Últimas

Terça-Feira, 20 de Janeiro de 2009, 19h:20 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CUIABÁ

Prefeito vê perseguição política e elevará tarifas

 Wilson Santos (PSDB) defendeu o reajuste nas tarifas de água e do transporte coletivo urbano, afirmou ainda ser vítima de perseguição política e anunciou a criação de um projeto que trocará lixo por redução nas contas de água. Suas declarações foram feitas nesta terça (20) à tarde, durante anúncio e posse do seu secretariado para o segundo mandato.

   Ao ser questionado sobre manifestações populares contra o aumento nas taxas de água e de transporte urbano, o tucano disse que elas têm fundamento político. "Basta observar quem está arquitetando estes movimentos. São vereadores derrotados, pessoas que querem me enfraquecer", acusa Santos. 

  Sob argumento de que houve elevação do salário mínimo, inflação e aumento no preço de cloro e de outros produtos necessários para o tratamento da água, o prefeito defendeu o aumento nas tarifas e disse que elas são necessárias. Por outro lado, surpreendeu ao dizer que o impacto do aumento será reduzido com a implementação de um projeto que trocará lixo reciclável pela redução na conta de água. "Nos próximos dias lançarei um projeto que vai reduzir bastante o preço das contas de água da população. Trocaremos lixo por água", anuncia Santos.

  O prefeito não quis explicar o funcionamento do projeto mais adiantou que este será implantado nos próximos dias.

    Tarifa de ônibus

   Sobre a pressão das empresas de transporte coletivo urbano em defesa da elevação da tarifa, o prefeito disse que sentará com os empresários nos próximos dias e que não concederá o aumento  exigido pelos empresários. Apesar disso, se mostrou favorável ao reajuste. "O óleo diesel subiu, as tarifas no transporte também subirão", argumenta. O tucano revela que os proprietários das empresas de ônibus querem elevar a tarifa de R$ 2,05 para R$ 2,40. "Não permitiremos que o valor chegue a R$ 2,40, mas ele deve aumentar para R$ 2,25", sinaliza. (Patrícia Sanches) 


Prefeito Wilson Santos, ao lado da esposa Adriana Bussiki, com o secretário de Meio Ambiente, Osmário Daltro (à dir.)
Fotos: Lisânia Ghisi

Clique no play e confira o que diz o prefeito Wilson Santos sobre o aumento nas tarifas de água e transporte urbano.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Renan | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Assim como o óleo diesel subiu, o valor do seu modesto salário como dos seus vereadores, teve um considerável aumento, não Senhor Prefeito?!
    A, talvez esse aumento de salário se deva a grave crise finaceira do mundo, né?!
    E viva o povo, com seu prefeito amado!

  • jose carlos da silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    já é tarde para a turma da mentira colocar as mangas de fora, plo que parece as empresas de ônibus são suporte do prefeito, lembra qundo o mesmo disia, ja colocamos 20 õnibus novos nas linhas de cuiaba.No periodo de ferias das faculdades são retiradas as linhas que servem as faculdades até parece que nessas linha trfegam apenas estudentes, mas é compreensivel os usuarios de ônibus que se lasquem quem manda ñ ter carro, ou votar na reeleição desse mentiroso que ñ cansa de enganar o povo, será que o povo de mato grosso também vai qurer ser enganado? cuiabá 20/01/2009
    Até quando a sociedade aguenta tanta mentira

  • marlif_mt@bol.com | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Aumentar, tarifas, impostos e com esse prefeito mesmo. Meu IPTU que era de 62,00 reais com area do apto de 62,5 Terra Nova, ela agora está cobrando 200,00, a justificativa, valorizou o imovel porque estamos próximo ao Shopping, eu não moro no Shopping e meu apto não e de elástico. è só a imprensa pedir a um morador o antigo e o atual IPTU.

    E o povo, fica calado e aplaudindo...somos burros mesmo. Aliás com esse acomodismo nosso merecemos.

  • Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Temos que nos juntar e mostrar pro Topetinho Santos o quanto estamos indignados, colocando nosso bloco na rua, de preferência na porta da casa dele, pra ele sentir um pouco como é difícil para um trabalhador sair de casa e chegar ao trabalho em Cuiabá.

  • Brás SIlva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Wilson Santos não é mais o mesmo. Outrora grande lider manifestações populares e políticas, agora critica tais manifestações. Ele é igual ao Lula, democracia só prá ele? Está provando do prórpio veneno.
    E olha qeu nem começou ainda. Chóóóóóóra ou melhor cacareja Galinho!!!

  • Jean M. Van Den Haute | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Senhor Prefeito,

    As Empresas de Transporte não podem trabalhar no vermelho, portanto, para ... não permitir que o preço da passagem chegue á R$ 2,40 ... será preciso elaborar o Plano Setorial de Transporte do Aglomerado Urbano Cuiabá/Várzea Grande e implantar o sistema metropolitano único de transporte urbano, COMO DITA A LEI, o que permitaria acabar com o atual desperdício de 35%.
    R$ 2,40 - 35% = R$ 1,60 e, por favor, Senhor Prefeito não me fala que isto é demagogia ou oposição política.
    Jean

  • Dicão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Perseguição política?
    Não seria TRAIÇÃO do WIlson Santos e sua turma com o povão!?! Percebam que projeto interessante quer colocar o povão para catar lixo em troca de água. Lixo esse que o povo já paga um dos impostos mais caros do país para que fosse coletado.
    Aumentar tarifa de água é TRAIÇÃO.
    Aumentar passagem de ônibus é TRAIÇÃO.
    Administrar só para os amigos é mais que TRAIÇÃO.
    Infelizmente não temos a quem recorrer: temos uma Câmara Municipal compostas por dois ou três que se salvam e o resto é realmente resto; temos um Tribunal de Contas onde os Conselheiros não são de confiança da população e por fim temos um Ministério Público que não atua.
    Assim Cuiabá é uma terra de ninguém. Para os amigos, companheiros do REI tudo e para o povo??? Descaso, mentiras, traição.

  • Jorge Tavares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Bastante curiosa a afirmação do prefeito com relação à manifestação de populares contra o aumento da tarifa de ônibus em Cuiabá. Atribuir à candidatos derrotados o movimento, é tentar desviar o foco do verdadeiro motivo do aumento.
    A CPI que o vereador Luiz Poção relatou em 2005, demonstra de forma cristalina e com documentos, a verdadeira farsa engendrada pelo poder Executivo Municipal e empresários, para burlar o usuário de ônibus. Naquela oportunidade a CPI provou que a tarifa em Cuiabá é superfaturada em 100% do seu valor real. Se alguém duvida, é só requerer uma cópia do relatório que está de posse, ou deveria estar, da prefeitura ou com o MPE e verificar os fatos alí contidos. Tenho certeza que se os mesmos forem revelados à população teremos, com certeza, uma grande revolução em Cuiabá. O preço a ser cobrado hoje em Cuiabá deveria ser de R$ 1,25 e não os abusivos R$ 2,05 expropriados do usuário.
    Portanto, a tarifa anunciada pelo prefeito é excorchante, desumana, cínica e cruel.
    Romilson não vá censurar meu comentário pois, tudo que afirmei consta do Relatório da CPI do Transporte Coletivo levada a efeito em 2005 pela Câmara de Cuiabá. Basta investigar no MPE.

  • Donato de Spoler | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr. Prefeito quem está reclamando não são os vereadores derrotados, mas sim, o povo que votaram no senhor que são os derrotados. Agora você me diz que o preço da passagem é R$ 2,05 ? o valor da passagem está custando R$ 2,20 a muitos tempos. Se liga meu. Você está guspindo no prato do povo que te elegeu.

  • joao batista | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    todo mundo sabe que o psdb tem como bandeira: não reajustar salarios, vender os bens publicos e aumentar tarifas

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...