Últimas

Domingo, 28 de Janeiro de 2007, 00h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Prefeito revoga 2 decretos sobre preço da tarifa

    Preocupado com o desgaste junto à opinião pública,  o prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB), anuncia nesta segunda (29) que não vai mais recorrer à Justiça para tentar derrubar a nova liminar que impediu reajuste da tarifa do transporte coletivo. Ele tornará sem efeito os dois decretos, um que elevou a passagem para R$ 2,05 e o outro que congelou esse valor para os próximos dois anos. A Procuradoria-Geral, cuja missão é de atuar como advogada do município, tinha conseguido junto ao Tribunal de Justiça tornar seus efeito quatro liminares que estavam bloqueando o aumento da passagem de ônibus de R$ 1,85 para R$ 2,05. O problema é que nem deu tempo comemorar e a Justiça deferiu outra liminar, impedindo, de novo, o reajuste, que entraria em vigor à zero hora deste domingo (27). Dessa forma, o preço se mantém em R$ 1,85.

    Wilson Santos percebeu que a briga na Justiça para fazer valer o aumento da tarifa está prejudicando a imagem de sua administração. A partir dessa conclusão, desistiu do embate jurídico. Caberá agora os empresários do transporte coletivo entrar na briga. Se até março, quando terá completado um ano do último aumento da passagem, os donos das empresas de ônibus não conseguirem êxito, o conselho municipal de transporte, composto por 19 entidades, voltará a se reunir para definir novo valor da tarifa.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

IFMT e jogos de azar em campeonato

ivo da silva 400 curtinha   O professor Ivo da Silva (foto), que integra a Diretoria de Ensino do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de MT (IFMT), com sede em Cuiabá, apresentou um requerimento ao reitor Willian de Paula, solicitando que sejam suspensas todas as modalidades esportivas correlatas ao...

5 empresas de ônibus estão na disputa

Cinco empresas concorrem à milionária licitação do transporte coletivo de Cuiabá, que será feita em três etapas. Entregaram a documentação nesta sexta à Comissão de Licitação. São elas:  Integração Transporte LTDA; Caribus Transportes e Serviços LTDA; Rápido Cuiabá Transporte Urbano LTDA; Viação Paraense LTDA e Pantanal Transporte...

Nildo deixa Gefron e assume Cáceres

 Jos� Nildo Silva   O coronel José Nildo Silva (foto) deixa o comando do Gefron, responsável pelas ações de combate aos crimes na fronteira, especialmente tráfico de drogas, para assumir o 6º Comando Regional de Cáceres. Antes, Nildo também liderou o Bope, tropa de elite da...

Vereador ganha mais que o prefeito

emanuel pinheiro 400 curtinha   Vereadores estão sendo pressionados por sindicatos de servidores da Capital para levar a Câmara Municipal a elaborar e aprovar uma lei, aumentando o salário do prefeito Emanuel (foto) para, a partir dessa elevação do teto, beneficiar também diversas categorias. Nessa...

MT cria delegacia contra à corrupção

O governador Mauro Mendes (DEM), atendendo exigência do ministério da Justiça e Segurança Pública, sob Sérgio Moro, determinou a criação da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (DECCOR). A medida visa ter acesso aos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública. No decreto, fica estabelecido que a DECCOR será conduzida por um delegado da classe especial e que será subordinada...

Vereador terá de devolver R$ 106 mil

justino malheiros 400 curtinha   Justino Malheiros (foto), que está licenciado da Câmara de Cuiabá para tratamento de saúde, terá de restituir R$ 106,6 mil aos cofres públicos juntamente com a empresa Votech Tecnologia em Votação Eireli. E o valor deve ser corrigido monetariamente pelo IPCA...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.