Últimas

Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2007, 00h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

MINISTÉRIO PÚBLICO

Prado deve ser reeleito com chapa única

    As incrições para disputa do cargo de procurador-geral de Justiça do Estado se estendem até o próximo dia 30. Até agora somente Paulo Prado, que ocupa a cadeira, está em pré-campanha. Ele tende a conquistar um feito inédito desde a Constituição de 88: ser reconduzido à Procuradoria-Geral com chapa única. Cauteloso, Prado prefere não comemorar vitória antecipadamente. "Até agora o pessoal está quieto, em silêncio, mas mais para a frente pode aparecer (candidato concorrente)", pondera o procurador-geral. A eleição está marcada para 02 de março. Podem concorrer ao cargo qualquer um dos 26 procuradores da ativa. Votam promotores e procuradores de Justiça. 

    Paulo Prado promete, para um eventual segundo mandato, continuar combatendo de maneira firme as injustiças sociais, os atos de improbidade administrativa e mergulhar em temas, como meio ambiente e direitos do idoso. "Para um segundo mandato, quero discutir mais com a sociedade e levantar questões de suma importância, envolvendo, por exemplo, jovens e adolescentes, o meio ambiente e o combate à improbidade. Assegura que vai lutar também pela 'garantia de um orçamento forte' com vistas a ter um Ministério Público que consiga atender à coletividade. O orçamento anual hoje é R$ 27 milhões.

    O procurador-geral de Justiça discorda da sugestão do governador Blairo Maggi de motivar os Poderes e órgãos vinculados a 'congelarem' os duodécimos para os próximos anos. Observa que até aceitaria manter o repasse fixo para o MPE pelos próximos dois anos, desde que o orçamento para custeio subisse para R$ 35 milhões. "Com R$ 35 milhões fico tranquilo. Aí, eu iria até propor para o Conselho da Magistratura aceitar essa proposta de congelamento".

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Manifestação de apoio deles para ele

elizeu nascimento 400 curtinha   Mesmo com o apoio dos deputados Elizeu Nascimento (foto), Xuxu Dalmolin e Ulysses Moraes que levaram até assessores, em pleno horário de expediente, a manifestação pró-Abílio na Câmara de Cuiabá foi considerada fraca. Investigado por quebra de decoro...

TCE cria estrutura para atender a AL

maluf 400 curtinha   A Assembleia Legislativa saiu de Guilherme Maluf (foto), mandando-o para o TCE, mas ele não saiu da AL. Alçado à presidência com menos de um ano na cadeira vitalícia, Maluf acaba de criar uma assessoria parlamentar para promover o intercâmbio com as comissões da AL e ainda um...

Cassação de Abílio depois do Carnaval

abilio junior 400 curtinha   Por mais que Abílio Júnior (foto) implore e grite por socorro, na esperança de escapar da cassação, inclusive se colocando como vítima de perseguição política, perderá mesmo mandato. Mas isso só vai ocorrer após o Carnaval. A...

PGR monitora delação de ex-deputado

jose riva 400 curtinha   Membros do alto escalão da Procuradoria-Geral da República, que rejeitou a proposta de delação de José Riva (foto) na esfera federal por causa de omissão de crimes, estão monitorando os bastidores do acordo de colaboração, agora entre o Ministério...

Fritado no PDT e buscando o Aliança

antonio galvan 400 curtinha   Fritado no PDT, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), pretende agora procurar espaço em um partido considerado de direita. E está se movimentando para assumir em MT o comando do Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado pelo presidente Bolsonaro. O sojicultor se mostra,...

Lúdio e incógnita sobre quem apoiar

ludio cabral 400 curtinha   Em 2010, com PT rachado, o hoje deputado estadual Lúdio Cabral (foto) não apoiou Carlos Abicalil, do seu partido, para o Senado. Preferiu virar cabo eleitoral de Pedro Taques, que se elegeu. Agora, para este pleito suplementar ao Senado marcado para 26 de abril, para preencher a vacância devido...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.