Últimas

Terça-Feira, 27 de Fevereiro de 2007, 11h:21 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

PPS volta a ser nanico com R$ 200 mil em caixa

    O diretório regional do PPS, até então maior agremiação partidária do Estado, tem em caixa cerca de R$ 200 mil. Como está perdendo ao menos 80% de seus filiados por causa da debandada dos filiados que resolveram acompanhar o governador Blairo Maggi para o PR, a legenda socialista começa a se adequar a um orçamento minguado.

    O presidente regional, deputado Percival Muniz, já reduziu o número de funcionários do diretório de 5 para 2, cancelou quatro das cinco linhas telefônicas e passou a despachar numa sala do quinto andar do edifícil América Business Center, na avenida do CPA. Até dezembro, o partido utilizada duas salas.

     O PPS era o responsável pela gestão da receita suprapartidária. Recebia toda a contribuição das indicações políticas junto à estrutura do governo estadual, do governador ao servidor com menor salário sob indicação politica. Do montante, ficava com 38% (19% de direito pelos cargos ocupados e mais 19% por ser o responsável pela administração dos recursos), repassava 19% para o PFL e outros 19% para o PP, além de 12% distribuídos para as legendas nanicas e que ocupam cargos na máquina do Estado. Esse controle foi feito até dezembro.

    Com a saída do governador do PPS junto com a turma da botina, o partido de Muniz volta a se tornar nanico e o gerenciamento das contribuições ficará agora com o Partido da República. Percival Muniz disse que os cerca de R$ 200 mil em caixa representam um saldo da contribuições porque conseguir administrar os recursos com equilíbrio de receitas e despesas. "Agora temos que nos preparar para enfrentar dureza", comenta o dirigente, numa referência à redução dos valores das contribuições por causa da perda da maioria dos filiados. Muniz defende que o PPS tenha direito aos 19% de participação, mesmo com número pequeno de ocupantes de cargos na administração Maggi.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sexto suplente na Câmara por um mês

aluizio leite 400 curtinha   Aluízio Leite (foto), filiado histórico do PV, tomou posse como vereador pela Capital na último dia 2. Mas vai ficar na cadeira por somente 31 dias, até o retorno do titular, delegado Marcos Veloso, que se afastou para cuidar de assuntos pessoais e hoje se encontra hospitalizado com...

No TCE pra tentar receber da prefeitura

flavia mesquita 400 curtinha   Flávia Mesquita (foto), da Luppa Administração de Serviços, pediu socorro ao TCE para tentar receber por serviços prestados à secretaria de Saúde de Cuiabá, alegando que o município está inadimplente há oito meses. E apontou quebra da ordem...

Pai e filho pré-candidatos em Poconé

henrique santos 400 curtinha pocone   Em Poconé, pai e filho estão animados para o teste das urnas deste ano. Um a prefeito e, outro, para vereador. Euclides Santos, que já foi vereador (89/92) e prefeito por duas vezes (93/96 e 2001/2004), além de secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos em...

Expectativa de tocar a Cultura de MT

paulo traven 400 curtinha   Um dos três adjuntos da pasta de Cultura, Esporte e Lazer do Estado, José Paulo da Mota Traven (foto) vem se articulando para assumir de forma efetiva o comando da secretaria. Ele conta com apoio de alguns membros do staff, como do secretário de Governo, Alberto (Beto) Machado. O governador...

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.