Últimas

Sexta-Feira, 11 de Abril de 2008, 09h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

LEGISLATIVO

PR define rodízio 3ª; Muniz deve sofrer pressão

   A coligação Mato Grosso Unido e Forte (PPS e PFL, que se transformou em DEM) juntamente com o PR, discute, em mais uma reunião marcada para a próxima terça (15), a proposta de prosseguir o esquema de rodízios na Assembléia, de modo a contemplar os suplentes. Uma das estratégias é manter Roberto França na AL, já que com o retorno de Gilmar Fabris (DEM), após um ano de licença, França volta à condição de suplente. O problema é que até agora somente o DEM (ex-PFL) está cumprindo o combinado em 2006 entre os candidatos da coligação de, uma vez eleitos, abrirem espaço para os suplentes.

   Dos cinco eleitos pelo PPS, quatro migraram para o PR no ano passado. São eles: Mauro Savi, João Malheiros, Sebastião Rezende e Sérgio Ricardo. Malheiros retorna ao Legislativo com a posse de Eumar Novacki na Casa Civil e deixa Roberto França (sem partido) sem cadeira. O PR, com a ajuda do DEM, deve pressionar Percival Muniz, mesmo o parlamentar não estando mais na base governista. Entre os suplentes mais "desesperados" para o retorno à AL está Pedro Satélite.

    Mauro Savi, líder do governo na Assembléia, está otimista e considera possível realizar o rodízio com os 10 eleitos pela coligação. “Temos um deputado que não pertence mais à base aliada (Muniz), mas foi eleito pela nossa coligação. Vamos fazer o rodízio dos 10, abrangendo não apenas os dois primeiros suplentes (França e Satélite), mas também Joaquim Sucena (DEM),  Túlio Fontes (DEM) e José Carlos de Freitas (DEM)”, disse Savi. Wagner Ramos (PR), que se efetivou com a saída de Humberto Bosaipo para o TCE, também será escalado para se afastar do cargo temporariamente.

   Enquanto a coligação que elegeu 10 bate-cabeça por causa da resistência de alguns parlamentares em se licenciar, o PP, sob o cacique José Riva, já conseguiu promover dois suplentes à cadeira de deputado em menos de um mês. Campos Neto se afastou para ceder vaga a Gilson de Oliveira. Nesta quinta, Airton Português também se licenciou para passar a atuar como deputado o suplente Antonio Carlos Azambuja. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • jose medeiros | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é muita cara de pau, estes caras queriam acabar com o PPS e agora querem que o unico deputado do pps saia para contemplar infieis.
    se alguem descumpriu acordo nao foi o Percival.
    nao devemos nada para PR, com o PR nao tem negocio.

  • valmir molina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É muito pra minha cabeça,os deputados na maior cara de pau praticam o famizerado rodízio e ninguém fala nada.Gostaria de fazer uma pergunta:será que quando o suplente assumi o cargo ambos recebem?Pois com o Gilmar Fabris e o Roberto França ambos recebem.Olho neles MP!

  • Carlos antonio rangel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PROCURA-SE CANDIDATOS DERROTADOS NAS ELEIÇÕES MAS QUE OBTIVERAM APENAS UM VOTO PARA ASSUMIR UMA VAGA NA AL ATRAVÉS DO RODÍZIO. APROVEITEM!!!AFINAL NA AL NINGUEM RESPEITA O POVO E TUDO VIRÁ FESTA COM O DINHEIRO DO POVO.

  • JOSÉ PAULO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    IMAGINA A ASSEBLEIA LEGISLATIVA SEM O COMBATENTE PERCIVAL MUNIZ!?! OS DEMAIS SÓ VÃO DIZER AMÉM E MAIS NADA...

Kalil, ausência e críticas de educadores

gilmar ferreira 400 curtinha   O candidato a prefeito de Várzea Grande Kalil Baracat (MDB) não foi a um evento realizado pelo Sintep para apresentar suas propostas aos técnicos e professores da educação básica. A ausência e sem apresentar justificativa deixou professores na bronca. O sindicalista...

Ibope vê falha na pesquisa de Cuiabá

abilio 400   A  última pesquisa Ibope sobre intenção de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada na sexta passada (16) pela TVCA, cujo resultado destoa muito de outras amostragens, foi feita por telefone. E, por causa disso, o próprio instituto, em nota de esclarecimento publicada no próprio site,...

Medeiros x Fernanda e o bolsonarismo

jose medeiros 400 curtinha   Não são apenas Carlos Fávaro (PSD) e Nilson Leitão (PSDB), que se auto-combatem, com um tentando desconstruir a candidatura do outro na corrida pela única vaga em disputa ao Senado. Como num ringue de boxe, José Medeiros (foto), do Podemos, e coronel Fernanda (Patriota)...

Leitão x Fávaro sob efeito-Bolsonaro

nilson leit�o 400   O ex-vice-governador e hoje senador interino Carlos Fávaro (PSD) e o ex-prefeito sinopense e ex-deputado federal pelo PSDB Nilson Leitão (foto) travam uma guerra eleitoral, com críticas mútuas, como se só existissem os dois na disputa para o Senado, quando, em verdade,...

Leverger e ex em palanque separado

francieli magalhaes 400 curtinha   Dois candidatos em chapas majoritárias em Santo Antonio de Leverger, hoje em palanques diferentes, já estiveram juntinhos na vida particular. O empresário Ademilson Dantas de Matos (PV), vice da chapa de Franklin Luis Carvalho (PSDB), foi casado com a petebista Francieli Magalhães...

Prefeito cuiabano vira saco de pancada

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto), que busca a reeleição e havia iniciado a campanha como grande favorito, inclusive com expectativa de ganhar no primeiro turno, se transformou em saco de pancada. Além de Abílio Júnior que o critica e ataca o tempo todo, o que acabou o...

MAIS LIDAS