Últimas

Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2009, 19h:54 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

Porto Esperidião

Prefeito envia texto à Câmara para alterar lei a seu favor

   A Câmara de Porto Esperidião (a 268 km de Cuiabá) deve aprovar na próxima segunda (5) o projeto de lei que requer a mudança de alguns artigos da legislação que veda a contração de parentes para cargos em comissão e funções de confiança nos poderes Executivo e Legislativo. A proposta é de autoria do atual prefeito, Martins Dias de Oliveira (PR), que enviou o projeto para a Câmara em regime de urgência/urgentíssima, requerendo a aprovação da lei para que sua esposa, Claudia Regina de Paula Marques, retorne ao cargo de secretária de Assistência Social, onde atuava até o final de agosto.

   Segundo denúncias, desde o início do ano, quando o republicano tomou posse, sua família tem ocupado cargos em diversas áreas públicas. Sua esposa, que era vereadora na gestão passada (2004-2008), estava como secretária de Assistência Social desde 1º de janeiro. Já no final de agosto deste ano, abandonou o cargo após notificação do Ministério Público, que requereu sua saída da pasta, como também multou a então secretária em cerca de R$ 24 mil. A elaboração do projeto de lei se deu justamente por conta da resistência da primeira-dama em pagar a dívida. Para tentar salvar a pele de sua companheira, Martins Dias resolveu então enviar à Câmara uma proposta para mudanças na lei contra o nepotismo e, assim, trazer ela de volta à pasta de Assistência Social.

  Outro que também ocupava cargo de confiança era o genro do prefeito, com o pré-nome de Cleber. Ele trabalhava na Empresa de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), porém abandou a vaga nos últimos dias, já que teria passado em um concurso público. Conforme informações ainda, as filhas do prefeito, Poliana e Daiane de Oliveira, também ocupam cargos nos setores públicos. Uma delas é funcionária no Posto de Saúde municipal, já a outra trabalha no Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti). O filho do republicano, Diego de Oliveira, que é dono da empresa "MT Sonorização", presta serviços exclusivos ao Executivo. O prefeito estaria também pagando o funcionário Manuel Salvaterra, com verba da prefeitura, para que ele toque na banda de Diego. (Lisânia Ghisi)

(1º de outubro - 09h20)Prefeitura nega nepotismo e alega estar se adequando ao STF

   O secretário de administração de Porto Esperidião (a 268 km de Cuiabá), Nilson Freitas, rechaçou a idéia de que haja nepotismo na cidade. Segundo ele, o que há é uma lei muito rígida aprovada em 2007, que veda qualquer contratação de parentes e que, inclusive, difere da legislação federal. "Foi aprovada durante a gestão do prefeito José Serafin. As discussões sobre o nepotismo estavam a todo vapor e ele exagerou na dose”, argumenta Freitas.  Ele confirma que uma das filhas do prefeito trabalha na prefeitura, mas assegura que trata-se de um estágio não remunerado. Nega qualquer relação da administração com o genro ou dos outros dois filhos do prefeito. “Eles não trabalham na administração municipal ou prestam serviço”, assegura.

   O secretário-geral do PR, Emanoel Pinheiro, também saiu em defesa do prefeito. Disse que Martins é um homen íntegro, que preza pelas leis e está sendo perseguido por adversários políticos. "Ele é muito popular, por isso, estão tentando denegrir a sua imagem. Essas denúncias são infundadas", reforça Pinheiro. Segundo ele, o cunhado de Martins é servidor do Indea, órgão estadual, as filhas do republicano não são servidoras e Diego presta serviços a administração, mas não cobra nada por isso. "Já Cláudia como qualquer primeira dama pode sim exercer o cargo de secretária. Tudo que Martins está fazendo é se adequar a lei estabelecida pelo Supremo Tribunal Federal". (Patrícia Sanches)


Texto enviado pelo prefeito aos vereadores de Porto Esperidião, pedindo alteração na lei anti-nepotismo

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • Leao Marinho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A LEI FOI CRIADA PELA PROPRIA PRIMEIRA DAMA QDO ERA VEREADORA, A PRIMEIRA DAMA HJ FAZ UM EXECELENTE TRABALHO, MAS É UM RETROCESSO NA ADMINISTRAÇÃO VOLTAR A LEI DO NEPOTISMO, NAO DEVE TER SALARIO E NEM ASSINAR PRIMEIRA DAMA MESMO, E O MARTINS ILUMINADO DEUS TE COLOCOU UM PROMODOR QUE VAI TE AJUDAR A DIRECIONAR A ADMINISTRAÇAO INTERESSANTE O COMENTARIO DO TCCHIO DIZ Q É ADMISTRADOR E CONTADOR, E ARGUMENTA COM TAL INFERIORIDADE DE ARGUMENTO QUE ASSUSTA E DIZER QUE A LEI É DURA AGORA VAMOS REVOGAR PARA DAR A PASTA PARA A PRIMEIRA DAMA, MARTINS NAO PRODUZIU CORTA, O PROMOTOR VAI TE AJUDAR A FAZER ISSO E VC SAIRÁ DE CABEÇA ERGUIDA MUITAS PESSOAS SÓ QUEREM EMPREGO MAS DEDICAR E SE QUALIFICAR NAO QUEREM JA FEZ UM ANO QUE TINHA QUE MOSTRAR JA DEU O TEMPO NAO PRODUZIU BAY BAY
    E CUIDADO COM SECRETARIOS SEUS QUE ESTAO LEGISLANDO EM BENEFICIO PROPRIO ACODA MARTINS...E ANALISA A VOZ DO POVO VC NAO ESTA OUVINDO...COM TUDO QUE ESTA ACONTECENDO ESTA NORTEANDO A ADMINISTRAÇÃO PARA O CAMINHO CERTO
    E A OPOSIÇÃO NAO PODE ACEITAR A REVOGA DA LEI, POIS É UM RETROCESSO, IMAGEM ESSA QUE O SECRETARIOS TERIA QUE TER.

  • alvizio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    a mesma pessoa que fez a denúncia (e sem conhecimento de causa) teve oportunidades em gestões passadas para realizá-las. Porém não as fêz porque até então era lhe favorável (tinha lá seus motivos). Hoje a teta secou, e fica então o ciúme. E ciúme de homem é o pior de todos. E esta empresa de jornalismo (RD News) deveria conhecer melhor os fatos, já que se intitula imparcial. Não ouvir a versão da defesa não condiz com um jornalismo sério. fica aqui meu repúdio a esse tipo de atitude.

  • Leao Marinho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A LEI FOI CRIADA PELA PROPRIA PRIMEIRA DAMA QDO ERA VEREADORA, A PRIMEIRA DAMA HJ FAZ UM EXECELENTE TRABALHO, MAS É UM RETROCESSO NA ADMINISTRAÇÃO VOLTAR A LEI DO NEPOTISMO, NAO DEVE TER SALARIO E NEM ASSINAR PRIMEIRA DAMA MESMO, E O MARTINS ILUMINADO DEUS TE COLOCOU UM PROMODOR QUE VAI TE AJUDAR A DIRECIONAR A ADMINISTRAÇAO INTERESSANTE O COMENTARIO DO TCCHIO DIZ Q É ADMISTRADOR E CONTADOR, E ARGUMENTA COM TAL INFERIORIDADE DE ARGUMENTO QUE ASSUSTA E DIZER QUE A LEI É DURA AGORA VAMOS REVOGAR PARA DAR A PASTA PARA A PRIMEIRA DAMA, MARTINS NAO PRODUZIU CORTA, O PROMOTOR VAI TE AJUDAR A FAZER ISSO E VC SAIRÁ DE CABEÇA ERGUIDA MUITAS PESSOAS SÓ QUEREM EMPREGO MAS DEDICAR E SE QUALIFICAR NAO QUEREM JA FEZ UM ANO QUE TINHA QUE MOSTRAR JA DEU O TEMPO NAO PRODUZIU BAY BAY
    E CUIDADO COM SECRETARIOS SEUS QUE ESTAO LEGISLANDO EM BENEFICIO PROPRIO ACODA MARTINS...E ANALISA A VOZ DO POVO VC NAO ESTA OUVINDO...COM TUDO QUE ESTA ACONTECENDO ESTA NORTEANDO A ADMINISTRAÇÃO PARA O CAMINHO CERTO
    E A OPOSIÇÃO NAO PODE ACEITAR A REVOGA DA LEI, POIS É UM RETROCESSO, IMAGEM ESSA QUE O SECRETARIOS TERIA QUE TER.

  • Rubney Brito | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Confio em vc ver. Valtão, não deixa essa praga do nepotismo criar raiz na sua cidade, pq tu será o próximo prefeito ai do Porto.
    VALTÃO NELES, VALTÃO NELES, VALTÃO NELES.........

  • CRISTIENE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    COM A PRESENTE DENUNCIA VEMOS QUE REALMENTE O MANDATO DO PREFEITO MARTINS DIAS DE OLIVEIRA INCOMODA MUITA GENTE, NO QUAL GEROU TAL PERSEGUIÇAO POLITICA POR MAIS QUE O FAÇAM, EM QUE UM HOMEN ESTA DIANTE DE UMA GRANDE OBRA DIRECIONADA POR DEUS JAMAIS ALGUEM IRA DERRIBA-LA, SE AO INVES DE CRITICAS TODOS ENTRASSEM NUM CONSENÇO E MOSTRASSE IDEIAS AO PREFEITO UNISSEM-SE PARA UMA MELHOR ADMINISTRAÇAO, POR ISSO QUE AS GUERRAS EXISTEM POR EXISTIR PESSOAS EGOISTAS QUE AO INVES DE FAZER ALGO PELO PROXIMO INSSISTEM EM PERDER TEMPO AO PREJUDICA-LOS E ASSIM COMO NOS MUNICIPIOS A BOLA DE NEVE CRESCE E ATINGE TODO O PAIS, ENQUANTO O PREFEITO TENTA TRABALHAR PESSOAS DESOCUPADAS SEM ETICA TENTA PREJUDICA-LO MAS SE DEUS É POR ELE QUEM SERA CONTRA ELE?

  • Ederson Tecchio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito me admira a preocupação de quem fez a denúncia. Mas será mesmo que esta preocupado com o fato ou é uma perseguição politica. Posso afirmar que em mais de 90% dos munícipios brasileiros, a 1ª dama também é Secretária de Desenvolvimento Social. Agora, chegou ao extremo afirmar que a filha do Prefeito, Pollyana, é funcionária do posto de Saúde. A mesma é estagiária, e não recebe um só centavo pelo trabalho prestado.
    Acho que quem fez a denúncia, anda muito sem o que fazer. Esta precisando rever as prioridades.
    E o Diego, filho do Prefeito. Disseram que presta serviço esclusivo ao Executivo? Alguma empresa sobreviveria trabalhando apenas para um órgão? Como contador e administrador, posso afirmar que não, pois não existem muitos trabalhos aqui.
    Bom, mas o recado que quero passar, é o seguinte: Devido ao belissímo trabalho que esta sendo desenvolvido aqui, a perseguição também cresce, porém, nunca vi jogarem pedras em árvores que não dão frutos. Mas essas pedras que estão jogando, servirão para o nosso prefeito dar continuidade ao desenvolvimento do nosso querido município.

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não concordo com o comentário a cima, não acredito q seje uma perseguição politica, ao invés do prefeito esta dando trabalho a parentes porque não da a uma pessoa que realmente precise? ou a alguem que tenha passado no concurso que foi feito no ano passado, e que muitas vagas estão sendo preenchidas com: amigos, colegas, genros, noras, filhos que nem tiveram o trabalho de fazer um teste seletivo ou ao menos o concurso???Hoje a atual Primeira Dama, ex vereadora no mandato passado foi uma que na época do seu mandato aprovou a lei do NEPOTISMO, hoje seu atual marido prefeito de Porto Esperidião quer derruba-la? Me desculpem, mais isso é conveniente não acham? queremos o nosso direito. NEPOTISMO é CRIME!!!

  • Carlos Rossi | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não vejo erro algum no que o prefeito Martins está fazendo. Isso acontece em vários municípios e também nos cargos legislativos. Querem pegar alguém como punição e estão usando-o. Pois bem, então o ministério público teria que fazer o mesmo a nível de estado, nas câmaras municipais e demais órgão públicos, doa a quem doer, aí concordo que a lei estará prevalecendo.

  • André luis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O prefeito Martins Tem desenvolvido um exelente trabalho em Porto Esperidião, isso vem causando muita inveja na oposição.
    Gostaria de lembrar que sua familia não trabalha na prefeitura,com esseção da 1ª dama que é amparada pela lei estadual aonde a qual pode exerser o gargo de sec. de desenvolvimento social. E informar ao desocupado que fez a denuncia que a empaer é um orgão ESTADUAL E NÃO MUNICIPAL COMO AFIRMA QUEM POSTOU A INFORMAÇÃO.

  • paulo porrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso é uma pouca vergonha Sr. Prefeito, em Porto Esperidião tem muitas pessoas que pode muito bem substituir a Sua esposa, os Srs Vereadores têm que analisar muito bem o que irão fazer, caso aprove esse prijeto Lei, poderão receberem o troco nas proximas eleicões. Vejam o que aconteceu em Cáceres na eleição passada, só sobrou um, o Prefeito tambbem FOIIIII e o Deputado tambem IRÁAAAAAAAAA.

2 da AL em chapas distintas à AMM

nininho 400   Dois deputados estaduais estão divididos em chapas de honra da eleição da AMM, que acontece no próximo dia 15. O curioso é que Ondanir Bortolini, o Nininho (foto), filiado ao PSD e hoje presidente de honra da entidade comandada pelo segundo mandato consecutivo por Neurilan Fraga (PL), caiu fora da...

Trentini perde de novo para Pitucha

roland trentini 400 curtinha   Na queda-de-braço nos bastidores, o ex-prefeito por três mandatos de Alto Garças, Roland Trentini (foto), perdeu de novo para o rival político histórico, o também ex-prefeito Júnior Pitucha. Ambos, que já protagonizaram disputas acirradas, tensas e...

2 maiores líderes sob crise partidária

mauro mendes 400 curtinha   Os dois maiores chefes de Executivos em MT hoje enfrentam problemas partidários internamente. O governador Mauro Mendes (foto), mesmo sendo a principal estrela do DEM no Estado, não está confortável dentro do partido por causa de conflitos com os irmãos Júlio e Jayme Campos....

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...

Reeleito, Gustavo derruba o clã Maia

gustavo melo 400   O jovem prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), de 36 anos, manteve mesmo o "apertado" favoritismo, conforme mostrou na reta final a pesquisa do instituto Analisando, e derrotou o clã Maia. Venceu por 962 votos de diferença. Filiado ao PSB, Gustavo chegou a 4.805, enquanto Martha Maia (PP) registrou 3.840...