Últimas

Sábado, 07 de Abril de 2007, 00h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

PROJETO

Prefeito vai desistir da concessão da Sanecap

Santos vive expectativa de obter R$ 200 mi de financiamento para área de saneamento  

   O prefeito de Cuiabá, Wilson Santos, vai anunciar nos próximos dias que não fará mais a concessão dos serviços de água e esgoto. O ressurgimento do projeto, aprovado e engavetado na administração Roberto França, vem trazendo à atual gestão desgaste sem precedentes.

    Santos vislumbra a expectativa de conseguir, ainda neste ano, cerca de R$ 200 milhões de financiamento do governo federal para o setor. Essa sinalização já foi o bastante para o tucano refluir da concessão da Sanecap que, para a oposição, representaria a privatização dos serviços.

   Por mais estranho que pareça, o ponto de apoio do prefeito cuiabano em busca do financiamento está sendo o governador de Minas, Aécio Neves, virtual candidato à Presidência da República e, em tese, opositor ao governo do presidente Lula. Com atuação política conciliadora, Aécio acabou conquistando canal livre com o presidente Lula e assumiu compromisso de viabilizar junto ao governo federal os R$ 200 milhões para Cuiabá.

   Wilson Santos escalou o presidente da Companhia de Saneamento da Capital (Sanecap), José Antônio Rosa, para priorizar as negociações. Rosa já esteve em Belo Horizonte por duas vezes para discutir o assunto com o governador mineiro. O assunto é tratado em sigilo.

   Com os R$ 200 milhões, o prefeito tem dito para seus assessores que resolverá todas as deficiências no saneamento. Quer pressa para anunciar logo o fim do processo de concessão previsto para 30 anos. Na expectativa desse grande projeto para o setor, a Sanecap deve cancelar o edital lançado para contratação de empresa especializada com vistas à prestação de serviços técnicos profissionais especializados na área de engenharia consultiva de sistemas elétricos e automação.

   Estrutura

   Caso o financiamento não saia, o prefeito manterá o projeto de concessão. Argumenta que o município não tem capacidade deinvestimento próprio em saneamento básico. A atual gestão assumiu a Sanecap com um passivo de R$ 78 milhões. A arrecadação mensal da Sanecap gira em torno de R$ 5 milhões. Segundo o prefeito, esse montante só é suficiente para manter o custeio da Companhia. Por isso, defende a necessidade de buscar parcerias para investir nos serviços de água e esgoto.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Filho de Taborelli assume vaga em VG

Willy taborelli _ curtinha400   O pai coronel Taborelli está fora de combate, mas o filho Willy (PSC), suplente de vereador, vai assumir cadeira na Câmara de VG a partir de 2 de março. Vai atuar na vaga do correligionário Miguel Baracat, que se licencia para fazer tratamento de saúde. O filho do polêmico...

Sem acordo para ter apoio de Selma

otaviano pivetta 400 curtinha   O empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, pré-candidato ao Senado, disse que, de fato, recebeu convite para se filiar ao Podemos, inclusive do deputado Medeiros, um de seus prováveis adversários nas urnas de abril, mas que segue firme no PDT. Destaca ser um admirador do senador...

Na expectativa para disputar Senado

nelson barbudo 400 curtinha   Se o TRE flexibilizar a data de filiação para quem quer concorrer ao Senado, na eleição suplementar de abril, a inflação de candidatos tende a ser ainda maior. Entrariam no páreo, além dos 10 que já se dizem pré-candidatos, o ex-governador Pedro...

Conflito armado entre Ulysses e Elizeu

ulysses moraes curtinha   Já está dando confusão no PSL/DC o acórdão feito entre os deputados estaduais Ulysses (foto) e Elizeu. O primeiro confidenciou a amigos que não pretende apoiar a possível candidatura de Elizeu ao Senado, na eleição suplementar, marcada para abril. A considerar...

Jornalistas lançam 1º Anuário Jurídico

antonielle_curtinhas   O site Ponto na Curva e o Animus Centro Empresarial lançam em maio o primeiro Anuário Jurídico de Mato Grosso. A publicação, que é inédita no Estado, é conduzida pelas jornalistas e advogadas Antonielle Costa (foto) e Débora Pinho. A ideia é dar destaque a...

Ao Senado e com apoio de Bolsonaro

jose medeiros 400 curtinha   Com o apoio garantido por Bolsonaro, José Medeiros dá um passo largo rumo ao Senado, já nesta fase de pré-campanha. Entusiasmado, ele marcou a convenção do Podemos para 12 de março. De um lado, o ex-senador e hoje federal entra no rol dos mais cotados por causa do peso do...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.