Últimas

Sexta-Feira, 25 de Dezembro de 2009, 14h:54 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

EDUCAÇÃO

Professores ficam na bronca com "trabalho dobrado"

   Mesmo após o encerramento do ano letivo, professores da rede municipal estão na “bronca” com o secretário de Educação de Cuiabá, Carlos Carlão Nascimento (PSDB). Na tentativa de informatizar todos os procedimentos, o gestor exige dos profissionais o lançamento de todas as notas obtidas por estudantes ao longo do ano até 30 de dezembro, no diário eletrônico da prefeitura.  Essa não é a primeira vez que os profissionais reclamam sobre o problema. Em outubro, as denúncias acerca do mau funcionamento já aconteciam - veja aqui.

   Parte dos profissionais argumenta que os responsáveis pelo diário eletrônico não deram suporte suficiente para evitar os congestionamentos, que impedem a atualização dos dados. “Temos que acordar meia-noite, fazer de madrugada, porque somos obrigados a entregar até o dia 30 os diários do ano todo”, critica um professor. Além de inserir as notas, os profissionais têm que atualizar as faltas e presenças dos estudantes e o conteúdo programático.

   Segundo informações do Sindicato dos Profissionais da Educação Pública de Cuiabá (Sintep), há professores que dizem estar tendo dois trabalhos: o de tentar, sem êxito, inserir os dados no diário eletrônico, e o de anotar à caneta as informações para não correr risco de perdê-las.

   O secretário de Educação, por sua vez, garante que todas as providências já foram tomadas para solucionar o problema e que os professores foram instruídos a procurar o técnico responsável em caso de dificuldades. Segundo Carlão, a prefeitura pagou R$ 700 mil a uma empresa de informática, de Toledo (PR), pela elaboração, implantação, capacitação e manutenção do sistema. “Ao todo, três mil professores receberam treinamento”, diz.

   O município conta com 97 escolas e 47 creches. Todas, segundo Carlão, foram informatizadas. “É natural que no começo dê problema, apesar dos nossos esforços. Isso é uma coisa que mexe com todo mundo”. Ele também reforça que os professores da rede pública de Cuiabá passam a contar com um dos sistemas mais modernos do mundo. “É possível cruzarmos todos os tipos de informação, pode até mesmo assistir às aulas pelo computador”, detalha. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • Paulo Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E a mansão dele lá no Siá Maria, já foi derrubado??

  • fátima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Em primeiro lugar, gostaria de fazer alguns esclarecimentos: no Estado os professores fizeram somente o 3º e 4º bimestres, enquanto que na rede municipal fomos OBRIGADOS a fazê-lo desde o início do ano. - O programa do estado pelo menos é mais DINÂMICO, pior é esse programa que além de lento, cai toda hora, fica CARREGANDO e é pouco viável.
    ESCLARECENDO: esse diário nos foi passado no final do 3º BIMESTRE!!!
    Quanto a colega que disse que os PROFESSORES SÃO RELACHADOS(FOI DESSA FORMA QUE ELA ESCREVEU): isso é um reflexo de como a nossa categoria é desunida e além do mais, para o pessoal do primário que tem uma sala de aula é muito mais fácil. Agora pensem: e o professor do ginásio que tem várias turmas e as vezes mais de uma disciplina??????? Outra coisa para essa professora: A QUESTÃO NÃO É O PLANEJAMENTO DO PROFESSOR. E SIM A LENTIDÃO DO SISTEMA. Credo!!!!!Vai ser b...
    Todos os nossos professores merecem respeito. Merecem tratamento digno.
    Sala com 8 alunos???? Só trabalho com, no mínimo, 29/30 por sala!!!!O secretário até manda fechar turmas que tem menos que 20!!!!!!!!Isso aconteceu na escola de uma professora que conheço.

  • Maria do Carmo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Paulo explica o que tem haver mansão com o trabalho dos professores? O que voce quiz dizer com isso? Pelo fato de alguns não cumprir com seutrabalho naõ leva a outros fatos ok. Tome inteligencia moço

  • mané porrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como sempre o poder publico, faz as implantações de sistemas de forma mal oragnizada e o trabalhador que sofra as consequencias, não se preocupando em dar o suporte necessário, isso acontece tanto na rede estadual quanto na municipal...Agora essa Maria de tal q comentou ai no minimo nem conhece nada de sistemas de computação deve ter entregue as notas em uma caderneta...isto se for professora, porque RELACHADO com CH é de rachar...vamos nos informar melhor...

  • DOUGLAS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ê TA MARIA DO CARMO!!!
    VAI SER PUXA SACO LÁ PRO INF...
    ESSA É A TAL DIRETORA DE UMA ESCOLA MUNICIPAL (MUITO CONHECIDA) QUE MALTRATA OS FUNCIONÁRIOS.
    SE ACHA A TAL!

  • clarice menezes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quando come;ou o programa acahavamos que tinhamos encontrado o ceu ,afinal tudo hoje se faz pela internet!O problema náo foi so de cair ,foi matriz curricular que foi feita por area e náo trabalhamaos assim no ensino fundamental , foi problema d assessoria pedag[ogica do que passaram para a firma , problemas com listas de alunos ,quando vc colocava seu usuario e senha que era seu cpf logo caia .As pessoas que atendiam as pessoas no sistema de informa;áo tamb[em náo estavam imaginando o tanto de pepino que isso iria dar.Percebia-se uma angustia por parte de todos inclusive do PROFESSOR CARLÁO e foi aquele estress !Tamb[em existem professores na rede municipal que embora a prefeitura tenha financiado o computador para ele o mesmo tambem nunca se preocupou em aprender e isto náo culpa da SME e sim de acomoda;óes de certos professores .Tenho comigo que isto precisa ser reajustado para 2010 ,mas que foi ja foi um alavanco para todos nos.Aprender precisamos todos os dias entretanto tambem a SME precisa ter humildade no que errou e reajustar !Agora a vida escolar dos alunos temos que ter documentado tudo afinal de contas que culpa tem ele dos reajustes!

  • Paulo Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ei Maria do Carmo, além de ser puxa saco, é burra
    também !!! Volte a estudar mulher......

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Maria Cristina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Olha a categora não é contra a informatização, mas sim da maneira que foi feita e com um sistema falho, não temos agilidade, se perde muito tempo carregando e fora que o sistema cai toda hora. Maria do Carmo parece que nem na sala de aula vc fica, pois não sabe da nossa dificuldades. É muito fácil criticar os outros e é por isso que os profissionais da educação nunca consegue nada, por ter pessoas com vc. Já tem 3 dias que não consigo entrar no site, pois está indisponínel e aí Maria do Carmo o que faço???????? Me fala onde é essa escola com 8 ou 16 aluno na sala de aula, eu que trabalhar lá.

  • Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que estão fazendo com os professores não é brincadeira. A vida desse pessoal é uma das mais estressantes, conseqüência da humilhação que passam com alunos indisciplinados políticos que querem se aparecer as custas deles.

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...