Últimas

Quarta-Feira, 25 de Novembro de 2009, 14h:52 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

SAÚDE PÚBLICA

Presidente do CRM é convocado a depor na CPI da Saúde


Luís Carlos Alvarenga depõe e diz que pessoas morreram por falta de equipamentos e medicamentos
Fotos: Jupirany Devilart

  O presidente do Conselho Regional de Medicina Arlan Azevedo Ferreira será o próximo a prestar depoimento aos membros da CPI da Saúde, que investiga o caos vivido no setor em Cuiabá. Ele deve ser ouvido na próxima quinta (3), às 9h, pelos membros da Comissão, Sérgio Ricardo, presidente, Wallace Guimarães, relator, Chica Nunes, vice-presidente e Percival Muniz, membro. O CRM fez diversas vistorias nas unidades de saúde de Cuiabá e, por isso, os deputados querem saber quais são as reais condições de trabalho e prestação de serviços à população. Nesta terça (24) o presidente do Sindimed, Luís Carlos Alvarenga, foi ouvido e teceu duras críticas à Prefeitura de Cuiabá.

  Segundo ele, médicos relataram que a falta de estrutura e medicamentos fez com que várias vidas fossem perdidas. Alvarenga deu nota zero para a saúde da Capital. Ele apresentou vários documentos como ofícios à prefeitura solicitando a reposição de medicamentos e conserto de equipamentos, além de um CD com fotos mostrando as condições precárias da unidade da Capital que é referência em urgência e emergência. Ele é tido como peça fundamental porque mediou todas as negociações entre os médicos grevistas e a Prefeitura de Cuiabá. Além disso, apresentou dados sobre como anda a saúde de outros municípios.

   Após ouvir os relatos de Alvarenga, Muniz disse que o depoimento só comprovou o caos generalizado que vive a saúde em Cuiabá e em Mato Grosso. “O relato dele (Alvaregenga) mostra que não há estrutura para atender a população, que está morrendo a míngua”, critica Muniz. Ele frisou que durante a visita ao Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá foi constatada a falta de medicamento e até de água destilada para o trabalho dos médicos e enfermeiros.
 
   Ainda segundo o deputado, a situação é tão grave, que chega a ser “um caso de polícia”, pois, apesar de tanto recursos investidos no setor, muitas pessoas falecem, não por conta dos médicos, mas por falta de recursos materiais para salvar vidas. “Isto é um absurdo. São pessoas que pagam para ter uma saúde de qualidade, mas que acabam morrendo por omissão ou incompetência dos governantes”, ressaltou Percival. Ele lembra que em Cuiabá são investidos mensalmente cerca de R$ 30 milhões, ou seja, um R$ 1 milhão por dia.

  Nesta quinta (26), às 14 horas, a CPI da Saúde visitará os hospitais São Tomé e Modelo, que foram adquiridos pelo governo do Estado. Os deputados já vititaram as policlínicas e o Pronto Socorro. Além disso requisitaram uma série de informações as secretarias de saúde de Cuiabá e do governo estadual. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Mauro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Saúde, um problema de gestão.
    Matéria veiculada em 16/11, no Programa do Antero, põe abaixo a tese do governo Blairo Maggi de que a saúde no interior vai bem e que não é a causa da demanda sobre o SUS de Cuiabá.
    A reportagem mostra as casas de apoio para pessoas doentes e em tratamento mantidas por políticos em Cuiabá. Dezenas de pessoas são trazidas de diversas regiões do estado em ambulâncias ou micro-ônibus das prefeituras e acomodadas nessas casas.
    A reportagem flagrou até mesmo um ônibus de Colíder, cidade que dispõe de um hospital regional mantido pelo Esta, transportando doentes para Cuiabá.
    Mas a grande surpresa ficou por conta dos mantenedores das casas de amparo, entre eles - pasmem - o vice-governador e candidato ao governo em 2010, Silval Barbosa.
    Se o próprio vice-governador precisa manter uma casa de amparo para abrigar doentes de diversas regiões de Mato Grossor está mais do que provado que a saúde vai muito mal no interior.
    As casas de amparo são a prova cabal da omissão do governo Blairo Maggi/Silval Barbosa com a saúde pública estadual.
    Blairo e Silval perderam o discurso que vêm fazendo contra o SUS Cuiabá, principalmente a alegação de que os problemas da saúde na Capital são de gestão.
    A política de saúde do governo Blairo/Silval é a de ambulâncias e casas de apoio em Cuiabá, para que os doentes do interior sejam tratados pelo SUS da Capital.

  • Manuella | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Será que Dr. Alvarenga vai falar na CPI que trabalha no Posto de Saúde do CPA 4 e que deveria atender 80 pacientes por SEMANA, e que somente atende 60 pacientes por MÊS ???
    Será que ele vai dizer que atende mal as mulheres que o procuram no posto de saúde ???
    Fora isso ele não tem nada a dizer para a CPI...
    E esse dr. Arlan sabendo que Alvarenga é desta forma não toma nenhuma providência pelo CRM ???
    Tudo farinha do mesmo saco. Mercenários.

  • Adão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Amanda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A CPI da SAÚDE deveria ouvir os moradores da comunidade do Centro de Saúde do CPA 4, onde esse baderneiro atende....pois ele não cumpre horario, não atende bem os pacientes, falta ao serviço, não é comprometido com seu trabalho, entre outras coisas que somente a comunidade e o Luiz Soares tem conhecimento e espero que passe a ser de conhecimento de todos.
    A Grande CPA é quem conhece esse doutorzinho.
    Sérgio Ricardo dá uma passadinha no Centro de saúde CPA 4 e conversa com os usuários de lá para vc saber quem é Dr. Alvarenga, em sua essência.

  • Camilly Mello | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CPI É SÓ PARA CUIABA E V.GDE, continuam em GREVE e está uma M... será que é porque a secretaria é esposa do deputado Wallace, venha visitar aqui também.

  • wagner | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o que esse baixinho atoa está fazendo ai ...vai cuidar do pronto socorro de vg que sua esposa acabou de afundar fazendo aquilo ali de palanque politico ....me poupe ....wallace relator de cpi da saude rsrsrsrssss é a piada mais engraçada que já houvi....
    o pronto socorro de vg está cheio de medicos que não sabem de nada só filhos de ex politicos falidos como : o do ex vereador micoco, o do ex dep estadual joão bosco, filho ex procurador pref de vg greem olha minha gente abra o olho é só troca de favores da dr jaqueline para conseguir apoio politico para seu marido wallace ........ministerio publico socorrooooooooooooo..

  • Silvia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Culpa é de Vocês Deputados que nada fazem, São eleitos para representarem o povo, recebem do povo e dormem e berço explendido. Como vocês autoriza o Orçamento do Estado, sem aumentar o valor do repasse para a Saude. não fiscalizam nada. Olha que Horror. Está no Orçamento do Ano que Vem um aumento de quase 100% para a Sefaz. Esta alocado 78 milhões para gastos em reformas e compra de sistema. que absurdo. gastar tudo isso com coisas que não dão retorno. Este valor da para construir um belo Hospital e equipa-lo.
    Vamos Deputados mereçam o que e gasto com vocês. Se hoje acabar com a Assembleia ninguem sentirá falta.

  • simony | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    cpi de wilson santos???????????? o povo está de olho nestes caitutus que só sabem fazer o papel ridiculo de marionetes do palacio paiaguás. domingo passado aconteceu o maior escândalo da história administrativa do estado de mato grosso, com muitas irregularidades, foi vexame nacional e sequer esses caititus sugeriram abertura de cpi. quem acredita nesses deputados??? fala sério!!!!!

  • Mariozan macedo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nossa! O prefeito já colocou sua tropa de elite truculenta na rua. O Antero e o comitê da maldade trabalhando na mentira suja pra esconder a verdade dos fatos: O prefeito de cuiabá devia ser posto pra fora da cadeira da prefeitura. muita incompetência. Chamar o Luiz Soares de bonzinho é coisa de cabo eleitora pago pra ficar digitando mentiras. Eu que moro aqui sei quem é quem. e não vai ter vez pra candidatura dele não. o povo que o elegeu sabe quem é WS. vai perder fragorosamente, pode escrever.

  • Roberto Naime | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Há uma falta enorme de recursos e investimentos na área de saúde, que não é priorizada e nem recebe atenção das administrações em todas as esferas, tanto federal, quanto estadual ou municipal. E a liderança sindical carece de credibilidade conforme se observam nos comentários. A situação que já é apocalíptica ganha assim mais um contorno caótico. E quem mais sofre é a população mais humilde e mais carente. O problema da saúde ocorre em todo país, mas em alguns locais é muito crítico.

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...