Últimas

Segunda-Feira, 17 de Setembro de 2007, 02h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

RONDONÓPOLIS

Prefeito coopta para o PR 8 dos 12 vereadores

  

Pré-candidato do governador Maggi ao Palácio Paiaguás em 2010, Sachetti joga pesado para não perder a reeleição

    O prefeito de Rondonópolis, Adilton Sachetti, compadre do governador Blairo Maggi, aposta tanto no jogo da reeleição para não perder o rumo ao Palácio Paiaguás em 2010 que já cooptou para o seu PR nada menos que oito dos 12 vereadores. Sachetti é o nome preferido de Maggi para o governo estadual. Para se credenciar ao posto maior, ele precisa passar no teste das urnas de 2008. Sabe que a missão será árdua porque enfrentará uma oposição forte, capitaneada pelos deputados Zé do Pátio (PMDB), Percival Muniz (PPS) e pelo ex-governador e ex-prefeito Rogério Salles (PSDB).

    Mesmo com essa "habilidade" de atrair tantos aliados e, assim, acabar com a oposição no legislativo municipal, Sachetti ainda insiste no argumento de que sua administração é eminentemente técnica.

   Em princípio, o PR, que nasceu da fusão do PL com o Prona, só estava com o presidente da Câmara, vereador Ananias Filho. Depois aderiram ao partido de Maggi e Sachetti os vereadores Zé Márcio Guedes, Valdir Clemente, Hélio Picchioni e Aristóteles Cadidé. Na última rodada de troca-troca antes de vencer o prazo de um ano de antecedência para aqueles que serão candidatos em 2008, outros três foram para o PR: Olímpio Alves, Mohamed Zaher e o recém-empossado João Gomes, que assumiu a cadeira de Márcio Bertoni, licenciado para tratamento de saúde. 

   O prefeito trabalha ainda nos bastidores para ampliar também o número de filiados no PR dos atuais 3,7 mil para cerca de 5 mil. Perguntado sobre qual foi a estratégia de Sachetti para atrair ao PR a maioria dos vereadores, já que a "inflação" de parlamentares numa só legenda dificulta a reeleição de todos por causa do coeficiente eleitoral, o presidente da Câmara, Ananias Filho, argumenta que o prefeito não fez cooptação. "As mudanças devem-se ao fato dele (prefeito) tratar a coisa pública e os agentes públicos de forma igualitária. Ele levou a todos à reflexão de que, em partidos diferentes, seria ruim para a cidade e os vereadores acreditaram num projeto coletivo".

    Somente cinco vereadores resistem, desde a eleição de 2004, à idéia de trocar de partido. São eles: Ananias, Vilma Moreira (PSB), Mariúva Valentim (PMDB) Adonias Fernandes e Manoel Lourisvaldo, o Fulô.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Estevão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estar à frente da prefeitura de Rondonópolis com desejos de ser governador, não pode ser técnico, tem quer ser Humano, a nossa sociedade foi construída de camadas sociais e cada camada tem que ser tratada de forma diferenciada, as vantagens aqui só acontece para os ricos. Veja o absurdo que aconteceu em Rondonópolis, juntarão Wellintom Fagundes que não gosta de pobre e o Sachetti que é um prefeito Técnico.

  • geraldo antunes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Toda essa cooptação? isso porque eles não são politicos e agem diferente dos politicos tradicionais.

  • ORIVALDO SANTANA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSE CARA NAO GANHOU NEM PARA VEREADOR AQUI NO MUNICIPIO DE ITIQUIRA, QUASE NAO GANHOU PARA PREFEITO DE RONDONOPOLIS SE NAO FOSSE A AJUDA DO DEPUTADO ESTADUAL PERCIVAL MUNIZ TERIA LEVADO UMA LAVADA, NO QUAL ESPERO QUE NAO ESTEJAM MAIS JUNTOS, IMAGINE PARA PARA GOVERNADOR DESTE ESTADO MARAVILHOSO QUE É O MATO GROSSO.

  • Celso Miranda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A atitude destes vereadores de Rondonópolis só reafirma a imagem que eles têm de inúteis. São vendilhões e só legislam em causa própria. Não podem ver um din-din que esquecem o passado, as promessas e esquecem também dos companheiros que os ajudaram a chegar onde chegaram. Parabéns para os vereadores Fulô, Mariúva, Vilma e Adonias. eles sim, são decentes e merecem o respeito do eleitor. Os Oportunas: Pichione, Ananias, Zé Márcio, Valdir Clemente, Mohamed, João Gomes e Candidé meus pêsames para seus eleitores e para a população de Rondonópolis em geral. A cidade não merece ser representada por políticos deste tipo. Espero que se lembrem disso quando forem votar na próxima eleção.

  • gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esta é a verdadeira democrácia financeira.

  • eduardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O povo vai dar o troco para este pessimo prefeito nas urnas, pois uma pessoa que nao tem compromisso nenhum com os funcionarios, os pobres, um pessimo administrador, pois nos colocamos ele no poder executivo, nos iremos tira-lo de lá, pois o indice de rejeição deste cidadao é muito grande, chega de forasteiro em nossa cidade, vamos dar oportunidade para gente da nossa terra, ja temos uma noção do pessimo administrador que ele é, será o que aconteceu com a Sachetti & Fagundes construtora? Será que foi pessima gestao.

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

Bezerra ignora filiado do seu filiado

carlos bezerra 400   Carlos Bezerra (foto), o "cacicão" do MDB, abandonou antes da hora o palanque de Emanuel Pinheiro, mesmo se tratando do filiado mais importante em representatividade partidária no Estado. Bastou a pesquisa Ibope mostrar que o prefeito da Capital estava atrás de Abílio nas intenções de...

Sob ataques e humilhação e vitorioso

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) se emocionou ao falar com a imprensa neste domingo, pela primeira vez como prefeito reeleito. Lembrou que foi atacado não só neste período eleitoral, mas desde o início do mandato. Destacou a aprovação popular, com 86% de avaliação...

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

MAIS LIDAS