Últimas

Domingo, 20 de Maio de 2007, 02h:48 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Presidente da Câmara descentraliza o poder

    O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Lutero Ponce (PP), resolveu descentralizar o Poder. Assim, não ficará apenas sobre os ombros do presidente a responsabilidade sobre, por exemplo, as contas do legislativo, mas sobre todos os outros quatro integrantes da Mesa Diretora. O problema é que as mudanças no Regimento Interno só passarão a valer na próxima legislatura, ou seja, a partir de 2009.

   Até lá, Lutero tenta contornar os "pepinos", entre eles uma dívida de R$ 3,4 milhões "herdada" da antecessora Chica Nunes, de cuja Mesa Diretora foi primeiro-secretário. Acuado, Lutero anunciou uma auditoria para separar sua administração da de Chica.

   O vereador destaca que vem adotando algumas medidas "inovadoras". Estabeleceu que toda segunda-feira haverá reunião de líderes e dos presidentes das sete comissões temáticas. Iniciou também o trabalho de mudança do Regimento Interno. Convidou para integrar os estudos quatro secretários e três vereadores.

    A descentralização do poder, segundo Lutero, não busca excluir o presidente de qualquer responsabilidade, mas sim incluir nas decisões administrativas os demais componentes da Mesa (1º e 2º vice-presidentes e 1º e 2º secretários). "Hoje, só o presidente decide. Vamos mudar isso. Todos devem participar para se sentirem cúmplices também e aí a disputa pelo cargo de presidente não continuará sendo tão bruta".

     Lutero Ponce afirma que "deixará a Casa redonda". "Estamos buscando transparências nas ações", diz o presidente da Câmara, que recebe mensalmente um duodécimo de R$ 1,4 milhão para realizar duas sessões ordinárias, uma na terça e outra na quinta no período matutino. São gastos cerca de R$ 800 mil com a folha. Dos mais de 600 servidores, 350 são efetivos.

      Cada um dos 10 vereadores ganha R$ 7,1 mil brutos. Eles têm direito até a R$ 4 mil a título de verba indenizatória. Contam com 14 cargos, entres eles motorista, assessores e técnicos, com salários que variam de R$ 450 a R$ 2,2 mil dentro de um limite máximo de R$ 12,5 mil com folha de gabinete.


Quem compõe a Mesa da Câmara

Presidente Lutero Ponce(PP)
1º Vice-presidente Lueci Ramos (PFL)
2º Vice-presidente Mário Lúcio (PMDB)
1º Secretário Luiz Poção (sem partido)
2º Secretário Marcus Fabrício (PP)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

Nomes do DEM para vereador de VG

pablo 400 curtinha   O DEM do casal Jayme-Lucimar, senador e prefeita, respectivamente, é dono da maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com sete dos 21 vereadores. Destes, cinco já estão trabalhando projeto de reeleição, sendo eles Gisa Barros, que era do PSB; Valdemir Bernadino, o Nana; Pedro...

Flerte com candidato de outro partido

selma arruda 400 curtinha   Apesar de estar filiada ao Podemos, a ex-senadora Selma Arruda, que teve o mandato cassado por crimes eleitorais e deixou a cadeira neste ano, continua flertando com o pedetista, empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, que não demonstra mais tanto ânimo para continuar com o projeto de disputa...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.