Últimas

Sexta-Feira, 18 de Maio de 2007, 12h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

INVESTIGAÇÃO

Presos na "Navalha" iniciam depoimentos na 2ª

    Mais um acusado de ligação com a máfia que supostamente atuava fraudando licitações para realização de obras públicas foi preso nesta sexta pela Polícia Federal. Trata-se de Henrique Garcia de Araújo, detido ao desembarcar no aeroporto de Guarulhos (SP). Ele é funcionário da Gautama, empresa apontada como líder do esquema.
    Agora, já são 45 presos na Operação Navalha, dois de Mato Grosso: o prefeito de Sinop, Nilson Leitão, que está na sede da PF em Brasília, e o seu ex-secretário de Desenvolvimento Urbano, Jair Pessine.
    Um dos que tiveram preventiva decretada pela ministra Eliana Calmin, do Superior Tribunal de Justiça, está foragido. É o servidor da Prefeitura de Camaçari (BA), Zaqueu de Oliveira Filho. Também havia mandado de prisão contra Ulisses César Martins de Souza, ex-procurador-geral do Maranhão e conselheiro federal da OAB, mas ele conseguiu um habeas-corpus no Supremo Tribunal Federal.
    Os presos devem começar a ser interrogados pela PF na segunda-feira. A quadrilha atuava nove Estados (Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Sergipe, Pernambuco, Piauí, Maranhão, São Paulo), além do Distrito Federal. Estava infiltrada nos governo federal, estadual e municipal.
    De acordo com a PF, a organização desviou recursos do Ministério de Minas e Energia, da Integração Nacional, das Cidades, do Planejamento, e do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit). Para obter vantagem nas licitações para obras públicas, a empresa pagava propina e dava presentes para as autoridades envolvidas. O prefeito mato-grossense Nilson Leitão, por exemplo, é acusado de ter recebido R$ 200 mil de propina.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Temor e negociação com 3 partidos

wilson kero-kero 400 curtinha   Depois de ajudar na articulação para se filiar ao Podemos o colega vereador Dilemário Alencar, que estava "fritado" e sem espaço no Pros e procurou abrigo em outra legenda, Wilson Kero-Kero (foto) está agora com receio de migrar para o partido da senadora cassada Selma Arruda e do...

Agora no DEM e foco à saúde pública

gilberto figueiredo 400 curtinha   Gilberto Figueiredo (foto), vereador licenciado da Capital e secretário de Estado de Saúde, aproveitou a janela - data limite de filiação até sábado (4) para quem quiser ser candidato em outubro -, e ingressou no DEM. Agora, o partido do governador Mauro, até...

Ação de promotor e volta de restrições

Adalberto Ferreira   O promotor de Justiça Adalberto Ferreira garante que prefeito de Juscimeira Moisés dos Santos não havia editado nenhum decreto endurecendo as regras de restrições à pandemia do coronavírus antes do MPE propor ação na Justiça. Ao falar sobre nota publicada...

Oséas agora está nas mãos de Abílio

oseas machado 400 curtinha   Oséas Machado (foto) conseguiu derrubar Abílio Júnior, a quem denunciou por quebra de decoro parlamentar, e assumiu a cadeira deste na Câmara da Capital. Agora, o cassado se articula para dar o troco. O problema é que ambos estão no PSC. Oséas quer buscar a...

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.