Últimas

Terça-Feira, 20 de Outubro de 2009, 16h:18 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

FISCALIZAÇÃO

Presidente do TCE vai auditar obras paralisadas do Estado

   O presidente do TCE, conselheiro Antônio Joaquim, decidiu realizar uma auditoria in loco em 256 obras que estão paralisadas ou em estado de abandono, conforme o RDNews antecipou nesta segunda (19) - confira aqui. O relatório de obras foi produzido pela Coordenadoria de Controle de Obras e Serviços de Engenharia do TCE, a partir de informações fornecidas pelos próprios órgãos públicos estaduais e municipais, em especial pela secretaria estadual de Infraestrutura (Sinfra).

   Antônio Joaquim solicitou aos demais conselheiros a abertura de representação interna, o equivalente a auditoria, para apurar a situação dessas obras. Pelo atual relatório, estão paralisadas 134 obras de prefeituras, quatro Câmaras Municipais, 101 obras da Sinfra, oito da secretaria estadual de Educação, seis da secretaria estadual de Saúde, uma do Detran e duas da Fungefaz. Essas obras correspondem a R$ 1,5 bilhão em contratos assinados, dos quais a Sinfra responde por 92,79% desse total, ou R$ 1.415.592.184,95.

   A intenção do Tribunal, segundo Antônio Joaquim, é desfazer de vez uma polêmica e provocar a tomada de decisões a respeito das obras paralisadas. A polêmica deve-se principalmente à reação da Sinfra quando da apresentação de documentos indicando a real situação das obras. O órgão estadual contestou o relatório e alegou que muitas obras já estavam com contratos cancelados ou suspensos. Porém, pelo menos em duas oportunidades, a secretaria foi notificada, por meio de ofício, a prestar esclarecimento, mas não o fez. Da mesma forma, outros órgãos não enviaram nenhuma informação sobre as obras paralisadas.

   Segundo o presidente do TCE, a auditoria é o primeiro passo para a busca de uma solução. "Quem tem o poder de decidir a respeito desse assunto são as Câmaras Municipais e Assembleia Legislativa, que constitucionalmente decidem sobre políticas públicas e aprovam os orçamentos", ponderou.

   O conselheiro esclareceu ainda que neste momento a ação não visa punição a gestores, até mesmo porque muitas obras estão paralisadas há anos. É o caso, por exemplo, do Hospital Central, iniciado em 1985 com um orçamento de R$ 31 milhões. Localizado na região do Centro Político Administrativo, apenas esqueleto do prédio foi erguido, sendo abandonado desde então.

-----------------------------------------------------
Clique no play
e veja mais em reportagem da TVCA

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • Van Hausen | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A campanha eleitoral já começou. Antonio Joaquim ( que veio do governo Dante) resolve ser bom moço e apurar todas as obras inacabadas ( levantadas inicialmente por Sergio Ricardo - o preterido do PR e do TCE...)
    Pelo que deu pra perceber, só vão cobrar dos grandões, a começar com Vilceu Marchetti e escarafunchando o passado de Pagot, que tambem passou pela Sinfra.
    Estão no seu direito, mas as eleições não se decidem só nisso, acreditem.

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Darcy Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Tá certo TCE tem que fiscalizar essas obras inacabadas prometidas por Maggi. Ele , Maggi, passou 8 anos e nada fez. Cade o dinheiro destinados a elas.
    Já pensou a hora que forem fiscalizar o dinheiro do FETHAB.
    Xô mano, tá na hora desse da onça beber água!

  • marviocba | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    muito bem TCE, são essas providencias que o povo matogrossense quer ver, vcs vão ver a real situação dos poços sem fundo da SINFRA e outros orgãos estaduais, e a saude neste caus. parabens pela decisão.

  • Jasngo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TEMOS QUE CULPAR OS GOVERNANTES DO PASSADO QUE ABANDONARAM ESSAS OBRAS(JUILIO CAMPOS DA VIDA, JAIME DA VIDA, DANTE, ETC ETC.....).

    COMECAVAM AS OBRAS PEGAVAM O DINHEIRO GASTAVAM E NÃO FAZIAM NADA OU DEIXAVAM O PEPINO PARA OUTRO GOVERNO QUE TAMBEM NÃO ACABAVA.


    O PEPINOI FICOU PARA ESTE GOVERNO NE??

    ACREDITO QUE ESTE GOVERNO QUE ESTA AI NÃO COMEÇOU E VAI DEIXAR NENHUMA OBRA PARADA.

  • Jenefer | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Solicito a todos visitarem a fazenda Tamandaré, lá as obras estão a todo VAPOR.

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSE HOSPITAL ESTA MUITO CARO. JAIME GASTOU EM DINHEIRO DE HOJE CERCA DE 45 MILHÕES DE REAIS! É VERBA PUBLICA QUE ESTA PODRE. NOS FALTA HOSPITAL. DANTE FICOU 8 ANOS E NADA. BLAIRO ESTA COM 7 ANOS E VAI EMBORA E NÃO VAI TERMINAR AS OBRAS. QUE VERGONHA MAGGICO! ISSO É GESTÃO?

  • edezio do couto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E DAÍ!!!!!!!!!
    TCE!!!!!!!
    INEFICAZ E DESACREDITADO PARA FISCALIZAR ALGUMA COISA NESTE ESTADO.
    SE FECHAR AS PORTAS NINGUEM SENTIRA FALTA.
    NÃO!!!!!!!! ALGUEM, SIM. O LUTERO E OUTROS DA MESMA LAIA.
    FORA TCE......VC É DESNECESSÁRIO AO ENTE PUBLICO.

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    RSRSR! GOSTEI DA PIADA! FAMOSO TRIBUNAL DE FAZ DE CONTAS. TAMBÉM COM ESTA LISTA DE CONSELHEIROS, A COISA AI É BEM SÉRIA! BOSAIPÃO SÓ TEM 130 PROCESSOS NAS COSTAS. CAMPOS FILHO BISNETO SOBRINHO DA SILVA ENTROU PELA FAMOSA PORTA DOS FUNDOS, DA CAPITANIA HEREDITÁRIA. EITA PAÍS BOM, PARA UNS POUCOS, BEM ENTENDIDO! ARRUMEM UMA BOCA AI PROVA RIVA, CHIQUITITA, LUTERO, DEUCIMAR, RALF, ROBERTÃO, CARLOS BRITO E CIA TAMBÉM!

  • NILSON | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem foi o politico que iniciou essa obra e nao entregou??

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.