Últimas

Quarta-Feira, 19 de Agosto de 2009, 08h:47 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

RUMO A 2010

PR "frita" Sérgio; deputado dá troco e não apóia Fagundes

  Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
A pré-candidatura de Sérgio Ricardo ao Paiaguás é ignorada por Blairo Maggi e por Wellington Fagundes

  O deputado e apresentador de TV Sérgio Ricardo, primeiro-secretário da Assembleia, continua sendo ignorado dentro do PR, mesmo com a troca da presidência do partido. Com Moisés Sachetti, que integra a turma da botina do governador Blairo Maggi, Sérgio "patinou" tanto com sua pré-candidatura a governador devido à falta de apoio que acabou recuando. Depois, com a chegada do deputado Wellington Fagundes para comandar a maior legenda do Estado, o ex-presidente da Assembleia acreditava que as portas fossem se reabrir, mas encontrou mais obstáculos ainda. Fagundes, sequer, o cita como pré-candidato ao Palácio Paiaguás. Prefere dizer que o grupo governista conta hoje com três virtuais concorrentes a governador e nenhum deles do PR. Como estratégia para "segurar" aliados, ao menos por enquanto, o novo presidente afirma que o PR tende a apoiar Silval Barbosa (PMDB), Jayme Campos (DEM) ou até José Riva (PP).

   Sérgio não assume publicamente mas, nos bastidores, tem dito que se sente traído mais uma vez. Ele sequer comparece às reuniões da nova Executiva regional. O deputado começou a mobilizar sua base, concentrada na Baixada Cuiabana, para sair em defesa da pré-candidatura de Riva para o Senado, em detrimento do nome de Fagundes. Seria espécie de "troco" por estar sendo ignorado pelo dirigente do PR.

   O partido do governador só não perdeu novos quadros por força da regra pró-fidelidade imposta pelo TSE desde março do ano passado. Hoje, quem ocupa cargo eletivo e opte por mudar de legenda corre risco de perder o mandato. Mesmo com dois anos de fundação, o PR "inchou" e seus líderes brigam por espaço. A tendência é que essa tensão aumente à medida que se aproxima das eleições gerais, quando serão escolhidos dois novos senadores, 8 deputados federais e 24 estaduais, além de governador e presidente da República.

   Por enquanto, o PR só tem um pré-candidato majoritário. Trata-se de Fagundes, que sonha com cadeira no Senado, após cinco mandatos de deputado federal e duas derrotas para prefeito de Rondonópolis. Para o Palácio Paiaguás, a legenda de Maggi se mostra dividida, em que pese o governador reforçar o nome do seu vice Silval.

   Quanto a Sérgio, mesmo apresentando boa pontuação nas pesquisas de intenção de voto, o processo de "fritura" continua interno e externamente. Não é à-toa que os grupos estão se unindo para levá-lo para o Tribunal de Contas. Seria uma forma de acomodá-lo no cargo vitalício de conselheiro para não incomodar mais as cúpulas, já que trata-se de um político popular e que registra votação cada vez maior, mesmo sendo taxado de populista e demagogo.

Postar um novo comentário

Comentários (20)

  • ALGUEM QUE CONHECE BEM | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUEM É SERGIO RICARDO P/SER GOVERNADOR??? CADA UM TEM O REPRESENTANTE QUE MERECE.... A POPULAÇAO AINDA NAO ENXERGOU QUE A GENTE PRECISA POR NO PODER PESSOAS CAPACITADAS, TEMOS QUE ENXERGAR O NOSSO ESTADO COMO UMA EMPRESA QUE PRECISA DE PESSOAS CAPACITADAS P/ ADMINISTRA-LA... JÁ PENSOU A GENTE BOTAR UM BORRACHEIRO P/ OPERAR UM PACIENTE NO HOSPITAL... OU VICE VERSA, UM MÉDICO PRA CONSERTAR UM PNEU... NEM UM DOS DOIS VAI DAR CONTA DE FAZER O SERVIÇO.... E É ISSO QUE ESTA ACONTECENDO NA POLITICA.... PEGA UNS JORNALISTAS QUE SÓ SABEM METER O PAU NOS OUTROS E A POPULAÇAO ACHA QUE ESSES SAO OS CARAS... TUDO MALANDRO...OLHEM O PASSADO.. LINO ROSSI, WALTER RABELLO, ANTERO, SÉRGIO RICARDO, ETC.... QUE CAPACIDADE ELES TEM P/ ADMINISTRAR??? O QUE FOI QUE ELES JÁ ADMINISTRARAM??? NADA... APENAS SUAS CONTAS BANCARIAS... DIFERENTE DE UM BLAIRO MAGGI, PIVETA, MAURO MENDES, ESTES SÓ ENTRARAM NA POLITICA DEPOIS QUE TINHAM SUAS SITUAÇOES FINANCEIRAS RESOLVIDAS, SUAS EMPRESAS SAO MEGA EMPRESAS.... ESSES SIM SAO VERDADEIROS ADMINISTRADORES... PODEM ATÉ ROUBAR MAS QUE ELES FAZEM, FAZEM

  • Wanka Dórian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Na verdade o deputado estadual Sérgio Ricardo, politicamente, nunca teve uma personalaidade confiável entre os seus colegas de partido. Ele proprio criou essa situação. Imaginou ser todo poderoso, mas não soube conduzir-se dentro dos meandros politicos. Pior, é inseguro. E como se sabe, a insegurança politica gera desconfiança e, por si, a desconfiança cria a falsidade. Esse é o Sérgio Ricardo que pensa em ser prefdeito de Cuiabá, quer ser governador do Estado, mas sonha com o Tribunal de Contas. e continuar faturando os órgãos publicos com os seus meios de comunicação. Sérgio deve lembrar que quem muito quer nada tem.

  • marcondes matos da silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O PR. POR´SÍ SÓ JÁ ESTÁ FRITO!!! ESTÃO
    DESESPERADOS! SEM RUMO,SEM SABER O QUE
    FAZER, ESTÃO LOUCOS PRÁ APOIAR O RIVA.
    SÓ O SILVAL E BEZERRA QUE FAZ DE CONTA
    QUE NÃO SABEM DISSO!!! PODEM VER QUE A
    SENHORA TEREZINHA MAGGI JÁ SE RECOLHEU
    NÃO FALA MAIS NADA, TAMBÉM A HORA QUE
    FALA SÓ SAI FOGO. SENHOR VICE GOV. SILVAL
    SE LIGA AÍ,LIBÉRA ESSA TURMA DA BOTINA,SAI FÓRA ENQUANTO É TEMPO,

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A MAQUINA DE FRITAR ESTA LIGADA! PR ESTA COM OS DIAS CONTADOS! RIVA TENHA CORAGEM, SAIA PRA ALGUM CARGO FEDERAL!

  • Marcelo Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu avisei: Quem despreza companheiros e abraça adversários... na hora h, Blairo e Wellington, fica sem os dois.

  • marcelo martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este Sergio Ricardo não esta com nada...não sabe o que é politica de verdade...quanto mais com estes assessores dele que são uns bando de incompetente....tem q tirar este homem do poder, pois muita gente que fica do lado de SR vai voltar a sua realidade pois não sabe fazer nada a não ser ficar o dia todo puxando o saco do deputado. chega Sergio não adianta vir como GOVERNADOR vc não ganha...pois um homem que tem medo de disputar a campanha para prefeito vai ter coragem de disputar para GOVERNADOR.....Fala serio! CAI FORA...é isso aí BLAIRO não apoia este cara não

  • ANTONIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dep. Sergio Ricardo é mais um que o Governador está tentando a fundar politicamente, Tentou fazer isso com falecido GOVERNADOR DANTE DE OLIVEIRA, COM UMA SUPOSTA CAIXA PRETA QUE NUNCA PROVOU, FEZ ISSO COM NOSSA EX. PRIMEIRA DAMA MUNICIPAL IRACI fRANÇA Que usou seu prestijo e do seu marido só oara chegar ao poder nem ajudou a eleger ROBERTO FRANÇA deputado, Carlos Brito ABANDONADO , João Malheiros abra o olho cuiaba

  • Benedito Barbosa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sérgio para Governador!!! Conta outra piada!!!

  • luiz do cpa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    sergio ricardo é muito fraco!!! um politico que tem medo de disputar uma candidatura pra prefeito, não merece ser candidato a governador do estado. o governador ta certo, tem que apoir quem tem serviços prestado para MT, não oportunistas como o sergio ricardo!!!!

  • bruxo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deputado Sérgio Ricardo não é só voce que está nesta situação dentro do PR.
    Os filiados do PR de Rondonópolis, aqueles que mostraram a cara, enfrentando os adversários em defesa do candidato do governador hoje estão jogados as traças, passando as maiores humilhações ninguém faz nada por eles. Mas a resposta virá e não vai demorar.
    Um grupo do PR que é este que estou falando, também não apoia o candidato a gevernador do PR e nem o Welington a Fagundes. E isto é só o começo. 1 voto que sai do PR e vai para o adversário significa 2 votos contra o PR.

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....