Últimas

Segunda-Feira, 29 de Janeiro de 2007, 09h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Prefeitos vão ao governador em busca de parcerias

  O governador Blairo Maggi recebe nesta quarta (31) uma comissão de prefeitos do Baixo Araguaia e, em seguida, a diretoria da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), sob José Aparecido dos Santos, o Cidinho (PFL). Na primeira audiência no Palácio Paiaguás, agendada para as 14h, estará presente a maioria dos 22 municípios do Araguaia. A articulação é do prefeito de Serra Nova Dourada, Marcos Roberto Reinert, presidente da Associação dos Municípios do Baixo Araguaia. Eles vão discutir alternativas econômicas à região e propor parcerias ao Estado.

    Já a diretoria da AMM, com 17 prefeitos, vai abordar ao menos cinco assuntos com o governador. Reivindica, por exemplo, isenção de ICMS sobre energia elétrica e telefonia às prefeituras. A AMM, com base em análise jurídica, considera a cobrança inconstitucional. Os prefeitos vão tentar convencer Maggi a sancionar o projeto do deputado José Riva (PP), que destina 30% da arrecadação do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) para os municípios manterem estradas vicinais. A proposta foi aprovada pela Assembléia, mas a tendência é ser vetada pelo governador.

    Os gestores vão abrir discussão também sobre a importância da expansão da telefonia móvel celular nos pequenos municípios e nas propriedades rurais. Trabalham o lançamento do Fundo de Universalização da Telefonia Móvel, que passaria a receber recursos provenientes de taxas para consolidar, na prática, a expansão da telefonia nos grotões. Os prefeitos vão discutir transporte escolar para este ano e anunciará também uma comissão que acompanhará, junto à secretaria de Estado de Fazenda, a definição dos índices de ICMS dos municípios.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Ex-vereador abandona rei dos porcos

fernando morais 400 curtinha   Mesmo impedido de ser candidato, já que está inelegível por oito anos, o ex-vereador pela Capital Abílio Júnior segue se articulando politicamente, deixou o PSC e se filiou ao Podemos. Acabou dando de ombros para o empresário Fernando Morais (foto), o "rei dos porcos",...

Temor e negociação com 3 partidos

wilson kero-kero 400 curtinha   Depois de ajudar na articulação para se filiar ao Podemos o colega vereador Dilemário Alencar, que estava "fritado" e sem espaço no Pros e procurou abrigo em outra legenda, Wilson Kero-Kero (foto) está agora com receio de migrar para o partido da senadora cassada Selma Arruda e do...

Agora no DEM e foco à saúde pública

gilberto figueiredo 400 curtinha   Gilberto Figueiredo (foto), vereador licenciado da Capital e secretário de Estado de Saúde, aproveitou a janela - data limite de filiação até sábado (4) para quem quiser ser candidato em outubro -, e ingressou no DEM. Agora, o partido do governador Mauro, até...

Ação de promotor e volta de restrições

Adalberto Ferreira   O promotor de Justiça Adalberto Ferreira garante que prefeito de Juscimeira Moisés dos Santos não havia editado nenhum decreto endurecendo as regras de restrições à pandemia do coronavírus antes do MPE propor ação na Justiça. Ao falar sobre nota publicada...

Oséas agora está nas mãos de Abílio

oseas machado 400 curtinha   Oséas Machado (foto) conseguiu derrubar Abílio Júnior, a quem denunciou por quebra de decoro parlamentar, e assumiu a cadeira deste na Câmara da Capital. Agora, o cassado se articula para dar o troco. O problema é que ambos estão no PSC. Oséas quer buscar a...

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.