Últimas

Segunda-Feira, 12 de Novembro de 2007, 19h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

COBRANÇA

Professora do Cuiabá-Vest denuncia calote

Apostilas elaborados para cursinho pré-vestibular não são pagas pela prefeitura

   Uma professora do cursinho Cuiabá-Vest, que preferiu não ter o nome revelado, denuncia que há oito meses o prefeito Wilson Santos (PSDB) não paga parte dos valores referentes à confecção das apostilas já em uso pelos alunos.  Segundo ela, mais 10 professores encontram-se na mesma situação, mas ficam temerosos em se manifestar publicamente. "O diretor da Fundação Educacional de Cuiabá, Sérgio Cintra, disse que o dinheiro não foi repassado pelo secretário de Finanças, Zé do Nordeste. Enquanto isso, ficamos sem nenhuma posição", reclama. O projeto é considerado vitrine do mandato do prefeito tucano.

   Ela disse que o combinado era que o pagamento fosse efetuado logo após o término de cada apostila. "Já entregamos à instituição três apostilas sendo que até agora só recebemos uma". Ela lembra que para a realização do  trabalho contou com recursos próprios.

     A professora informa que apenas um professor recebeu o valor integral referente aos serviços. Afirma que o prefeito, sob pressão, acabou efetuando o pagamento. De acordo com a professora, os outros nada fizeram para evitar prejudicar o próprio Sérgio Cintra, que se filiou ao PDT e pretende disputar cadeira de vereador no próximo ano. "O cursinho é uma belíssima proposta, mas não está cumprindo o seu papel com os colaboradores", enfatiza.

   O trabalho está sendo desenvolvido desde novembro do ano passado. "Todo mês que procuramos a direção financeira da instituição eles dizem que o valor será pago no próximo mês, e nisso o tempo está passando e agora falta apenas uma semana para acabar o período letivo", argumenta.

    Como professor de História, Wilson tirou proveito do cursinho em sua campanha e hoje até ministra aulas no Cuiabá-Vest. Esqueceu, porém, do essencial: fazer o dever de casa como gestor. O calote pode comprometer o sucesso do cursinho pré-vestibular.  (Pollyana Araújo)     

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • marcus penna | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essas pessoas deveram procurar saber melhor antes de criticar.o cursinho e o maior suscesso na ad municipal,varios alunos carentes tem sua chandce de ingressar na universidade mais uma promessa cumprida pelo nosso prefeito,um dos mais rensponsaveis gestores que ja passaram na capital.podem notar,que so essa pessoa fez esse comentario,pois deve ser uma colocaçao pessoal.e para eses ai que estao criticando,por que vcsw ai mesmo nao vao la e criticam a atuaçao pifia do saguas do pt, que conseguiu acaba com o ensino medio da nosssa capital,sendo manchete ae do fantastico,esse e o jeito pt de goverernar,vamos la critiquem ,vamos .ou critiquem o governo que disse que os alunos nao presissam de passa livre,quero ve,falem algo ai.

  • Thiago | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este ano o cursinho deixou muito a desejar, apesar dos professores serem excelentes profissionais e cumprirem seu papel, foi muito bagunçado.... e só foram entregues 02 apostilas no decorrer do ano e 01 agora no véspera do vestibular.... deixo meu protesto em favor dos professores!!!!!!!!
    Funec isso é um vergonha.

  • Ariane | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    è uma inadimissível os que os professores do Cuibá-vest estão passando....apesar de ser ótimo cursinho.... protesto em favor dos professores!!!!!

  • Éder luis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    apóio os professores com essa reinventicação,pela demora do pagamento dotrabalho deles pela elaboração das apostilas.
    wilson toma vergonha na sua cara.
    pague as apostilas

  • antonio oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso eh uma vergonha, como o prefeito pode falar para nós enquanto alunos do cuiaba vest, que o curo anda muito bem, com faltas de apostilas, e atraso de salários. Estou envergonhado.

  • Cristini | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É lamentavel que ainda existam gestores capazes de brincar com a administração publica, fazendo propaganda na mídia de projetos de apelo popular para ganhar votos, mas que na verdade funcionam precariamente sem verba, apenas com a boa vontade dos coordenadores e professores.
    Fica a pergunta: a onde está a verba do pagamento dos professores? do pagamento das apostilas?
    Populão cobrem seus direitos e façam os culpados serem punidos.

  • ottiz marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    poxa eu que nao to muito por dentro da vida publica dos nossos govrnantes nao esperava isso do prefeito que sempre foi tao bem defendido pelod professores do cuiaba vest,mas sem consideraçao nenhuma apunhala seus colegas desse jeito,e dificil de se acreditar mesmo nuna pessoa assim.

  • benilson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso sem contar os pagamentos dos prestadores de serviços e fornecedores de produtos, se não tem condições de contrar, não contratar, pois quem oferece tem compromissos, tem obrigações, e fica nessa enrolação para efetuar o pagamento. Será que as pessoas que foram indicados pelo Sr. Prefeito, estão sem receber? será?

  • claudinymara@hotmail.com | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    realmente é uma vergonha
    os profesores ainda ñ terem recebido pela confecção das apostilas, o ano praticamente já acabou e nada dos profesores receberem

  • lays cristina de oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O preito Wilson Santos está de parabéns!!!!
    o cursinho é um sucesso.Sempre tem gente pra reclamar...e vcs professores insatisfeitos, porque não se demitem,ao invés de ficar reclamando....

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

Coordenador quer mostrar obras de EP

vanderlucio curtinha   Coordenador da campanha de Emanuel Pinheiro à reeleição, Vanderlúcio Rodrigues (foto) garante que o grupo vai focar na divulgação de propostas e não fará ataques pessoais aos 7 adversários. O ex-secretário de Obras Públicas avalia que o grupo...

Tucano ainda com sequelas da Covid

ricardo saad curtinha 400   O vereador cuiabano e presidente do PSDB na Capital, Ricardo Saad (foto), segue na luta para reverter as sequelas deixadas pela Covid-19. Mesmo Dois meses após ser infectado, diz que 53% do seu pulmão ainda está comprometido e que, por isso, sente muita falta de ar. Candidato à...

Tentando golpe político em Tangará

amauri 400 curtinha   O deputado estadual Paulo Araújo (PP) sofreu uma tentativa de golpe vinda de uma pessoa em quem ele confiava totalmente, o seu ex-assessor Amauri Paulo Cervo (foto). Até há poucos dias, Amauri estava lotado no gabinete do deputado, na AL, quando se licenciou com intenção de concorrer...

Regiões e representantes na disputa

nilson leitao curtinha   A maior parte das regiões está bem representada em relação aos cabeças de chapa que disputarão vaga no Senado. Pelo Nortão e Médio-Norte, encaram às urnas o ex-prefeito de Sinop Nilson Leitão (foto) e o senador tampão Carlos Fávaro (PSD). Na...

Candidatos e definição de suplentes

jos� medeiros curtinha 400   Alguns candidatos ao Senado estão batendo cabeça para compor suas suplências ou reedita-las, como é o caso de José Medeiros (foto), que, na primeira convenção (anulada), havia fechado chapa pura do Podemos com o vice-prefeito de Cuiabá Niuan...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.