Últimas

Sábado, 21 de Novembro de 2009, 17h:17 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

CUIABÁ

Prefeito recebe 2 "não" à Saúde e agora convida Sandrini

  Depois de duas recusas ao convite para comando da complexa e problemática secretaria de Saúde de Cuiabá, uma de Kamil Fares e outra de Júlio Muller, o prefeito Wilson Santos começa a bater à porta de outras pessoas, especialmente da classe médica. Ele pretende formalizar convite  a Marcelo Sandrin, diretor do Hospital Santa Helena. Com essa opção, o prefeito abriria espaço na administração ao PP dos presidentes da Assembleia José Riva e da Câmara Municipal Deucimar Silva. Acontece que Sandrin é filiado ao Partido Progressista e entraria para o primeiro escalão como espécie de cota do partido, assim como aconteceu com o advogado João Emanuel, diretor-presidente da Agência de Habitação, em que pese se tratar de escolha pessoal de Santos.

   Há cerca de dois anos, antes de convidar Luiz Soares para a pasta da Saúde, o prefeito tentou puxar Marcelo Sandrin para o sfaff. Naquele momento, não conseguiu convencê-lo. Agora que se vê aliviado com o pedido de exoneração de Soares, ex-secretário que arrumou confusão com médicos e servidores, o prefeito procura de novo o médico. Santos afirma não ter pressa para definição. Assegura que, enquanto não encontrar outro nome, Soares continua respondendo pela pasta.

   A saúde pública se transformou num dos calcanhares-de-Aquiles da gestão tucana, tanto que batalha agora para nomear o sétimo secretário nestes cinco anos de administração. Já passaram pela pasta Aray da Fonseca, Eugênia de Carvalho, Elias Nogueira, Olete Ventura, Guilherme Maluf e Soares. Com a greve dos médicos que atendem pelo SUS em Cuiabá durante 75 dias, o prefeito se transformou num saco de pancada. Para piorar, fechou parcialmente para reforma o Hospital e Pronto-Socorro Municipal. A intransigência e dificuldade do secretário demissionário Soares em buscar diálogo com a categoria azedou ainda mais essa relação.

   O desgaste respingou na administração como um todo, prejudicando Santos, principalmente por se tratar de um pré-candidato a governador. Com o fim da greve, o prefeito se vê livre de mais um problema, mas está diante de outro que, em verdade, deveria ser a solução: encontrar o futuro secretário com bom perfil, capaz de detectar problemas e buscar solução, ampliar atendimento da demanda e conciliar a gestão numa harmonia com as classes médica e servidores, e compromissado com a saúde pública.

Postar um novo comentário

Comentários (26)

  • Araquem | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A crise na saúde está no próprio prefeito e não no secretario. Como ele vai dar aumento apenas para médicos. A saúde publica não é feita apenas por médicos. Já imaginaram quando as outras categorias resolverem cruzar os braços devido a decisão do prefeito em dar aumento apenas para os médicos ??? Como vai funcionar a saude publica apenas com 700 médicos, e no total são 6.000 funcionários ?? Se os 5.300 insatisfeitos resolvem fazer greve, ai sim, não seria crise, seria um caos.
    O secretario Luiz Soares é serio, honesto cuida do zelo com a coisa pública, mas não é Deus para resolver todas as crises, por decisões equivocadas do Alencastro.

  • Aldo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Fui aluno do Dr. Nei Moreira. Um ótimo nome para a SAÚDE PÚBLICA, porem penso que o cabeção deveria sair somente em março para ajudar na campanha do PSDB. Até lá já preparava o Dr. Nei para ele montar ou manter a equipe........ Dr. Nei Moreira é médico sanitarista, já foi secretário de estado de saúde, Professor da UFMT/HUJM com vasta experiência em Saúde Pública e respeitadíssimo em Brasília, inclusive pelo Ministro Temporão. Atualmente ele é o Secretário Adjunto do Cabeção. Não precisa procurara ninguém Prefeito. O Sr. já tem a pessoa na equipe. É esperar até março e pronto.

    Não vai fazer besteiras prefeito.......

  • Celino Teodoro de Melo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Meu Deus. Que loucura. É possível vc colocar um lobo para cuidar de um galinheiro??? Isso é um absurdo inominável. Como um médico com visão privatista, dono de hospital particular vai querer uma saúde pública de boa qualidade??? Só se ele for louco. Porque se a saúde pública for de boa qualidade quebra o negócio dele. Vocês entenderam??? Acho que o Wilson Santos vai fazer uma loucura sem tamanho. Já foi provado que dono de hospitais particulares jamais serão bons secretários de saúde. Vocês lembram como foi com Guilherme Maluf? Vai ser a mesma coisa com o Marcelo Sandrin, Kamil, Vander, Sabóia, entre outros.
    Wilson, abra o olho e coloque como secretário de saúde um médico do sistema público mesmo. Uma pessoa capacitada.
    Na verdade o prefeito deveria era convencer ao Sec. Luiz Soares permanecer no cargo e implantar o PCCS para todos os profissionais da saúde (Pelo que entendi foi por este motivo que o atual secretário pediu para sair, pois o prefeito tá pensando que a saúde é feita somente por médicos). Faça a coisa certa. Não é porque o Sandrini é médico que ele vai fazer o correto. Não se deixe enganar. E que Deus te ilumine para que você possa fazer o que é bom para vc e também para a sociedade. Fique com Deus, vc vai precisar.

  • Gildásio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prefeito pára de loucura. O Sec. Luiz Soares está correto em ter se demitido devido a decisão equivocada vinda do Alencastro, onde apenas os médicos recebrão aumento. Prefeito veja isto com outros olhos, vc não percebe que quem incentivou a dar aumento para os médicos são pessoas que querem acabar com a tua candidatura ? VSa. já percebeu que com o aumento apenas para os médicos as outras categorias da saúde vão paralisar as atividades, e com isso os médicos não poderiam trabalhar, entrando VSa. em outra crise, porém desta vez, sem precedentes. O Senhor Prefeito percebe que o sec. Luiz Soares está querendo dar-lhe este aviso, para que o senhor não enfrente desgaste político ? Quem incentivou ao senhor Prefeito a dar aumento para os médicos está querendo vê-lo pelas costas.
    Senta com o Sec. Luiz Soares e convença-o a ficar para construir um PCCS dos profissionais da saúde e que esteja dentro da realidade da prefeitura para poder ser cumprido.
    Não fica correndo atrás de médicos privatistas, pois isto poderá te render dissabores políticos.
    Pense nisto prefeito, sou teu eleitor, mas dentro da prefeitura tem gente que o senhor precisa abrir os olhos.......

  • Armando | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Estamos cada vez mais perdidos, esse médico Sandrin, no seu dia a dia é um vendedor de ilusões para seus pacientes . . . .

    Diagnósticos absurdos e ilusões nas cabeças dos idosos . . .

    IMAGINEM COMO SECRETÁRIO DE SAÚDE !!

  • Maga | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prefeito o senhor tem a solução do problema, ao seu lado, nomeie o Dr Wagner da Zoonozes, ele e uma pessoa competente, carismatico, e acima de tudo honesto, coisa rara hoje em dia. Não pense duas vezes, ele e o cara.

  • Josafá | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cuidado Prefeito. A truma da botina está quase conseguindo o objetivo. A ordem é bater na Administração e desestabilizar secretários que estão fazendo boa gestão, para que ao invés do Pefeito colher flores, colha espinhos nas eleições. Não se deixe levar por este pessoal. Cuidado com a turma do PTB, tem gente alí que não está sendo fiel ao senhor Prefeito; Tá com um pé na BOTINA e outro na Prefeitura...... Cuidado. Reative o conselho político para ter uma leitura melhor da situação.
    Trabalho na assembleia, e a ordem do Paiaguás é bater, bater e bater, pois se cabeção consegue terminar esta reforma do Pronto Socorro, eles perdem o discurso na area da saúde; Eles já perderasm o discurso na área da educação, da ação social. Agora o foco é o PAC e a Saúde. Eles estão apostando que se conseguir tirar o Secretário do sério, será a única forma de tirar o secretário Luiz Soares, pois o Sr. Prefeito já disse que por vc não o tira da equipe, então eles apostaram no pavio curto do secretário e usou, de certa forma, o Sr. Prefeito que convencido por algumas pessoas, anunciou aumento apenas para os médicos, e com isso abriria um enorme espaço para uma grande greve na saúde municipal. Um caos seria instalado. O Sec. Luiz Soares, inteligente, observou isto e já o alertou, pedindo de imediato a demissão. Mas acho que o Prefeito tem que reavaliar e pensar muito.........
    Não faça besteiras, peça a Deus para iluminar ...

  • Marcos Antonio Machado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Abra os olhos Prefeito Wilson Santos. O pessoal botinudo do Paiaguás está apostando na saída do Sec. Luiz Soares. Estão até com festa programada, caso o prefeito não o convença a ficar. Os botinudos pensam que se o Luiz Soares ficar e a reforma terminar e com tudo o que ele ja fez, você terá um discurso mais consistente caso seja candidato a governador. Firma o corpo prefeito e não deixe isto acontecer. Convença o cabeção a ficar até pelo menos o término da reforma do Pronto Socorro, e também faça um PCCS para todos os servidores da Saúde. Lembre que quem foi para as ruas, nas rotatórias durante a campanha da tua reeleição não foi os médicos e sim os servidores da saúde que acreditou e confiou em um PCCS para a saúde. Não entra no jogo da turma da botina......
    Reunião urgente com as cabeças pensantes do PSDB.......

  • Wilson Nunes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O prefeito tem que parar de gracinha. Quer fazer graça, então que convide o Dr. Arlan (CRM) para secretário e o Dr. Alvarenga para Sec. Adjunto (sindimed), aí tá tudo pronto, é só esquecer a candidatura de Governo.
    Tem outros nomes que poderão enterrar o projeto político, além do Kamil e Sandrin: VANDER FERNANDES; SABÓIA, ARAY FONSECA; LUTERO PONCE. Pode sté pedir opinião para Augustinho Moro.
    Pára com isso prefeito. Coserta a situação criada pela tua equipe de orçamento e gestão, e conversa com cabeção. Com coisa séria não se brinca.........

  • Marilce Benedita | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem conhece Luiz Soares já sabia que seu pedido de demissão, depois do acordo com os médicos, seria uma questão de dias.
    Ao longo de todo o período de crise provocada pelo movimento liderado pelo Sindimed, o ex-secretário manteve uma posição contrária ao reajuste do piso salarial dos médicos.
    Soares sempre considerou que atender tal reivindicação sem estender o benefício aos demais profissionais de saúde geraria um clima de insatisfação na rede que ele não se sentia em condições de administrar.
    Sabia, também, da impossibilidade financeira da Prefeitura em promover um reajuste para toda a área de saúde. Por esta razão, buscava uma solução global para a questão salarial de todos os servidores da rede de saúde, como a elaboração de um novo PCCS que permitisse contemplar não apenas os médicos, mas os odontólogos, os enfermeiros, técnicos e agentes de saúde.
    Não sou secretário dos médicos, sou secretário de Saúde, costumava afirmar nos bastidores.

Colíder com 2 candidatos desgastados

jaiminho 400 curtinha   Em Colíder, duas figuras bastante desgastadas politicamente estão na disputa pelo Executivo, sendo o prefeito Noboru Tomiyoshi, que fechou aliança com apenas três partidos (DEM, PSD e SD), e o ex-prefeito Jaime Marques (foto), que concorre pelo PSC numa coligação que agrega DEM e...

PP com 25 a vereador projeta 3 vagas

orivaldo da farmacia 400 curtinha   O PP, da base aliada do prefeito Emanuel, conta com 25 candidatos a vereador pela Capital. Deve conquistar entre duas e três vagas. Os principais concorrentes são os já vereadores Orivaldo da Farmácia (foto), Marcrean Santos e Luis Cláudio, além do ex-vereador...

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

MAIS LIDAS