista nas eleições de 2008 e 2010, impedindo que grupos entreguem o PT em 2008 como moeda de troca por uma boa posição na Chapa de Blairo em 2010.

    O PT se alicerça no pluralismo político e fiel a esse princípio devemos continuar militando e dirigindo o Partido reconhecendo os direitos e espaços das diferentes correntes, inclusive da tendência Unidade na Luta. Mas também é imperioso continuar a travar a disputa ideológica que norteia as concepções partidárias. A concepção da UL com certeza não é a mesma daqueles que querem um PT com forte democracia interna, construtor do socialismo e visceralmente independente.

     Por todas essas razões é que não podemos permitir que essa tendência volte a ser majoritária, no Mato Grosso e na Brasil.

 Jairo Rocha
Presidente do PT de Cuiabá
(
jairodopt@hotmail.com)

Lázaro Donizete da Silva
Presidente do PT de Várzea Grande
(
donizetept@bol.com.br)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...

Pilha em Jayme pra disputar o Governo

jayme campos 400   Mesmo sabendo que Jayme Campos (foto) não entra em disputa onde percebe dificuldades para vencê-la e militando no mesmo partido de Mauro Mendes, o DEM, algumas lideranças políticas têm instigado o senador a se lançar ao governo estadual. Para tentar convencer Jayme, lançam...

Scheila assume APDM e cita projetos

scheila pedroso 400   Esposa do prefeito sinopense Roberto Dorner, Scheila Pedroso (foto), primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, passa a tocar, pelos próximos dois anos, a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de MT (APDM/MT). Ela promete juntar força com os...

Prefeito de Araputanga negocia praça

enilson rios prefeito 400 araputanga   O prefeito de Araputanga, Enilson Rios (foto), que ganhou as eleições do ano passado por uma diferença de apenas 56 votos sobre Joel Martins, com placar de 3.492 a 3.436, está no centro de uma polêmica. Ele aceitou uma proposta do Sicredi para utilização de um...

Barra recebe R$ 1,9 mi pra bancar UTIs

adison gon�alves 400   Em Barra do Garças, com 61 mil habitantes e 5.929 casos confirmados de Covid-19, inclusive com 207 mortes, incluindo 26 óbitos de indígenas em consequência da doença, o prefeito Adilson Gonçalves (foto) abriu crédito suplementar no orçamento de R$ 1,9...

De MT para USP; governo comemora

gabriel usp ribeiraozinho 400   O governador Mauro Mendes comemorou o fato do estudante Gabriel Rodrigues Ribeiro (foto), de 18 anos, morador de Ribeirãozinho, município mato-grossense com menos de três mil habitantes, ter conseguido ingresso no curso de medicina da USP, considerada a melhor universidade do país. Aos 18...