Últimas

Sábado, 30 de Junho de 2007, 07h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

MINISTÉRIO PÚBLICO

Promotor Machado condena o denuncismo

   O promotor de Justiça Marcos Herique Machado, com a experiência de quem já atuou também por um longo período no Poder Executivo - conduziu cinco secretarias de Estado nos governos Rogério Salles (2002) e Blairo Maggi (2003/2007) -, faz um alerta consistente sobre o chamado denuncismo. Em comentário enviado ao RDNews, ele observa que instituições democráticas, como a Ordem dos Advogados do Brasil e o Ministério Público, vêm recebendo pressões e até imposições do que se fazer e como fazer, numa verdadeira substituição de direitos fundamentais pela desconfiança ou suspeita, por movimentos em rede que manipulam dados informações para atingirem alvos humanos.

    Machado destaca que "a liberdade de expressão, manifestação e opinião estão sendo subvertidas, ao serem confundidas com liberdade de acusar, ofender ou criticar pejorativamente autoridades públicas, de forma indiscriminada".

     Confira abaixo o alerta do promotor Marcos Machado:

     "A liberdade de expressão, manifestação, e opinião estão sendo subvertidas, ao serem confundidas com liberdade de acusar, ofender ou criticar pejorativamente autoridades públicas, de forma indiscriminada. Trata-se de uma inversão gravíssima de valores éticos.

     Assistimos diária e pacificamente a execreção pública de pessoas sem, sequer, haver a instauração de um processo formal. Mais vale a notícia do que o fato provado; mais vale a afirmação de homens que se apresentam como salvadores da pátria, pseudos paladinos da moralidade pública, do que a posição administrativa ou política de autoridades públicas constituídas por concurso ou detentoras de mandato eletivo. A presunção é de culpa, e não mais de inocência, e o ônus da prova cabe ao acusado e não ao acusador.

    Não mais se exige prova de culpa, basta uma interpretação razoável do direito que permita sustentar um ponto de vista jurídico. A condenação se faz sistematicamente, em nome da transparência. Enquanto isso, sepulta-se o Estado de Direito. Instituições democráticas, como OAB e MP, estão recebendo pressões e imposições do que se fazer e como fazer, numa verdadeira substituição de direitos fundamentais pela desconfiança ou suspeita, por movimentos em rede que manipulam dados e informações para atigem alvos humanos.

   Representar ao Poder Público é um ato legítimo, indubitavelmente. Condenar alguém, nos meios de comunicação, é denunciação caluniosa. Essa contraversão de fatos, se não enquadrada na lei, tem apenas uma vertente: fazer injustiças; e um sentido: multiplicar vítimas, sem qualquer possibilidade de reparação do dano moral sofrido, na medida do agravo."

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

SD também deseja Taques ao Senado

pedro taques 400 curtinha   Empolgado com resultado de uma pesquisa interna, na qual estaria bem pontuado, aparecendo entre os preferidos ao Senado, mesmo após deixar o cargo de governador bastante desgastado, Pedro Taques (foto) passou a flertar não só com o Cidadania, conduzido no Estado pelo seu ex-secretário Marco...

Presidente do TJ-MT assume Codepre

carlos alberto tj 400 curtinha   O presidente do TJ-MT Carlos Alberto (foto) foi eleito presidente do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça (Codepre) do país. O cargo alça o membro de MT à liderança de discussões nacionais importantes. Dentre as atribuições do colégio...

Brecha pra futuro cassado ir à Justiça

kero kero curtinha 400   Wilson Kero-Kero (foto), ex-SD (socialista) que foi para ex-PSL (direita), anunciou ida para Podemos, mas permanecerá no partido direitista, é o relator do processo de cassação do colega Abílio Júnior, na CCJ da Câmara de Cuiabá. Na Comissão de Ética o...

Filho de Taborelli assume vaga em VG

Willy taborelli _ curtinha400   O pai coronel Taborelli está fora de combate, mas o filho Willy (PSC), suplente de vereador, vai assumir cadeira na Câmara de VG a partir de 2 de março. Vai atuar na vaga do correligionário Miguel Baracat, que se licencia para fazer tratamento de saúde. O filho do polêmico...

Sem acordo para ter apoio de Selma

otaviano pivetta 400 curtinha   O empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, pré-candidato ao Senado, disse que, de fato, recebeu convite para se filiar ao Podemos, inclusive do deputado Medeiros, um de seus prováveis adversários nas urnas de abril, mas que segue firme no PDT. Destaca ser um admirador do senador...

Na expectativa para disputar Senado

nelson barbudo 400 curtinha   Se o TRE flexibilizar a data de filiação para quem quer concorrer ao Senado, na eleição suplementar de abril, a inflação de candidatos tende a ser ainda maior. Entrariam no páreo, além dos 10 que já se dizem pré-candidatos, o ex-governador Pedro...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.