Últimas

Sexta-Feira, 18 de Abril de 2008, 10h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

COMEMORAÇÃO

Prefeitos se divertem em churrascaria de Brasília

  Alline Marques, enviada especial a Brasília

  Muitos dos prefeitos que participaram da 11ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios aproveitaram a ida à capital federal para se divertirem. Em um jantar regado por muita cerveja, vinho e músicas, na churrascaria Chamas, os prefeitos de Mato Grosso e vários deputados roubaram a cena em um ambiente luxuoso e formal, em que as pessoas não estão acostumadas com tanta descontração.

  Vários prefeitos fizeram o papel de vocalistas e foram acompanhados de dois sanfoneiros. Entre uma música e outra, trovas eram entoadas. Passaram pela churrascaria os deputados federais Wellington Fagundes (PR), Eliene Lima (PP), Valtenir Pereira (PSB), o suplente Saturnino Masson (PSDB), o ex-deputado Ricarte de Freitas (PTB), o presidente do MT Regional e da Associação Mato-Grossense dos Municípios, José Aparecido dos Santos, o Cidinho (DEM), além do diretor-geral do Dnit, Luiz Antônio Pagot. Entre os prefeitos que marcaram presença estavam os de Sinop, Nilson Leitão (PSDB); de Primavera do Leste, Getúlio Viana (PR); Terra Nova do Norte, Manoel Rodrigues de Freitas Neto (PR); de Vera, José Nilton, o Niki (PMDB), Curvelândia, Elias Mendes Leal Filho (PP), entre outros.

(Às 17h30)AMM diz que se trata de confraternização

    O presidente da AMM, José Aparecido, o Cidinho, disse que os prefeitos participaram simplesmente de um jantar com a bancada federal, com a presença do diretor-geral do Dnit e com o secretário-executivo do Ministério das Cidades, Rodrigo Figueiredo. Ele afirma que o encontro se deu após um dia de vários debates e não vê ostentação. Afirma que prefeitos de outros Estados, como do Rio Grande do Sul e do Paraná, se juntaram à confraternização dos mato-grossenses. "Tudo se deu dentro da regularidade. Ninguém estava ali gastando dinheiro público", garante o presidente da AMM.  

  Veja no vídeo a boemia dos prefeitos de MT em Brasília, no ritmo de "60 Dias Apaixonados", da dupla Chitãozinho e Xororó.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Artur Mohr | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Boemia? Ninguem é de ferro Depois dos compromissos da Marcha dos Prefeitos em Brasila, mais do que justo um momento de descontração, num ambiente sadio, onde os prefeitos tem a oportunidade de interagir, discutir idéias, trocar experiencias de projetos que estão dando resultados em seus municipios. Se divertir é proprio do ser humano, ser prefeito não significa ser diferente.

  • MARCOS VELAZQUEZ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    - HAPPY HOUR FAZ PARTE DEPOIS DO EXPEDIENTE LONGO E CANSATIVO, MAS COM DINHEIRO DE QUEM?????????

  • Daniela Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Enquanto isso, em Sinop ele diz p/a população que estava trabalhnado duro à cata de recursos para melhorar a qualidade de vida local.Que festança!!! Com dinheiro público, até eu vou cantarolar feliz em churrascaria de luxo!!!

  • madalena helithimix | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    realmente nao teria nada a ver se nao fosse com o dinheiro publico que nosso Exmo Prefeito de Sinop se diverte, muito bom esta materia espero que os sinopenses vejam e reflitam..., ou isso tudo que li nao vale nada?
    OBSERVEM:
    O prefeito de Sinop (MT), Nilson Leitão, preso na Operação Navalha da PF, agora se enrolou em suspeita de estelionato contra uma empresa de factoring, onde trocou e depois sustou um cheque de R$ 1.625.000,00.

  • Fabiana Murad | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ENQUANTO A POPULAÇÃO SOFRE À MÍNGUA PELA TOTAL AUSÊNCIA DE INFRA-ESTRUTURA,ABANDONADA À PRÓPRIA SORTE, SEUS REPRESENTANTES POLÍTICOS TORRAM RECURSSOS PÚBLICOS EM REGA-BOFES, ONDE CERVEJA, VINHO E DERIVADOS ROLAM À SOLTA. ALGUÉM TEM IDÉIA DE QUANTO FICOU ESSA CONTA? E O QUE É PIOR: QUEM PAGOU? É...ESSES CARAS VIAJAM COM DIÁRIAS, PASSAGENS ÁREAS E HOSPEDAGEM BANCADAS COM NOSSO SUOR E TRABALHO... PROPAGAM QUE ESTÃO EM TRABALHO, CORRENDO ATRÁS DE RECURSSOS PARA MELHORAR A VIDA DA GENTE....SÓ NÃO DIZEM DE QUE GENTE...A COISA É TÃO BOA QUE PREFEITOS INSPIRADOS ATÉ CANTAM, SOLTANDO A VOZ DE SABIÁ....ASSIM FICA FÁCIL....INFELIZMENTE P/ ELES.

  • Rubens | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que festa hein !!! Com dos outros até eu bebo ...

  • renato davalos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    bela festa, tomara que o pgto da conta nao seja paga pelo contribuinte.deu ate inveja, gostaria de estar la tambem.

  • Thiago Guedes Cardoso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Uma reunião entre amigos ou colegas de trabalho em uma churrascaria ou em qualquer lugar que seja é algo que considero normal para qualquer cidadão,seja ele prefeito,vereador,engenheiro,etc.
    Agora fazer uma pequena festa regrada a bebidas e carnes nobres com tudo pago com dinheiro publico na minha infinita ignorância é no mínimo incorreto, se os nobres prefeitos e demais autoridades presentes na confraternização nessa churrascaria de Brasília pagaram as despesas com seu próprio dinheiro,não se utilizaram de diárias do exercício da função publica, por mim podem comer,beber e cantar o quanto quiserem.
    Mas farra sendo paga por mim,você, todos nós, é um absurdo e total falta de respeito com o cidadão!!!!!

  • fernando gonçalves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ROmilson sei da sua seriedade, desde quando eu era presidente da juventude do PSB, que foi convidado para dar uma entrevista a respeito do passe-livre;hj estou participando de seu portal como participante comentarista , e tenho o prazer de falar tudo que penso porque sei que seu gloog e coisa séria então vou retomar o que eu disse sobre a ida desses representante do exucutivo das prefeituras de mato-grosso eles iriam resolver problemas partidários de sua reeleições portanto não é novidade se acabou em churrasco ... Este era o objetivo...Politiqueiros profissionais acabou Politicos sério não tem mais nunca mais....

  • caio perez | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    parabens alline maarques, pela sua imparcialidade ao cobrir éssa tal marcha a brasilia, éla só serve na verdade para engordar os ja cheios bolsos dos prefeitos, que deitan e rolan com diarias que na maioria das vezes são com notas frias, isso sem falar de um relato de uma amiga minha que mora em brasilia, éla conta o seguinte tenho dó das primeiras damas de mt, detalhe éla é garota de programa.!!

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O Ministério Público entrou com nova ação para declarar a verba inconstitucional. Um dos problemas é a falta de prestação...

Efeito-Covid adia vinda de Michelle

michelle bolsonaro A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, resolveram transferir para abril a agenda de 11 de março que teria como convidada a secretária nacional de Mulheres, do Ministério dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e a primeira-dama do Brasil Michelle...

Governador entre a cruz e a espada

mauro mendes curtinha   Às vésperas da pandemia completar 1 ano em MT, o Estado vive o seu pior momento e o governador Mauro Mendes (foto) enfrenta uma verdadeira prova de fogo: liderar ações coordenadas em todo o território mato-grossense para evitar que o Estado viva cenas parecidas com as de Manaus e de Estados...

Câmara volta a realizar 2 sessões

juca 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob a presidência do vereador Juca do Guaraná Filho (foto), volta a realizar duas sessões semanais, nas terças e quintas. Por conta da pandemia, as sessões serão remotas. A resolução foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares que vinham...