Últimas

Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2007, 00h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

MINISTÉRIO PÚBLICO

Prado deve ser reeleito com chapa única

    As incrições para disputa do cargo de procurador-geral de Justiça do Estado se estendem até o próximo dia 30. Até agora somente Paulo Prado, que ocupa a cadeira, está em pré-campanha. Ele tende a conquistar um feito inédito desde a Constituição de 88: ser reconduzido à Procuradoria-Geral com chapa única. Cauteloso, Prado prefere não comemorar vitória antecipadamente. "Até agora o pessoal está quieto, em silêncio, mas mais para a frente pode aparecer (candidato concorrente)", pondera o procurador-geral. A eleição está marcada para 02 de março. Podem concorrer ao cargo qualquer um dos 26 procuradores da ativa. Votam promotores e procuradores de Justiça. 

    Paulo Prado promete, para um eventual segundo mandato, continuar combatendo de maneira firme as injustiças sociais, os atos de improbidade administrativa e mergulhar em temas, como meio ambiente e direitos do idoso. "Para um segundo mandato, quero discutir mais com a sociedade e levantar questões de suma importância, envolvendo, por exemplo, jovens e adolescentes, o meio ambiente e o combate à improbidade. Assegura que vai lutar também pela 'garantia de um orçamento forte' com vistas a ter um Ministério Público que consiga atender à coletividade. O orçamento anual hoje é R$ 27 milhões.

    O procurador-geral de Justiça discorda da sugestão do governador Blairo Maggi de motivar os Poderes e órgãos vinculados a 'congelarem' os duodécimos para os próximos anos. Observa que até aceitaria manter o repasse fixo para o MPE pelos próximos dois anos, desde que o orçamento para custeio subisse para R$ 35 milhões. "Com R$ 35 milhões fico tranquilo. Aí, eu iria até propor para o Conselho da Magistratura aceitar essa proposta de congelamento".

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

DEM, bate-cabeça e plano B frustrado

fabinho garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal e empresário Fábio Garcia (foto) acabou deixando o DEM órfão de candidatura a prefeito da Capital. Numa conversa com o governador Mauro, seu padrinho político, Fabinho o assegurou que iria sim disputar o Palácio Alencastro, mesmo pedindo trégua por...

Mauro sofre 2 derrotas para Emanuel

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto), principal estrela do DEM em MT, acabou amargando duas derrotas em Cuiabá para o prefeito Emanuel, neste ano, embora não tenha sido candidato nas urnas. Em princípio, buscou candidatura própria com o seu partido, mas todos os nomes possíveis, como de Gilberto, Gallo,...

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

MAIS LIDAS