Últimas

Quinta-Feira, 26 de Abril de 2007, 07h:24 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

JUDICIÁRIO

Prazo para regularizar título termina nesta 5ª

    Termina nesta quinta (26) o prazo para regularização de pendências aqueles eleitores que não compareceram às urnas nos últimos três pleitos e nem justificaram a ausência. Em Mato Grosso, são 46.602. Todos correm risco de perder o Título Eleitoral. O Tribunal Regional Eleitoral avisa que o prazo não será prorrogado.

   O Estado conta com 1.945.626. Os passíveis de cancelamento representam 2,4% do eleitorado mato-grossense. Em 2005, o TRE cancelou 30.480 títulos de eleitores que não compareceram às urnas por três pleitos consecutivos.

  No ano passado, o número reduziu para 13.014. Como o prazo encerra hoje, a probabilidade é de que com a depuração do cadastro o número de cancelamento ultrapasse o de 2005.   Até esta quarta (25), às 10h, somente 3.934 eleitores procuraram os cartórios eleitorais do Estado para quitarem seus débitos. Isso representa 7,8% dos 50.536 títulos que estão na lista de cancelamento.
    Na lista estão pessoas que vivem em outros países de forma ilegal, de desaparecidos e falecidos. Anualmente, a Justiça Eleitoral faz depuração cadastral, o que evita distorções entre os dados estatísticos e o número real de eleitores.
   
    Atendimento

   Em Cuiabá, 6.486 eleitores podem perder o título. Para atender a demanda da capital, o Fórum Eleitoral, que reúne os Cartórios da 1ª, 37ª, 39ª, 54ª e 55ª, ampliou o horário de atendimento. Funciona nesta quinta das 8h às 18h, sem interrupção para horário de almoço. Fica no antigo prédio do TRT, à avenida Fernando Corrêa da Costa.

   Dos 4.674 títulos passíveis de cancelamento em Várzea Grande, 214 eleitores já regularizaram a situação. Em Cáceres, 1.518 devem ser cancelados. Em Rondonópolis são 2.497 eleitores em débito. Pontes e Lacerda acumula 970 títulos pendentes, Sinop registra 1.717 e, em Tangará da Serra, são 1.226 eleitores que devem ficar sem o documento, o que impedirá a esses eleitores de obterem, por exemplo, passaporte e nomeação em concurso público.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Rossato quer "minar" reeleição de Ari

dilceu rossato 400 curtinha   Em Sorriso, a capital nacional do agronegócio, a tendência é da disputa à sucessão no próximo ano ficar polarizada entre o prefeito Ari Lafin, do PSDB, e seu antecessor, Dilceu Rossato (foto), hoje filiado ao PSL. Embora se movimente nos bastidores, o deputado Xuxu Dal Molin...

Misael nem espera janela e sai do PSB

misael partido 400 curtinha   Misael Galvão (foto), presidente da Câmara de Cuiabá, nem esperou chegar a janela partidária de março para oficializar a saída do PSB, onde esteve filiado por três anos. Para não colocar o mandato em risco, o parlamentar consultou a Justiça Eleitoral e obteve...

TCE-MT aprova e elogia gestão Binotti

binotti 400 curtinha   O conselheiro interino do TCE, Isaías Lopes, rasgou elogios ao primeiro ano de mandato do prefeito e empresário Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Relator das contas do exercício de 2018 da prefeitura, com aprovação unânime pelo Pleno, Isaías destacou que os resultados...

Primavera fará 4 intervenções na BR

leonardo 400 curtinha   Com recursos próprios, a Prefeitura de Primavera do Leste fará quatro intervenções na BR-070, no perímetro urbano, com readaptação e construção de trevos para ajustar o trânsito a uma nova e moderna realidade do município com quase 100 mil...

Vice do DEM-Cuiabá elogia gestão EP

joao celestino 400 curtinha   O advogado João Celestino (foto), vice-presidente da comissão provisória do DEM de Cuiabá e ligado ao senador Jayme Campos, se mostra simpático à gestão Emanuel Pinheiro, do MDB. Aliás, na segunda, Celestino fez uma visita ao prefeito e elogiou a...

Prefeito Beto faz mistério sobre apoio

beto farias 400 curtinha   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (foto), que está no segundo mandato e com a popularidade em alta, não revela quem apoiará para a disputa à sucessão, nem para aqueles aliados mais próximos. Quando perguntado, o emedebista costuma dizer que não está...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.