Últimas

Quinta-Feira, 25 de Junho de 2009, 17h:19 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CONFRESA

Prefeito nega aumento a professores e greve continua

   Mais de quatro mil estudantes de Confresa estão sem aulas devido ao impasse entre professores e o prefeito Gaspar Domingos Lazari (PPS). Cerca de 500 trabalhadores da educação entraram em greve há 15 dias. Liderados pelo Sindicato dos Trabalhadores da Educação Pública em Mato Grosso (Sintep), eles reivindicam reajuste nos salários, dos atuais R$ 733 para R$ 900, conforme prevê o Piso Salarial Profissional Nacional, previsto na Lei Federal 11.638/2008.

   O prefeito socialista alega que a implantação do reajuste pleiteado pelos trabalhadores teria impacto de R$ 500 mil na folha de pagamento. Também reclama que 52% do orçamento do município está comprometido com gastos com pessoal. O limite máximo previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal para despesas com funcionários é de 54%. Os trabalhadores, porém, exigem o reajuste para encerrar a greve, deflagrada por tempo indeterminado.

   Ligado ao Sintep, o presidente da Comissão de Educação da Assembleia, deputado Alexandre Cesar (PT), disse ao RDNews nesta quinta (25) que o prefeito Gaspar Domingos age como um ditador. “Ele simplesmente não quer negociar com os professores”, criticou o petista. (Andréa Haddad e Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A verdade verdadeira é que a turma do PT não engoliu até agora a derrota nas eleições passadas!

    O ex-prefeito do PT fez tanta besteira, tanto desmando que não deu durante todo o seu mandato nenhum reajuste salarial para os professores! E nem por isso o Sintep fez greve! Por quê? Porque o prefeito na época era do PT!

    Agora o prefeito Gaspar já deu reajuste e eles ainda permanecem em greve! Pára petezada! As eleições já passaram e vocês foram derrotados!!!

  • João Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tenho um primo que mora na cidade e apurei um pouco sobre isso e tirei algumas conclusões que quero dividir com os internautas desse Blog. É o seguinte: o que o Alexandre não diz é que o ex-prefeito da cidade, que ficou arrassada de tanto desmando, é do PT. Como todos sabemos, o Sintep é conduzido por quem? Simples, por sindicalista ligados á corrente da qual faz parte. Não que a reivindicação dos professores é legítima, mas que esta greve tem muito de político isso tem. São viúvas do ex-prefeito, que foi reprovado nas urnas em outubro do ano passado, que querem usar a greve para desestabilizar a atual admnistração.

  • Deusdete José da Silveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Moro na divisa do municipio de Confresa com São José do Xingu, quando li o comentario do João Pedro, fiquei um pouco indignado, quando ele falava que a greve é politica, mas todos que sabem ler sabe que a greve é legitima, basta observar na lei como deve ser aplicado os recursos da educação e conferir se em Confresa está sendo assim. Sou professor pelo municipio de São José do Xingu e dou total apoio a luta, e que isso serve de exemplos aos demais municipios que não cumprem a lei, fazendo com que profissionais maus remunerados abandonam a profissão e venham outros que não são professores para dar aulas aos nossos filhos, piorando cada vez mais a educação do país.

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...

TJ e posse em cartórios após 7 anos

maria helena _ curtinha O Tribunal de Justiça, sob Maria Helena (foto), marcou para 31 de março a posse coletiva dos aprovados no concurso para os cartórios extrajudiciais de Mato Grosso. O certame vem se arrastando desde 2013 e foi interrompido diversas vezes por causa de recursos judiciais de concorrentes inconformados com os...

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

juca 400 curtinha A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O...