Últimas

Quinta-Feira, 05 de Março de 2009, 00h:07 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

PROJETO

Presidente do PR diz que reforma política vai sair

   O presidente regional da maior sigla do Estado, o PR, Moisés Sachetti, aposta que o Congresso Nacional aprovará neste primeiro semestre a reforma política, que definirá as regras para o sistema político-eleitoral brasileiro. Estão previstos, por exemplo, a inclusão do financiamento público de campanha, o fim das coligações partidárias em eleições proporcionais (vereadores e deputados) e a lista fechada.

   Para Sachetti, a adoção da lista fechada fortalece os partidos. Lembra que, nesse caso, o eleitor não vota no candidato, mas sim no partido, que passaria a ter o poder de escolher quais serão os seus representantes e quais deles terão prioridade para preencher as vagas. O dirigente republica acredita que a bancada do seu partido deva votar voto favorável à proposta, tanto no Senado quanto na Câmara. "O mandato parlamentar pertence ao partido e não ao candidato eleito. Assim, aquele que for expulso do partido ou que mudar de partido, perderá o mandato, que ficará com o suplente da mesma agremiação." Os tribunais eleitorais já têm entendimento nesse sentido, com manifestação de forma a garantir a posse do suplente da mesma sigla.

   Já o financiamento público da campanha vai determinar o uso exclusivo de recursos do Orçamento Geral da União nas campanhas eleitorais, acabando com a dependência dos candidatos de financiadores privados. “Essas propostas fazem parte do pacote de medidas sugerido pelo governo federal e acredito que terão tramitação rápida na Câmara e no Senado”, diz Sachetti. Segundo ele, o PR vai discutir essas propostas com os dois deputados federais de MT (Wellington Fagundes e Homero Pereira) e com os filiados durante os encontros regionais que o partido fará neste semestre.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Cidadão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Oh, Sachetti para de falar besteira!!!!!

    Nem os Deputados e Senadores que estão envolvidos na discussão da reforma política têm segurança sobre o que será aprovado, imgina Vc que nunca se preocupou sequer em saber o que significa partido político!

    Por isso que o PR teve um desempenho pífio nas eleições passadas, apesar de todo o prestígio do Governador!!!

  • Gaucho Macho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Tô abismado quanta importância os leitores deste site dão ao P.R. .... tantos comentários, hein????

    O P.R. é o bicho.... é o partido....

    Tão partido que está se acabando, e para acabar de vez só falta terminar o mandato de Magi

  • Carlos Jose dos Santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É um absurdo, pessoas quererem ditar normas e regras para um povo que clama por justiça, transparência, ética e democracia. Isso não passa de uma pequena parte de Partidos que lutam para derrubar uma conquista do povo em ter o verdadeiro Poder nas mãos de escolher seus representates legais, fica não de uma sigla partidaria que busca seus proprios interesses, é uma ditadrua um clime contra o povo e a constituição, apesar de falha mais ainda deixa uma brecha e clamor do povo por Esperança, segurança e Paz. Obrigado pela oportunidade ao rdnews.

  • joao ferrerira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    essa reforma eleitoral no tocante a lista fechada é um absurdo.
    o eleitor nao vai ter o direito de votar no seu representante.
    os caciques vao se fortalecer ainda mais.
    o eleitor vota no partido e os caciques mandam pro parlamento seus apadrinhados.
    isso é um absurdo!!

  • joao B. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Moisés Sachetti não tem nem vergonha de falar que é a favor dessa malandragem, a lista fechada vai tirar o poder do cidadão de eleger seu próprio representante, e ficar a critério dos caciques.
    E esse financiamento público será que é o que eu entendi?
    dinheiro do povo pra financiar campanha de politico?
    ai é o fim do mundo mesmo.

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.