Últimas

Terça-Feira, 25 de Dezembro de 2007, 17h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

INFRAESTRUTURA

Prefeito viaja e pede socorro para viabilizar obra


O diretor-geral do Dnit, Luiz Pagot, e o prefeito Wilson Santos, em visita à obra do rodoanel, que terá 39,7 km de extensão

   Com pires nas mãos, o prefeito de Cuiabá Wilson Santos viaja nesta quarta (26) a Brasília. Ele aproveita a última semana para pedir socorro à bancada federal de Mato Grosso com vistas a viabilizar recursos junto Orçamento-Geral da União de 2008. A intenção do tucano é garantir verbas para ao menos dar continuidade ao rodoanel, que terá 39,7 km de extensão e já é tida como uma das mais importantes obras viárias da Capital, pois "vai contornar cerca de 70% da cidade e desafogar o trânsito pesado de vias praticamente centrais como as avenidas Fernando Corrêa da Costa e a Miguel Sutil. O trecho contorna a cidade até chegar na BR-364, ou seja, começa nas margens do rio Cuiabá, na localidade do Sucuri, até as proximidades da casa de vinhos Sinuelo.

    Santos decidiu se articular em Brasília, após orientação do diretor-geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes, Luiz Antonio Pagot. Ambos percorreram trechos do rodoanel. Trata-se de um projeto que, para ser viabilizado, exige parcerias do município, do Estado e da União. Pagot sugeriu que o prefeito não se concentrasse na chamada obra de arte (trevo, por exemplo) e se preocupasse em priorizar um rodoanel que venha contemplar três regiões, interligando Guia-Sucuri-Chapada dos Guimarães.

     Em meio às orientações técnica e política, Pagot adiantou que o Dnit não tinha como assegurar recursos para o rodoanel porque o orçamento da autarquia já estava fechado e sugeriu que o prefeito se articulasse junto aos oito deputados federais e aos três senadores mato-grossenses, no sentido de garantir emendas ao OGU-2008. Ex-deputado federal por dois mandatos, Santos resolveu, então, seguir a dica e viaja à Capital Federal.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Valdir | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É Wilson Santos se não fosse tanta mentira, tanta farsa, tantos desmandos, troca de cadeiras (incompetentes por incompetentes), talvez sua administração não teria caído no descrédito que está. Nem mesmo os seus (aquela bancada que tanto traria recursos para MT conforme insistentemente pregastes em sua campanha) tem coragem de investir nas suas obras... Por uma simples razão na hora de pedir tua dá uma de humilde, depois com a faca e o queijo na mão cospe no prato que come. Infelizmente quem vai pagar por essa administração pífia será os nossos filhos e netos, pois em três anos, apenas três anos, você conseguiu deixar Cuiabá em 20 anos de atraso.
    Tomara que dê certo em Brasília...
    Não queremos ver Cuiabá no caos !

  • Jota Marques Moreira Neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que nenhum deputado ouse dar um centavo para este pseudo-prefeito, sob pena de ver triunfar as nulidades e ter sido engabelado pelo palavrório bonito deste fanfarrão...
    As eleições virão, aí sim, qualquer outro (qualquer um mesmo!), menos caloteiro, embusteiro e mentiroso há de conseguir viabilizar recursos e obras para o sofrido povo cuiabano.

    Enquanto este pinóquio estiver no poder, o povo vai sofrer na carne o que é eleger alguém pelo belo discurso!

  • MARCOS ANTONIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    NA VERDADE, O QUE ESTAMOS VENDO EM CUIABA, É UMA VERDADEIRA SAFRA DE CANDIDATOS RUINS, ATÉ AGORA.DEREPENTE SUJE UM SALVADOR DA PÁTRIA. O QUE ESTAMOS OUVINDO EM CUIABA É, QUE É RUIM COM ELE, E PIOR SEM ELE. É COMPLICADO: SE CORRER O BICHO PEGAR, SE FICAR ELE COME!!!

  • Beto Amorim | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu fico perplexo de ler, atraves deste conceituado e prestigiado site, tanta amargura e rancor , por parte de alguns , que torcem contra esta administração, comparem as administrações passadas e vejam; salários atrasados, política de saneamento, planejamento da cidade, saúde, educação, nada fizeram, agora temos uma administração Moderna, Planejada, e sem dúvidas o chefe do executivo e quem está a frente desta administração democrática com seus projetos para uma nova era.

  • Jota Marcos Neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Beto Amorim, até hoje só vi defender este prefeito quem tá na boquinha... por aqui passam Pena, Ivan de Luque, Amaral, e DASzinhos que estão torpedeados por tanta rejeição a este prefeito...
    Portanto, vc e esta corja, juntamente com o dono do bolicho, deixem pra chorar depois da eleição, pois por enquanto a única recomendação é:
    Vão te catar!

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.