Últimas

Quinta-Feira, 31 de Janeiro de 2008, 21h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CUIABÁ

Prefeitura abrirá envelopes sobre PAC já no dia 6

  Um dia após o Palácio Alencastro anunciar que só definiria nos próximos dias a data para abertura da primeira fase do edital das obras do PAC, o Diário Oficial do Estado já traz a informação de que esse procedimento vai ocorrer em plena Quarta-Feira de Cinzas, 6 de fevereiro, um dia após o feriado de Carnaval. O prefeito Wilson Santos foi obrigado a cancelar o primeiro processo licitatório, sob determinação do TCU e do Ministério Público.

   No caso deste novo edital, estava prevista a abertura dos envelopes nesta quinta (31). A comissão de licitação preferiu adiá-la. Em entrevista, o prefeito deixou claro que a data seria anunciada nos próximos dias. O argumento é de que cerca de 20 empresas concorrentes à execução dos mais de R$ 200 milhões das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) fizeram questionamentos a respeito do edital e, por conta disso, a prefeitura decidiu primeiro sanar as dúvidas.

    Das 83 empresas que demonstram interesse em participar da licitação, 54 conseguiram realizar as chamadas visitas técnicas, que são exigências no processo de concorrência. Enquanto essa discussão perdura, a presidente da Comissão de Licitação, Ana Virgínia de Carvalho, e o presidente da Companhia de Saneamento (Sanecap), José Antonio Rosa, já resolveram assinar o aviso de reabertura dos envelopes sobre as obras do PAC e mandaram para a publicação oficial. Está no Diário Oficial que circula nesta sexta.

   Trata-se do processo 2.364, de 2007, publicado com data de 31 de janeiro de 2008. Comunica que "a data para recebimento dos envelopes e documentos de habilitação e propsota de preços da concorrência pública, que objetiva a contratação de empresa especializada ou consórcio de empresas para a execução das obras financiadas pelo PAC, composta de 7 lotes, será no dia 6 de fevereiro, às 14h, na sede da Sanecap".

   Confira abaixo o aviso da prefeitura sobre a abertura dos envelopes.

(Atualização às 14h50) - Não há mais tempo, alega Rosa

    O procurador-adjunto-geral da Prefeitura de Cuiabá, Fernando Augusto Vieira de Figueiredo, afirmou que a escolha da data de abertura da primeira fase do edital do PAC não vai prejudicar as empresas. Segundo ele, as concorrentes vão receber a informação via e-mail. A notícia também deve ser reforçada no site da prefeitura - www.cuiaba.mt.gov.br. O procurador José Antonio Rosa, que está de férias, mas tem acompanhado o processo, afirmou que a Comissão de Licitação trabalhou quase 24 horas para responder a todos os questionamentos sobre o edital. "Não podemos perder tempo. Tem gente pedindo a prorrogação, mas temos prazos a cumprir", explicou. Ele garante que o processo é transparente e descarta qualquer tipo de manobra.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • adalberto martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não será mais esta armação do prefeito de cuiabá, ou seja , transferir a abertura do dia 31/01 para a quarta feira de cinzas, que impedirá as empresas de fiscalizarem mais este triste capítulo da licitação do pac em nossa capital.
    Este tipo de atitude, só vem demonstrar a má fé por parte da administração, pois uma transferência de data alegando que precisava responder os questionamentos das empresas e simplesmente marca em cima da hora para depois do carnaval, só tem como objetivo dificultar e muito a vinda de empresas de fora para participarem da abertura do processo licitatório.
    Qualquer outra explicação é blá,blá,blá.
    Mas Deus é grande e não deixará o mal triunfar.

  • jose carlos gomes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Lamentável tal atitude, este povo se acha, tem que ter muita cara de pau, depois da vergonha de ter que alterar o edital por interferência do Ministério Público,após afirmar que todo mundo estava errado, agora vir com esta artimanha de marcar abertura para 4 feita de cinzas.
    Meu Deus, Orgãos de Fiscalização, até quando estes senhores vão ficar gozando com a cara de todos nós e ninguém faz nada.

  • zuli neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isto é uma vergonha.
    O Prefeito tirou férias, descansou, mas a malandragem continua a mesma.
    Povo Cuiabano, não podemos permitir que este prefeito e sua equipe sejam reeleitos.
    Viramos chacota no Brasil.
    Vamos acabar ficando sem esta ajuda do governo federal por pura ambição da atual equipe.
    Neste Wilson Santos nunca mais.

  • luiz carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Por estas e outras é que a classe política está desacreditada.
    Depois de tudo, fazer este tipo de jogadinha envergonha à todos.
    Caro Prefeito, esta atitude não tem nem adjetivos publicáveis, só posso declarar que me envergonho de ter um Prefeito que tem a coragem de tal atitude.

  • DONIZETE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    falando a verdade<

    esse pac nao deveria vir para cuiaba com todo essa recadação de cuiaba - esse prefeito ja nao faz agora quer usar o pac na campanha o coitado

  • Antonio Carlos Martins Pena | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    A Prefeitura diz que é somente questionamentos de edital, mais funcionários da Sanecap disseram a um antigo diretor do orgão que é uma vergonha há são várias inpugnações ao Edital e sérias, muito sérias.Dizem que há um reporter da Folha de São paulo que já esta com o nome dos vencedores por lote. E vem o Prefeito eo Antonio Rosa falar em pressa, porque tem pressa tem que ser desonesto. Onde estao tambem as nossas empresas que não tem coragem, na verdade todo mundo quer é acertar um pedaço. Porque o Ministeio Publico federal não vai la olhar o que esta havendo.

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

Mauro e os "cabeças chatas" do CE

mauro mendes 400   O governador Mauro Mendes está disposto a conhecer a experiência da  educação pública  do Ceará, que há anos apresenta os melhores índices no Ideb e é orgulho dos irmãos Ciro e Cid Gomes, ex-prefeitos de Sobral e ex-governadores. Até pretende...

Seduc e microônibus para municípios

alan porto 400 curtinha   A secretaria estadual de Educação, sob Alan Porto (foto), tem buscado parcerias com prefeituras para construir quadras poliesportivas, laboratórios de informática e escolas, além de ampliar salas de aula, adquirir ares condicionados e microônibus escolares, de modo a atender...

Emanuel é quem mais realizou obras

emanuel pinheiro 400 curtinha   Um levantamento da empresa Percent Pesquisa & Consultoria, feita em Cuiabá entre os últimos dias 13 e 14, destaca que, na percepção de 49% dos cuiabanos, o prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (foto) foi o que mais fez obras e serviços. Em segundo lugar, com 19,8%, é citado...

Emendas ajudam Unemat de ROO

thiago silva 400 curtinha   Em reunião com o reitor da Unemat, Rodrigo Zanin, e com o pró-reitor Alexandre Porto, o deputado estadual Thiago Silva (foto) tratou da emenda de R$ 1 milhão para manter o curso de direito e abertura do de jornalismo em Rondonópolis neste ano. E, juntos, definiram o modelo de...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.