Últimas

Sábado, 18 de Abril de 2009, 08h:04 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

VÁRZEA GRANDE

Prefeito eleva despesas, mas contem "inchaço" da máquina

 Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
No exercício de 2006, prefeito Murilo Domingos chegou a ultrapassar o limite definido pela LRF com folha de pessoal e, após ser "enquadrado" pelo TCE, conseguiu "alinhar" e conter "inchaço" da máquina

   Desde 2005, quando assumiu a Prefeitura de Várzea Grande, Murilo Domingos (PR) vem tentando enxugar a folha de servidores, mas as despesas com salário subiram 40,37% até o final do ano passado. O período mais crítico da gestão foi em 2006, ano em que o prefeito teve as contas rejeitadas pelo TCE por ultrapassar o limite de 54% de gastos com folha salarial, contrariando a Lei de Responsabilidade Fiscal. Com 6.195 servidores, a prefeitura gastou 55,5% de suas receitas com o quadro de pessoal, chegando a R$ 172 milhões. O então relator do processo, conselheiro e presidente do TCE, Antônio Joaquim, não perdoou a falha e emitiu parecer contra a aprovação do balancete. Cobrou redução imediata do número de servidores. Hoje Murilo está licenciado por 60 dias. Quem conduz o município é o vice Tião da Zaeli.

   Nos últimos cinco anos, o orçamento da Prefeitura de Várzea Grande, segunda maior economia do Estado, pulou de R$ 172 milhões em 2006 para R$ 306 milhões para este ano, um incremento de 77,5%. Com mais dinheiro em caixa, o prefeito chegou a fazer extravagâncias no início da gestão. Em 2005, contratou 6.874 servidores. Destes, 1.044 foram para cargos comissionados, os chamados DAS, e 2.327 contratados. Os efetivos somavam 3.185. Numa manobra para contemplar aliados, Murilo simplesmente “inchou” a máquina administrativa com 3.371 servidores entre contratados e DAS, número superior ao de efetivos.

    A manobra gerou gastos de R$ 69,6 milhões, 50,19% das receitas. No ano seguinte, o republicano se viu obrigado a “cortar” o número de funcionários para 6.195, mas os reajustes salariais tiveram impacto de 20% na folha de pagamento, que saltou para R$ 82,9 milhões num orçamento global de R$ 172,7 milhões.

   Em 2007, após “puxão de orelha”, Murilo baixou novamente o seu quadro de servidores, agora para 5.195, acumulando redução de 13,1%. Mesmo com o decréscimo, os gastos com salário aumentaram para R$ 86,6 milhões, R$ 3,7 milhões a mais se comparado ao ano anterior. A arrecadação voltou a crescer e chegou a R$ 221,9 milhões e folha passa a responder por 47,8%. Foi o suficiente para a administração ampliar o quadro de servidores, elevando-o para 6.406. Neste ano, o número de servidores caiu novamente. Hoje são 6.142, que consomem mensalmente R$ 6,2 milhões. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • joao dos reis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • joao dos reis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    este prefeito e um grande administador de pessoal. Observa-se que as contrações relizadas em 2008, que excederam anos anteriores e 2009, sao estranhas tendo em vista que 2008 foi ano eleitoral. Acredito terem sidas necessarias a administração naquele ano, porem descenessárias em 2009 por não haver eleiçoes.

  • Luciana Cristalbe | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito estranho esse montante de contratações em 2008. Isso tá cheirando coisa errada. Alias qual é o liminte legal de contratações que o administrador pode fazer?

  • MANOEL DE NORONHA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • MURILO SAMPAIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • CICERO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SÓ UMA CURIOSIDADE...
    O QUE FIZERAM COM OS PENSIONISTAS - MATARAM DE RAIVA E FOME
    EM 2005 ERAM MAIS DE 300 E AGORA SÃO MENOS DE 50 FOI SELEÇÃO NATURAL
    oU ERAM TBÉM PENSIONISTAS FANTASMAS..

  • alberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    olha, de que adianta a gente saber que os gestores públicos fazem o que está aí todos fazem se não há uma revolta popular!? Só com a mobilização da sociedade em geral que derrubaremos todos os politicos que acharmos e tivermos a coragem de enfrentá-los, pois o Fernando Collor foi muito ingênuo qdo convocou a população a ir para as ruas defendê-lo, santa ignorância! Hj em dia se a corrupção está alastrada pelo país, a maior responsabilidade de vivermos num país corrupto é nossa, pois se fosse num país mais civilizado, estes coronéis da política já estavam todos presos e faz é tempo! Quero ainda crer na coragem e na luta dos cidadãos de bem deste país, que ainda se idignam com esta situação generalizada que está destruindo gerações e gerações, uma notícia triste e lastimável, mas realista e cruel! Abs e vamos à luta gente!

  • Jonas Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até que em fim descobri porque o inconpetente e corrupto Prefeito Murilo Dormindo foi reeleito em 2008,para mais 4anos em V.Grande.E o abuso de contratação de pessoal a troco de votos.A minha sobrinha trabalha no Postão de Saúde e me disse que no périodo pré eleitoral foram contratadas l4 novas enfermeiras e todas foram demitidas apos as eleições em dezembro de 2008,só recebiam o salário e não tinham siquer oque fazer.Ela própria enviou denuncia a Promotora Fany Oliveira e ao Juiz Francisco Mendes,e nhenhuma providencia foi tomada.Tá na hora da Justiça Eleitoral,se é que ela existe,em V.grande,tomar uma providencia e cassar o mandato desse Dorminhoco,que agora vive,ficando doente,mais continua farreando pelos bares da V.G e na banca do Xalo Bulba.E tá Varzea Grande azarada...mais 4 anos de atrazo.

  • João Nazareno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A diminuição do numero de servidores efetivos de 2007 pra 2008 eu entendo porque são tanto humilhados pelos contratados e pelo salário de fome é dificel de ficar. Mas como pode ter aumentado o numero de efetivos se não teve nenhum concurso? Concursaram eles? Efetivos nao podem ser simplesmente demitidos, só se for por sindicancia ou sairem por decisão propria.
    Mas num lugar que o prefeito age como se a prefeitura fosse uma empresa privada vale tudo.

  • Jackson Costa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Secretário de Administração Faustino é um bom serviçal do Prefeito Murilo Domingos, e juntos respondem pelas contratações realizadas no ano eleitoral de 2008. Seria bom o MP dar uma olhada na folha de pagamente de Várzea Grande.

Ibope vê falha na pesquisa de Cuiabá

abilio 400   A  última pesquisa Ibope sobre intenção de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada na sexta passada (16) pela TVCA, cujo resultado destoa muito de outras amostragens, foi feita por telefone. E, por causa disso, o próprio instituto, em nota de esclarecimento publicada no próprio site,...

Medeiros x Fernanda e o bolsonarismo

jose medeiros 400 curtinha   Não são apenas Carlos Fávaro (PSD) e Nilson Leitão (PSDB), que se auto-combatem, com um tentando desconstruir a candidatura do outro na corrida pela única vaga em disputa ao Senado. Como num ringue de boxe, José Medeiros (foto), do Podemos, e coronel Fernanda (Patriota)...

Leitão x Fávaro sob efeito-Bolsonaro

nilson leit�o 400   O ex-vice-governador e hoje senador interino Carlos Fávaro (PSD) e o ex-prefeito sinopense e ex-deputado federal pelo PSDB Nilson Leitão (foto) travam uma guerra eleitoral, com críticas mútuas, como se só existissem os dois na disputa para o Senado, quando, em verdade,...

Leverger e ex em palanque separado

francieli magalhaes 400 curtinha   Dois candidatos em chapas majoritárias em Santo Antonio de Leverger, hoje em palanques diferentes, já estiveram juntinhos na vida particular. O empresário Ademilson Dantas de Matos (PV), vice da chapa de Franklin Luis Carvalho (PSDB), foi casado com a petebista Francieli Magalhães...

Prefeito cuiabano vira saco de pancada

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto), que busca a reeleição e havia iniciado a campanha como grande favorito, inclusive com expectativa de ganhar no primeiro turno, se transformou em saco de pancada. Além de Abílio Júnior que o critica e ataca o tempo todo, o que acabou o...

Dal Bosco com 3 na disputa em Sinop

dilceu dal bosco 400 curtinha   Neste pleito eleitoral, a família Dal Bosco se dividiu em três grupos de apoio em Sinop, a chamada capital do Nortão. O ex-deputado estadual Dilceu Dal Bosco (foto) coordena no município e região a campanha à reeleição do senador Carlos Fávaro (PSD). O...

MAIS LIDAS