Últimas

Domingo, 20 de Maio de 2007, 18h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

INVESTIGAÇÃO

Professor sugere curadorias contra corrupção

Blaszak propõe mecanismo simples para, sob o MP, fiscalizar licitações e contratos, onde o dinheiro público tem saído pelo ralo 

 O advogado José Luís Blaszak, professor de Direito Administrativo da Universidade de Cuiabá (Unic), aponta uma solução que considera simples no combate à corrupção no serviço público: a criação de curadorias de licitações e contratos. Ele destaca que, por meio desse mecanismo de fiscalização, seria possível acompanhar processo de aquisição pelo poder público nas esferas estadual e federal, envolvendo obras e reformas, enfim, tudo em termos de contratação de serviços de natureza pública.
   Sugere que essas curadorias sejam comandadas tanto por membros do Ministério Público Estadual quanto Federal e que tenham à disposição estrutura física e pessoal para efetuar severamente a fiscalização de todos os processos licitatórios. "Isso já acontece, ainda que acanhadamente, com as fundações privadas. No entanto, nesse caso das licitações, a fiscalização contábil e de procedimentos deverá ser feita de forma muita mais apurada", destaca o advogado e professor universitário.

   Perguntado sobre a barreira da dificuldade financeira para implantação dessas curadorias, Blaszak reage com veemência: "O dinheiro que será impedido de ir aos bolsos indevidos custeará com folga este projeto, bem como sobrará, ainda, milhões para os demais investimentos de natureza social, educacional e de saúde, entre outros". Para ele, "jamais se pode afirmar que não há soluções para o combate à corrupção no meio licitatório".

     Exemplo

     Na última quinta (17), enquanto José Luís Blaszak proferia uma palestra na OAB/MT, em que criticava a forma como são realizados os processos licitatórios no país, a Polícia Federal iniciativa a Operação Navalha, que resultou na prisão de 45 pessoas, sob acusação de envolvimento justamente no assunto que estava em debate. O evento foi organizado pela Comissão do Jovem Advogado (Cojad) e o professor discorria sobre o tema “Pregão Presencial e Eletrônico: Novos Rumos da Licitação”.

   Blaszak observa que há anos instituições de pesquisa respeitadas apontam a corrupção como o principal entrave para o desenvolvimento do país. "Já se falou que o PIB brasileiro fica comprometido em 40% por conta do desvio das verbas públicas".

    O professor destaca ainda que desde o advento da Lei de Licitações e Contratos, em 1993, processos em tramitação na justiça indicam desvio do dinheiro público para as campanhas políticas, o chamado caixa 2.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.