Últimas

Quarta-Feira, 16 de Maio de 2007, 18h:19 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

TANGARÁ DA SERRA

Promotor "grampeia" juíza; Amam é acionada

     Um caso polêmico em Tangará da Serra (a 240 km ao Médio-Norte de Cuiabá) divide membros do Ministério Público e do Judiciário. O promotor de Justiça Vinícius Gahyva teria determinado escuta telefônica clandestina em linhas telefônicas de autoridades. Uma das "vítimas" da arapongagem foi a juíza Wandinelma Santos.

    Agora, a Associação Mato-Grossense de Magistrados (Amam) anunciou que estuda quais providências vai tomar em relação ao que chama de prática criminal do promotor.

    Na avaliação da magistrada, o Poder Judiciário não pode permitir tal prática irregular e ilegal. Outras duas pessoas que foram vítimas da mesma prática já se comprometeram a prestar testemunhos a fim de comprovar o ilícito. Suas identidades serão mantidas em segredo.

    Já o promotor Vinícius Gahyva nega terminantemente ter realizado "grampo" telefônico. Por meio de assessoria, ele explicou que para tomar tal decisão seria preciso haver autorização judicial. Adiantou que já ingressou com representação criminal contra a juíza Wandinelma. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • João Lucas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso nada mais é do que o reflexo da luta travada dentro do judiciário, o qual alguns "cegos" insistem em não ver, mesmo depois de prender ate presidente de Tribunal, e pensam que o judiciário brasileiro é intocável, enquanto na realidade toda a nação sabe que sempre a maioria dos seus membros sempre tiveram preços; "colher justiça onde não se plantou é o mesmo que esperar uma farta colheita da lavoura plantada com sementes híbrida." a nação tbem sabe da disputa entre o judiciário e o ministério público por poder......enqto eles estam a se perguntarem: quem manda mais..... "eu ou vc ?", o pobre cidade continua a clamar por justiça....., essa frase resume o que penso do judiciário brasileiro: "cada vez que o judiciário retrai o braço no dever de cumprir a lei e seu papel, um pai de familia lança mãos aos armas."

  • gilda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Dra Wandinelma Santos tem sido vítima de uma perseguição implacável nesse municipio.Melhor faria o Judiciário em criar e implantar a a Vara de Execuções das medidas Sócio Educativas no Pomeri e trazer a Juiza para comandá-la.Inteligente,preparada,ética teria todas as condições para comandar a referida Vara,inovando e modernizando essa área tão carente em ações concretas e inovadoras no trato com adolescentes em conflito com a lei.

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....