Últimas

Quinta-Feira, 15 de Outubro de 2009, 09h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

CÂMARA DE CUIABÁ

Presidente da Câmara apóia aumento da alíquota de IPTU

  O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Deucimar Silva (PP), se mostra favorável à proposta do prefeito Wilson Santos de reajustar alíquotas do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). A meta do Palácio Alencastro é elevar a arrecadação. Santos apresentou o projeto na última sexta (9), em reunião com o secretário de Finanças, Guilherme Muller, e com alguns vereadores. O aumento de IPTU recai sobre imóveis localizados em áreas nobres de Cuiabá.

    Deucimar disse que o reajuste proposto deve igualar às cobranças entre aqueles contribuintes de classe alta, que moram em regiões mais valorizadas, com os de baixa renda e que estão mais na periferia. "Quem deve pagar imposto são os ricos e não a população mais pobre", argumenta o presidente do Legislativo cuiabano. O aumento de imposto atinge imóveis em avenidas como das Torres, Miguel Sutil, Rubens de Mendonça (CPA), Fernando Correa da Costa e os bairros Duque de Caxias, Goiabeiras e Jardim das Américas.

   A intenção é atualizar os valores em quatro anos, sendo 25% anualmente. Segundo dados da secretaria de Finanças, dos R$ 775 milhões que a prefeitura arrecadou em 2008, cerca de R$ 20 milhões foram referentes ao IPTU. A previsão é manter a mesma movimentação neste ano. O Executivo deve contratar uma empresa tercerizada para atuar na cobrança de impostos. No passado, contava com a ADM. A proposta de reajuste do IPTU começa a ser debatida na Câmara Municipal. Como o prefeito conta com apoio da maioria dos 19 parlamentares, deve aprová-la sem dificuldades. Para convencer os parlamentares sobre a importância da atualização, Santos reforçou que houve uma defasagem de valores que se acumulam há vários anos e que há renúncia fiscal por parte dos cidadãos que não estão pagando o valor devido do IPTU. (Lisânia Ghisi)

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Dicão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deucimar você começou bem, porém o poder subiu a cabeça e se esqueceu que é um representante do povo e tornou-se mais um homologador das vontades do prefeito.

    Se você conhece a realidade de Cuiabá sabê o que tem que ser resolvido são os latifundios urbanos. Tem muita gente com carinha de pobre, mora numa casa simples, porém tem inúmeros imóveis e não paga IPTU de nenhum.

    Aumentar o imposto da classe A ou dos mais ricos é um atestado de incompetência. Isso não é gestão. A prefeitura tem que mostrar competência para cobrar quem não paga.

    Esse blá, blá, blá que o pobre não deve pagar mais imposto é só conversa, pois quando do aumento da tarifa de água foi a mesma coisa, porém o cidadão trabalhador teve sua conta aumentada em mais de 70 porcento em alguns casos. Agora vem com essa de classe A.

    Precisamos de seriedade na administração pública. Chega de enrolação. Esperamos que a Câmara Municipal não apóie o aumento de qualquer imposto que seja e que faça o seu papel no sentido de fiscalizar o executivo e exigir que façam o trabalho de forma correta.

  • Silvio da Costa Ferreira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Presidente da Camara é o maximo quando é para ele devolver dinheiro do salario dele ele pula longe mas para aumentar IPTU ai ele tá de acordo não é o maximo.

  • Urbano Ribeiro dos Reis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Interessante! na caotica situação da Capital o Alcaide falar em aumento do IPTU e ter vereador que apoia. Isto é desrespeito ao contribuinte.

  • mario | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso é uma pouca vergonha como esses vereadores não fazem nada em prol da sociedade e sim a favor da prefeitura para ganhar mais dinheiro em cima do trabalhador, isso é bom para a população ver em que eles votaram e e reflitam para proxima eleição.

  • ARQTº BURITY | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A PREFEITURA DE CUIABÁ TEM UM IMPORTANTE INSTRUMENTO DE PLANEJAMENTO URBANO E NÃO O UTILIZA. A LEI FEDERAL 10.257 DE 10/07/2001 REGULAMENTOU O IMPOSTO PREDIAL TERRITORIAL URBANO(IPTU) PROGRESSIVO NO TEMPO. A POTENCIALIDADE DESTE IMPOSTO E FANTÁTICO. A MÉDIO PRAZO ESTE IMPOSTO COIBE A ATIVIDADE ESPECULATIVA DO SOLO: VAZIOS URNANOS EM ÁREAS NOBRES E VALORIZADAS, GERA RECURSOS DIRECIONÁVEIS P/ DOTAÇÃO DE INFRAESTRUTURA, ALÉM DE DISCIPLINAR A OCUPAÇÃO DO SOLO. OU SEJA ESTABELECE ALICOTAS DIFERENCIADAS POR ZONASO IPTU PROGRESSIVO NÃO RESTRINGE A UMA MERA FUNÇÃO TRIBUTARIA E ARRECADORA É COM CERTEZA UMA FUNÇÃO DISCIPLINADORA GARANTINDO ASSIM A FUNÇÃO SOCIAL DA PROPRIEDADE.ESTES ESTUDOS SÃO DE COMPETENCIA DE URBANISTAS OS QUAIS SABERÃO DIRECIONAR E ESTIMULAR A OCUPAÇÃO DOS VAZIOS URBANOS QUE TANTO PREJUDICAM A MAIORIA DOS CIDADÕES E ENRIQUECEM UMA MINORIA NO JOGO DA ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA.PORQUE NÃO USAR O IPTU PROGRESSIVO É MAIS DEMOCRATICO POIS ESTE AFETA SOMENTE AREAS DESOCUPADAS E COM INFRA ESTRUTURA, SOFRENDO UMA CORREÇÃO ANUAL CONSTANTE.ISTO ESTIMULARA A EDIFICAÇÃO OU PARCELAMENTO MEDIDAS ESTAS QUE FATALMENTE REDUZIRÃO OS CUSTOS DOS LOTES TORNANDO-OS MAIS ACESSIVEIS À CLASSE MENOS ABASTADA .

  • Cleber | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ANTES DE AUMENTAR IMPOSTOS, MOSTREM PARA A POPULAÇÃO ONDE E COMO ESTAO GASTANDO O DINHEIRO DO POVO. POIS AS NOTICIAS SÃO DE MUITA CORRUPÇÃO NA SANECAP E NA CAMARA DE VEREADORES.
    O POVO TEM QUE QUEBRAR TUDO

  • silvia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aumentar o IPTU so daqueles que pagam em dias, vão buscar cobrança daqueles que nunca pagam.

  • joao cuibano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    e sr.presidente quer o aumento do iptu por que aumenta o repase da prefeitura , lembra quando disse que o dinheiro repassado p/camara era suficiente tenha do do povo voce esta ai para nos defender deses desmandos o prefeito tem outras formas de arrecadacao vai trabalhar dr. deucimar.

  • Fanfarrão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Adalto Menezes Darold | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tem é que aumentar mesmo, quem mandou nóis ser besta e votar em voces, né

2 da AL em chapas distintas à AMM

nininho 400   Dois deputados estaduais estão divididos em chapas de honra da eleição da AMM, que acontece no próximo dia 15. O curioso é que Ondanir Bortolini, o Nininho (foto), filiado ao PSD e hoje presidente de honra da entidade comandada pelo segundo mandato consecutivo por Neurilan Fraga (PL), caiu fora da...

Trentini perde de novo para Pitucha

roland trentini 400 curtinha   Na queda-de-braço nos bastidores, o ex-prefeito por três mandatos de Alto Garças, Roland Trentini (foto), perdeu de novo para o rival político histórico, o também ex-prefeito Júnior Pitucha. Ambos, que já protagonizaram disputas acirradas, tensas e...

2 maiores líderes sob crise partidária

mauro mendes 400 curtinha   Os dois maiores chefes de Executivos em MT hoje enfrentam problemas partidários internamente. O governador Mauro Mendes (foto), mesmo sendo a principal estrela do DEM no Estado, não está confortável dentro do partido por causa de conflitos com os irmãos Júlio e Jayme Campos....

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...

Reeleito, Gustavo derruba o clã Maia

gustavo melo 400   O jovem prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), de 36 anos, manteve mesmo o "apertado" favoritismo, conforme mostrou na reta final a pesquisa do instituto Analisando, e derrotou o clã Maia. Venceu por 962 votos de diferença. Filiado ao PSB, Gustavo chegou a 4.805, enquanto Martha Maia (PP) registrou 3.840...