Últimas

Quinta-Feira, 24 de Maio de 2007, 12h:27 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

SINOP

Prefeito Leitão nega fraudes e ataca opositores

    Nilson Leitão disse, em sua primeira entrevista coletiva nesta quinta, após ficar quatro dias preso, que "não está morto" e que continuará "vivo e de cabeça erguida". Admitiu ter conversado num hotel em Brasília com o empreiteiro Zuleido Veras, conforme revelam imagens gravadas e em poder da Polícia Federal, mas nega fraude em licitação e muito menos ter recebido propina.

    "Quero aqui defender minha honra, minha moral e dignidade", afirmou o prefeito de Sinop. Ele não acredita que opositores farão do episódio um palanque eleitoral. Apesar disso, comentou: "Covardes usaram o episódio (momento em que estava preso) e, nas rodinhas de bar, pisotearam na minha carcaça. Esse episódio não vai interromper minha luta por trazer esta obra para Sinop", declarou Nilson Leitão, numa referência à rede de esgoto a ser executada pela Gautama, empresa envolvida até o pescoço em esquema de desvio de recursos federais.

   De acordo com o prefeito, o processo de licitação "foi transparente". Garante não ter havido direcionamento para beneficiar a construtora baiana. Conta que foi encaminhada ao BNDES uma denúncia apontando que haveria superfaturamento e os técnicos do banco consideraram as acusações fajutas e autorizaram a prefeitura a tocar o projeto, por entender que todas as exigências técnicas foram cumpridas.
   "Quando eles (da Gautama) ganharam licitação, que foi amplatamente divulgada em Mato Grosso e no país, buscamos no TCU a ficha desta empresa e ela estava apta para fazer a obra. Naquela época, não tinha restrições", destacou o prefeito.

   Gravação

   Perguntado sobre o encontro em Brasília com o empreiteiro Zuleido, preso há uma semana, o prefeito alega que o contato se deu após o processo de licitação ter sido definido. "Conversei com Zuleido Veras sobre um possível desmembramento da licitação porque a prefeitura pleiteava uma emenda federal para entrar com a contrapartida exigida (R$ 8 milhões), já que assumiria todo o financiamento no BNDES."

   O Consórcio Xingu, ligado a Gautama, foi quem venceu a licitação da obra da rede de esgoto em Sinop. "Eu entrei pela porta da frente do hotel e nos autos da Polícia Federal não aponta nada, absolutamente nada que eu teria pego dinheiro ou sacola", defendeu-se. Nilson Leitão destaca ainda que a solenidade de assinatura do contrato foi pública. Ocorreu no parque florestal com a presença de Zuleido. "Não foi nada às escondidas".

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Waldemar Brandão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    Caso eu fosse o Nilson Leitão,
    deixaria que a Câmara de Vereadores
    levantassem todas as denúncias,
    inclisive, eu mesmo, proporia a reabertura
    da CPI dos canos... afinal, como diz o
    ditado... quem não deve não teme. Ou teme?


Elogios à gestão proba Mauro Mendes

marcelo oliveira 400 curtinha   O secretário de Estado Marcelo de Oliveira (Infraestrutura e Logística), Marcelo de Oliveira (foto), fez questão de destacar nesta quarta, em entrevista ao vivo ao RDTV, tv web do portal Rdnews, que o governador Mauro Mendes tem se empenhado ao máximo para fazer uma boa gestão,...

2 frentes do MDB e apostas em Cuiabá

gustavo padilha 400 curtinha   O MDB vive uma situação curiosa em Cuiabá. Embora no comando da prefeitura, com Emanuel Pinheiro, o partido só conseguiu reconquistar cadeira na Câmara há três meses, com a filiação de Juca do Guaraná, aproveitando a janela partidária. Em 2016,...

Opositores ganham força em Barra

adilson gon�alves 400 curtinha   Grupos de oposição estão ganhando "musculatura" em Barra do Garças, numa expectativa otimista de derrotar o candidato apoiado pelo prefeito Beto Farias (MDB), o atual vice Wellington Marcos, que está filiado ao DEM. Wellington é considerado nome "pesado"...

Cuiabá já conta com 10 "prefeitáveis"

paulo grando 400 curtinha novo   Dez partidos já possuem um ou mais pré-candidatos a prefeito de Cuiabá. E a "inflação" de nomes tende a aumentar empurrada pela necessidade de sobrevivência dessas legendas, que, lançando nome à majoritária, ajudam seus candidatos a vereador na busca por...

Apoio de Bolsonaro é aposta de França

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto) segue cheio de esperanças do apoio de Bolsonaro a seu nome como pré-candidato a prefeito de Cuiabá. Entre o sim e o não, preferiu seguir o calendário eleitoral e se afastar da apresentação do seu tradicional programa de TV Resumo do Dia, de...

Adin contra nomeação em Cáceres

angelo audicom 400 curtinha   Presidida por Ângelo Silva de Oliveira (foto), a Audicom-MT, entidade que congrega auditores e controladores internos dos municípios do Estado, ingressou com Adin no Tribunal de Justiça, pleiteando liminar para, assim como ocorreu em Rondonópolis, também derrubar uma lei em vigor...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.