Últimas

Terça-Feira, 15 de Janeiro de 2008, 13h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

JUDICIÁRIO

Presidente do TJ lamenta detenção de jornalistas

   O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Paulo Lessa, em uma das poucas vezes que se manifestou sobre algum acontecimento envolvendo magistrados, lamentou a detenção dos cinegrafistas Belmiro Dias, Marcos Alves e o repórter-fotográfico Otmar de Oliveira.  Os três ficaram detidos por duas horas no Fórum Criminal de Cuiabá por determinação do juiz Rondon Bassil por registrarem imagens de uma audiência cujo processo corre em sigilo. Em nota, Lessa considerou desnecessária a prisão dos jornalistas que se deu no último dia 11 - Leia mais aqui.

   "O fato deve ser visto como um lamentável incidente e que não reflete os objetivos da atual gestão do Poder Judiciário. Estamos trabalhando intensamente pela construção de uma Justiça mais acessível, efetiva e transparente e a imprensa tem papel fundamental nesse processo”, enfatizou o presidente.

      Ainda sim, o sindicato dos jornalistas vai emitir nesta terça uma nota de repúdio contra a prisão dos três profissionais. A nota será assinada também pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MT), Francisco Faiad, que advoga para o sindicato. "É uma postura correta e inédita, mas divulgaremos uma nota de repúdio. Também queremos marcar uma audiência com o corregedor-geral do TJ, desembargador Orlando Perri. Se Lessa estiver à disposição, também conversaremos com ele", disse a presidente do Sindjor, jornalista Keka Werneck. (Simone Alves) 

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • ROMILDO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A SENHORA ELIANE FOI FELIZ NA SUA COLOCAÇÃO, AFINAL SÓ QUEM TRABALHA NO TJMT É QUE SABE O QUE REALMENTE ACONTECE. ESTOU CANÇADO DESTA INJUSTIÇA.

  • Paulo Mattos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ainda bem que o Poder Judiciário conta com o dinamismo democrático do atual Presidente Desembargador Paulo Lessa que, numa atitude até mesmo de humildade proveniente de um integrante da Magistratura (uma vez que a maioria dos juízes se julgam acima de tudo e de todos, atuando como monarcas inatacáveis), soube se desculpar perante a opinião pública nacional (sim, o caso ganhou repercussão nacional)por ato descabido praticado por um juiz de primeiro grau. Afinal, não havia nenhuma motivação criminosa, ilegal, imoral, na atuação dos jornalistas, que simplesmente cumpriam, como de hábito suas obrigações de informar e formar a opinião pública. Não havia necessidade do Magistrado, num ato de prepotência (alguns deles são assim mesmo) e histerismo impróprios, dar voz de prisão aos jornalstas, confiscar-lhes equipamentos, submetê-los a uma humilhação dilacerante e sem nenhuma necessidade. E todos conhecemos a lisura, honestidade e profissionalismo daqueles jornalistas, que tuam em nossa imprensa há vários e vários anos. Felizmente o doutor Paulo Lessa, como sempre, antes de ser um juiz, um fidalgo de invejável educação, um homem do povo com exemplar cultura jurídica, veio a público para redimir não o juiz de primeiro grau, mas a Justiça Pública de Mato Grosso, de um pecado inconveniente praticado por um de seus integrantes. Parabéns doutor Paulo Lessa, cada vez te admiro mais, por essa e outras ações dignas de um homem público responável.

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DE MAGISTRADOS COM A ESTATURA DO DR.PAULO LESSA É QUE NOS FAZ NÃO PERDER AS ESPERANÇAS DE QUE UM DIA TUDO ISSO VAI MUDAR.

    NÃO TEREMOS MAIS ARBITRIOS,EXCESSOS DE AUTORIDADES DE ALGUNS JUIZES QUE DENIGREM A TOGA DO MAGISTRADO.

    O DR. PAULO LESSA TEM A EXATA NOÇÃO DE QUE É UM FUNCIONARIO PUBLICO,PARA O QUAL A SOCIEDADE PAGA O SEU SALARIO ,MANTEM A ESTRUTURA JUDICIARIA , PARA DEFESA DA SOCIEDADE E NÃO PARA SER HUMILHADA,NO CASO PRESENTE.

    PARABENS DR.PAULO LESSA A SOCIEDADE MATOGROSSENSE TEM MUITO ORGULHO DO SEU DESEMBARGADOR PAULO LESSA.

  • MEDEIROS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    AFINAL O QUE É SEGREDO DE JUSTIÇA?

  • CIDADÃO DESESPERANÇADO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quando é a parte interessada(prejudicada) quem pede o segredo de justiça ainda é aceitavel mas quando é o juiz quem decreta é muinto estranho, cheira mal.
    ASSINADO: Cidadão desesperançado com a justiça

  • jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romildo, Bom dia
    MM.Dr.Rondon, é meu amigo(lembre-se da qualidade dos meus amigos) e possuidor de uma sensibilidade e senso profissional do mais alto gabarito.
    Humano, responsável, orientador, baluarte da justiça- observe sua atuação junto aos jovens e adolecentes.
    Lei é lei - Juiz Dr.Rondon deve ter cumprido o preconizado.

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...