Últimas

Segunda-Feira, 30 de Março de 2009, 11h:52 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

TANGARÁ DA SERRA

Prefeito do PR diz que o governo Maggi é razoável

   O prefeito de segundo mandato Tangará da Serra, Júlio Cesar Ladeia, avaliou nesta segunda (30) como razoável a administração do governo Blairo Maggi, do seu próprio partido, o PR. Segundo ele, Maggi tem se esforçado para fazer uma boa administração, mas ainda existem muitas falhas. Reclama da falta de articulação do governador junto ao governo federal. "No ano passado o governo federal só aplicou 52% do orçamento voltado aos municípios. E os outros 48%? O governo estadual tem de nos ajudar a vencer esses obstáculos. Precisa ter uma maior aproximação com o governo federal", critica Ladeia, em entrevista ao RDNews. O republicano avalia ainda que há inércia por alguns membros do governo. Segundo ele, isso dificulta a resolução de alguns problemas que muitas vezes nem chegam ao governador. "Ainda não precisei resolver nenhum problema junto ao governador neste ano, mas muita coisa fica travado em membros do governo. Isso dificulta". 

 "Muita coisa não chega até Maggi.
Alguns membros do governo são inertes"

  Segundo Ladeia, o repasse de recursos por parte do Estado referente ao transporte escolar também deixa a desejar. "Mais de 63% dos alunos que transportamos são da rede estadual. O governo só repassa 25%. A distribuição do ICMS também é inadequada. Temos que rever a questão da emissão das notas fiscais. Cidades menores que não produzem quase nada acabam arrecadando mais, em detrimento de outras".

   O republicano cutuca ainda a Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM). Na sua avaliação, a AMM e a Assembleia Legislativa deveriam interferir na discussão. "É algo muito complexo, mas precisamos debater isso logo. Com essa crise econômica, os governos estadual e federal estão bem, mas os municípios sofrem", reclama. Ladeia afirma que apenas no mês de março houve uma queda de R$ 1,5 milhão na arrecadação de Tangará da Serra. O orçamento do município previsto para 2009 é de R$ 86 milhões. Diante da crise, o prefeito disse que está cortando gastos e reduziu o ritmo das obras. "Do jeito que está não dá para ficar. Precisamos ter algumas compensações econômicas"

   Rumo a 2010

   Para Júlio Ladeia, apesar do PR ser o maior partido do Estado, com 33 dos 141 prefeitos, a tendência é que um nome da arco de alianças seja escolhido como candidato ao governo. "A cobrança por uma candidatura própria será grande e é normal. Não tenbo certeza se será assim. Acho provável que o nome venha das alianças". Ele cita o nomes do presidente da Assembleia, deputado José Riva (PP) e do vice-governador Silval Barbosa (PMDB) como fortes candidatos.

  Para o prefeito Ladeia, Riva e Silval
  "são bons nomes" para a disputa ao
governo, mas prefere que fosse Pagot

   Por outro lado, o republicano ainda acredita na candidatura do diretor-geral do Dnit, Luiz Antonio Pagot. "Ainda é muito cedo para discutirmos isso, mas acho que o partido irá cobrar uma candidatura de Pagot". Já sobre a pré-candidatura do deputado Sérgio Ricardo (PR), Ladeia se mostra cético. "Não sei se ele realmente quer ser candidato, ou se lançou sua candidatura. Se realmente quiser ser candidato é um nome forte". (Patrícia Sanches)

(19h15) - Em nota, Ladeia esclarece e diz que governador não tem culpa das discórdias

   O prefeito Júlio Ladeia disse que alguns trechos de sua entrevista acima concedida à repórter Patrícia Sanches não foram traduzidos fielmente. Ele fez questão de redigir uma nota, fazendo contraponto ao que declarou.

   Segue, então, o texto na íntegra assinado pelo prefeito republicano
   "Prezado editor,
   Solicito de V. Sª que corrija as informações contidas na matéria publicada neste conceituado jornal online. As interpretações da ilustre repórter não condizem totalmente com a verdade. Disse que a administração do governador Blairo Maggi é muito boa, goza de grande aprovação popular e portanto, achava justo que o mesmo apontasse o seu sucessor dentro do arco de alianças e que sendo o PR o maior partido do Estado nada mais justo que tivesse a cabeça de chapa, mas que dentro dos partidos que apoiam o governo existem grandes nomes. Fui questionado pela repórter quanto à atenção dispensada pelo governador aos prefeitos. Respondi  que não sabia dizer já que neste ano não havia solicitado nenhuma audiência com o mesmo, mas que achava razoável.
   Perguntado por ela sobre como o governador podia ajudar, disse que seria importante o governador buscar uma maior compensação junto ao governo federal nas perdas dos municípios, bem como buscar apoio da AMM para isso, já que o governo federal havia gastado apenas 52% do orçamento. 
Quando falei sobre Assembleia Legislativa e AMM, foi para dizer que a divisão do ICMS era tão complexo que já estudaram o caso conjuntamente e ainda restam dúvidas, portanto, o governador não teria culpa das discórdias quanto aos valores aos municípios. Citei que existem apenas alguns pontos que precisam ser equacionados, como o transporte escolar. Não foi uma crítica, mas sim uma constatação das poucas coisas que precisam ser melhoradas.
   A matéria passa a impressão de que houve críticas da minha parte e em nenhum momento isso aconteceu. Contando com o vosso senso de justiça e de compromisso com a verdade, solicito que sejam reparadas as interpretações, pois poderão prejudicar não a mim, mas toda uma população que depende do bom relacionamento político entre os governos para melhorarem de vida."
   Obrigado pela atenção,
   Júlio César Davoli Ladeia
   Prefeito de Tangará da Serra

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Paisagista, aliança com Pátio e a AL

claudio paisagista 400   Claudio Ferreira, o Paisagista (foto), está tão empolgado com a votação para prefeito de Rondonópolis no ano passado que pretende encarar outro teste das urnas, agora para deputado estadual, em 2022. Pelo DC, ele tentou a sucessão municipal e chegou a 17.498 votos, ficando...

90 novas UTIs só neste ano em MT

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) disse que o governo estadual tem se empenhado ao máximo na luta pelo combate ao novo coronavírus. E enfatiza que somente neste início de ano, o Estado já habilitou 90 novos leitos de UTI para atender casos graves de Covid-19. Entre janeiro e março, foram abertos...

Apelo dramático da Santa Casa de ROO

bianca talita 400 santa casa roo   A superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita (foto), fez um apelo dramático nesta terça, num grupo de WhatsApp, esperando sensibilizar o prefeito Zé do Pátio a repassar com urgência os recursos que estão repressados no Fundo Municipal de...

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do ex-apresentador da TV Cidade Verde e hoje na TV Mato Grosso, Ricardo Martins (foto), que...