Últimas

Terça-Feira, 02 de Janeiro de 2007, 05h:08 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Presidente da AL tem direito a 104 cargos

     O deputado Sérgio Ricardo (PPS), que será eleito presidente da Assembléia em fevereiro, terá direito à indicação de nada menos que 104 cargos, com salários que variam de R$ 1,9 mil a R$ 6 mil. O primeiro-secretário, que será José Riva (PP), pela terceira vez, tem autonomia para nomear 67 pessoas para cargos comissionados. Juntos, os 2 têm sob controle direto 171 DAS. Essas indicações estão previstas na Lei 7.860, aprovada em 19 de dezembro de 2002, período em que Humberto Bosaipo (PFL) era presidente e, José Riva (PP), primeiro-secretário. A definição de privilégios para ocupantes dos dois cargos mais importantes da Mesa Diretora fez parte da reforma administrativa da Assembléia, que hoje recebe R$ 12 milhões de duodécimos mensais.

    Estão vinculados à presidência 3 órgãos: auxiliares, administrativos e secretaria de Imprensa. Em cada um há subgrupos. Assim, no item Auxiliares entram secretaria-geral da Presidência (1 secretário); o gabinete (com 1 gestor, 1 ajudante de ordem e 20 assistentes); a coordenadoria Militar (com 1 coordenador, 1 gerente de divisão de segurança militar, 1 gerente de divisão de segurança legislativa); a coordenadoria de Cerimonial (com 1 coordenador); e a assessoria (8 assessores e 20 assessores-adjuntos da presidência). Só até aqui já são 54 cargos.

    Na estrutura administrativa sob controle direto da presidência tem 22 cargos assim divididos: grupo executivo de licitação (1 secretário); secretaria de Serviços Legislativos (1 secretário, 1 supervisor, 2 atendentes de plenário, 1 coordenador de debates, 2 taquígrafos revisores, 12 taquígrafos legislativos, 1 coordenador de expediente e 1 redator de debates).

    Na secretaria de Imprensa, são mais 27 cargos. Estão divididos da seguinte forma: 1 secretário; 1 supervisor executivo de imprensa; 11 assessores e 5 assistentes de imprensa; 2 repórteres-fotográficos; 1 gerente de divisão de rádio, 1 gerente de divisão de marketing, 1 gerente de divisão de jornalismo; 1 supervisor executivo da TV Assembléia; 1 gerente de divisão de operações, 1 gerente de divisão de Produção e 1 gerente de divisão de jornalismo da TV Assembléia.

     Entre os 67 cargos vinculados à Primeira-Secretaira, nesse caso sob domínio direto de Riva, estão 14 gerências. Eis algumas: Desenvolvimento de Recursos Humanos, de administração da folha de pagamento, de manutenção de serviços gerais e expedição e de divisão de material e patrimônio.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

EP cresce 5; Abílio perde 3, diz Ibope

emanuel pinheiro 400 curtinha   Pelos números do Ibope, revelados nesta sexta à noite pela TV Centro América (Globo), Abílio Júnior (Podemos) oscilou negativamente 3 pontos percentuais em menos de uma semana, de 48% para 45% das intenções de voto. Já o emedebista Emanuel Pinheiro (foto)...

Sob arrogância, ataque e desrespeito

abilio junior 400 curtinha   O candidato Abílio Junior (foto), que disputa o segundo turno em Cuiabá com o prefeito Emanuel, chegou bastante nervoso e irritado para o debate nesta sexta, na TV Vila Real (Record). Demonstrando arrogância, ignorou o superintendente do Grupo Gazeta de Comunicação, Dorileo Leal, na...

Candidatos, tensão, debate e bate boca

antoniocarlos   Em debate tenso, na TV Vila Real (do grupo Gazeta) e, após troca de acusações sobre atos de corrupção e servidores fantasmas, os candidatos à Prefeitura de Cuiabá Abílio Júnior (Pode) e Emanuel Pinheiro (MDB) protagonizaram bate boca por mais de uma vez. O clima ficou...

Abílio contrata 400 fiscais para eleição

A campanha do candidato Abílio Júnior (Pode) decidiu contratar 400 fiscais para atuar nesta eleição de domingo. Isso derruba o discurso do candidato do Podemos de que todos atuam de forma voluntária em prol da sua vitória. Aliás, quando questionado sobre a grande estrutura que montou neste segundo turno, inclusive sobre a equipe de marketing, disse que todos são colaboradores. Na sua versão, ninguém recebe pelo trabalho,...

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...