Últimas

Segunda-Feira, 02 de Julho de 2007, 01h:41 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

VÁRZEA GRANDE

Prefeito tem 3 meses para concluir obra da sede

    A Prefeitura de Várzea Grande, sob Murilo Domingos, terá de concluir as obras da sede próprio do Paço Couto Magalhães até outubro. Essa é a condição imposta pelo Bird e Caixa Econômica Federal, financiadores de metade do valor global da obra de R$ 14,2 milhões, dentro do Programa Nacional de Apoio à Gestão Administrativa e Fiscal dos Municípios (Pnafm). A construção da sede própria virou uma novela. Já se vão quase três anos, quando a previsão inicial era de concluí-la em 120 dias.

    A execução começou no final da gestão Jaime Campos, em dezembro de 2004, e foi interrompida ao menos três vezes por uma série de erros na sua elaboração. O projeto foi todo refeito. Antes, os dois andares não contemplavam sequer a rede de infovia, dentro da chamada Tecnologia da Informação. Sua edificação não estava levando em consideração estrutura para o geoferenciamento, espaço para capacitação na área de recursos humanos, plano diretor e outros setores focados nos preceitos de uma gestão moderna.

   As obras prosseguem aos trancos, no ritmo da administração Murilo Domingos. Há temor de, ao final, o Bird/CEF reprovar o projeto. Pelo contrato, em que a Prefeitura se compromete a bancar R$ 7,1 milhões -metade do custo da obra e dos investimentos -, o prazo máximo para conclusão é em outubro deste ano, ou seja, daqui a três meses. Enquanto isso, o Município paga R$ 30 mil mensais de aluguel de imóveis improvisados como secretarias, já que a sede própria está em construção.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Márcia Guedes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Está havendo um engano. As obras da Preitura de Várzea Grande,não começou em dezembro conforme divulgado. Iniciou em Agosto de 2004 e, como o candidato do ex-prefeito Jaime Campos perdeu a eleição, ou melhor, desistiu, as obras ficaram paralisadas até quando o prefeito Murilo Domingos assumiu. Além disso, o projeto era muito ruim, e fora da realidade. A atual administração teve que refazer praticamente tudo. Pelo respeito que tenho por este site, gostaria que as informações fossem checadas e repassadas corretamente para a população várzea-grandense. Chega de perseguição com o prefeito Murilo Domingos. Não é correto ele pagar por erros passados.

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.