Últimas

Domingo, 20 de Maio de 2007, 02h:48 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Presidente da Câmara descentraliza o poder

    O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Lutero Ponce (PP), resolveu descentralizar o Poder. Assim, não ficará apenas sobre os ombros do presidente a responsabilidade sobre, por exemplo, as contas do legislativo, mas sobre todos os outros quatro integrantes da Mesa Diretora. O problema é que as mudanças no Regimento Interno só passarão a valer na próxima legislatura, ou seja, a partir de 2009.

   Até lá, Lutero tenta contornar os "pepinos", entre eles uma dívida de R$ 3,4 milhões "herdada" da antecessora Chica Nunes, de cuja Mesa Diretora foi primeiro-secretário. Acuado, Lutero anunciou uma auditoria para separar sua administração da de Chica.

   O vereador destaca que vem adotando algumas medidas "inovadoras". Estabeleceu que toda segunda-feira haverá reunião de líderes e dos presidentes das sete comissões temáticas. Iniciou também o trabalho de mudança do Regimento Interno. Convidou para integrar os estudos quatro secretários e três vereadores.

    A descentralização do poder, segundo Lutero, não busca excluir o presidente de qualquer responsabilidade, mas sim incluir nas decisões administrativas os demais componentes da Mesa (1º e 2º vice-presidentes e 1º e 2º secretários). "Hoje, só o presidente decide. Vamos mudar isso. Todos devem participar para se sentirem cúmplices também e aí a disputa pelo cargo de presidente não continuará sendo tão bruta".

     Lutero Ponce afirma que "deixará a Casa redonda". "Estamos buscando transparências nas ações", diz o presidente da Câmara, que recebe mensalmente um duodécimo de R$ 1,4 milhão para realizar duas sessões ordinárias, uma na terça e outra na quinta no período matutino. São gastos cerca de R$ 800 mil com a folha. Dos mais de 600 servidores, 350 são efetivos.

      Cada um dos 10 vereadores ganha R$ 7,1 mil brutos. Eles têm direito até a R$ 4 mil a título de verba indenizatória. Contam com 14 cargos, entres eles motorista, assessores e técnicos, com salários que variam de R$ 450 a R$ 2,2 mil dentro de um limite máximo de R$ 12,5 mil com folha de gabinete.


Quem compõe a Mesa da Câmara

Presidente Lutero Ponce(PP)
1º Vice-presidente Lueci Ramos (PFL)
2º Vice-presidente Mário Lúcio (PMDB)
1º Secretário Luiz Poção (sem partido)
2º Secretário Marcus Fabrício (PP)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.