Últimas

Sábado, 10 de Janeiro de 2009, 08h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

PROJETO

Prefeito procura secretário e quer destravar PAC

Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
Secretário da Casa Civil, major PM Eumar Novacki, recebe na próxima semana o tenente e prefeito cuiabano Wilson Santos

  Sob bandeira amarela do Palácio do Planalto, que começa a alertar os gestores sobre a intenção de transferir recursos do PAC onde as obras estiverem empacadas, o prefeito cuiabano Wilson Santos resolveu buscar entendimento junto ao governador Blairo Maggi. Tenente do Exército e batizado no início de sua carreira política de "galinho de briga", Santos telefonou para o secretário-chefe da Casa Civil, major PM Eumar Novacki.

   Adiantou que deseja conversar pessoalmente com o interlocutor do Palácio Paiaguás. Após uma semana tensa, marcada por troca de farpas acerca das obras do PAC, Santos e Novacki voltam a conversar na segunda (12) para agendar uma reunião no gabinete da Casa Civil. Desde já, o vice-prefeito Chico Galindo (PTB) já bateu a porta do Paiaguás. Ele teve uma conversa preliminar com Novacki nesta sexta.

  Apesar de não admitir publicamente, o prefeito se mostra preocupado com o andamento das obras do Programa de Aceleração do Crescimento. Há mais de dois anos, o governo federal garantiu R$ 238 milhões a Cuiabá, com contrapartida de R$ 23 milhões do governo estadual, para os projetos de saneamento e infra-estrutura em geral. O problema é que as obras estão praticamente paralisadas. Há falhas técnicas como, por exemplo, de projetos mal elaborados e de falta de medição e de acompanhamento por parte da Caixa Econômica Federal. Por isso, recursos foram liberados à prefeitura pela União, mas estão bloqueados no banco.

    O secretário Novacki, sob orientação do governador, alertou sobre a possibilidade do Estado intervir para Cuiabá não perder os recursos. Chamou o prefeito para o diálogo. Santos, que derrotou nas urnas no segundo turno o empresário Mauro Mendes (PR), que teve apoio do Paiaguás, entendeu que estaria havendo jogada política para o governo Maggi assumir as obras do PAC e o tucano sair desse processo como incompetente.

   A partir daí, assessores do prefeito e do governador passaram a entrar em conflitos. De um lado, aliados de Maggi "carimbam" Santos como alguém responsável por empacar as obras. De outro, correligionários do prefeito "atacam" o governo Maggi, sob alegação de que os projetos estão andando e que tentam criar o terceiro turno das eleições.

   Pelo visto, a retomada agora do diálogo pode resultar numa solução para o andamento do PAC, principalmente se excluírem da discussão o componente político-partidário e as eleições futuras.

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • Berinho Donato | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tardiamente, o prefeito do blablablá percebeu que é quase impossível enganar todo mundo durante muito tempo. Pediu arrego.
    E tenente deve obedecer a major, além de prestar reverência.
    Segue assim, Galinho. Fale menos e aja mais. Não pense que todo mundo é bobo, ou... não pense que só o senhor é esperto.

  • Antonio Farias Assunção | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cala boca Berinho Donato!!! Tu ta sendo pago pelo outro lado!
    O WS é o melhor prefeito da historia de Cuiaba.
    Obs.; Haja é com H e não aja como vc escreveu! rsrsrs

  • Vitor | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Wilson demonstra a costumeira humildade e despreendimento. Cuiabá é o qe interessa. Ficar batendo boca com o Estado é besteira. O Galinho está a cda dia mais maduro e com perfil de estadista. Vai governar este Estado, logo, logo.

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Finalmente após um desgaste desnecessário o nosso prefeito entendeu que gestão pública a favor do municipio têm que está acima dos interesses políticos,como demonstrou desde o inicio desse imbroglio o palácio Paiaguas,apesar de diversas críticas não posso de deixar de dar meus parabéns ao prefeito por esse gesto verdadeiro de amor por Cuiaba,Quem não deve está gostando é o seu marqueteiro de plantão.

  • Maneporrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que o Pinóquio mente é sabido. MAS O PRÒPRIO A SE DESMENTIR ,CONVENHAMOS;È INÉDITO!!!

  • zé do povo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Meu povo! isso que dá colocar MILICO pra tratar de assunto de civil, olha que absurdo acostumado a usar de sua patente, esse almofadinha do NOVACKI agora quer enquadrar o nosso Prefeito eleito e legitimado pelo voto do povo. NOVACKI, já que voce está tão apegado a farda e graduação, por que você não vai trabalhar na PM, tem muito municípios de Mato Grosso esperando por um Major. Deixa pessoas desprovidas de vaidades funcionais e se achando OTORIDADE, para ser o porta voz do nosso Governador. Prefeito isso mesmo da uma culher de chá pra esse projeto de político do Novaki, se possível até bate comtinência com as duas mãos para ele, mais o importante e desentravar as obras do PAC e mostrar pra esta TURMA DA BOTINHA que o senhor é competente e sabe administrar a nossa Capital. Dá-lhe Wilson nós confiamos no senhor.

  • Dicão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Enquanto o embate persistir quem continua perdendo é a população menos favorecida da nossa capital, população essa que caiu no blá, blá, blá do Wilson Santos.

    Desse Prefeito não espero nada mais além do blá, blá, blá, pois já tivemos quatro anos assim. Infelizmente uma pequena parcela de Cuiabá o elegeu, exatamente a parcela carente, carente principalmente de senso crítico, de lembranças.

    Para Estadista o atual prefeito está longe, muito longe... Precisa retomar alguns valores de berço, entre eles RESPEITO com aqueles que lhe confiaram o voto, HONESTIDADE com o bem público, pois não foi eleito para fazer da prefeitura dos recursos públicos um palanque, IMPARCIALIDADE na hora de escolher equipe, pois temos que ter pessoas com perfil para administrar as secretarias... ser VERDADEIRO a população já não acredita em seus discursos
    em suas promessas e acima de tudo ser HUMILDE mas humilde de fato não nas falácias.

    Será muito grandioso da parte do Wilson se ele reconhecer que não tem competência e nem uma equipe competente para tocar as obras do PAC. São milhares de VIDAS que dependem dessa obra. Não importa a placa, o nome que será atribuído a obra ou quem vai inaugurá-la.

    A população precisa que essas obras saiam do papel e que os recursos sejam efetivamente investidos nas obras e com materiais de qualidade.

  • Leo Sales | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns prefeito!

    Reconhecer os erros é um excelente começo para tentar um projeto politico maior.

    Ser humilde e admitir a incompetencia da administração municipal ja eh um começo.

    Agora é começar a trabalhar com a ajuda do palácio paiaguás para que as verbas do pac não vão para o ralo!

  • Joao Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Acho que é tarde demais. A verba foi para o saco! O galinho de tanto brigar não se deu conta que só sabe mesmo é ficar de bla bla bla. Administrar não é para todo mundo.

  • Odair Benedito | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns Novacki! Finalmente alguem conseguiu mostrar pra turma do tênis que o negócio deles não é administrar e sim mamar.

    Agora é mostrar como se trabalha e colocar esse pessoal do ninho desarrumado pra trabalhar de verdade

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.