Últimas

Segunda-Feira, 21 de Maio de 2007, 14h:11 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

TANGARÁ DA SERRA

Promotores assinam nota de repúdio contra juíza

   Os promotores Marcelo Ferreira de Carvalho e Ezequiel Borges de Campos, respectivamente, presidente da Associação Mato-Grossense do Ministério Público (AMMP) e diretor de Defesa Institucional, divulgaram nota de repúdio contra a juíza Wandinelma Santos, da Comarca de Tangará da Serra. Em entrevista, ao "O Jornal", publicada na última quinta (17), a magistrada acusou o promotor Vinícius Gahyva de "grampeá-la", com escuta telefônica clandestina - clique aqui e leia mais sobre o assunto.

   Na nota, os dois promotores afirmam que a juíza teve uma conduta "irresponsável" e "leviana". Consideram que ela agiu alheia "aos atributos da discrição, da prudência e do respeito" por "divulgar fato mentiroso e totalmente divorciado da realidade". A AMMP afirma ainda que a denúncia só foi feita após o Tribunal de Justiça afastar a juíza liminarmente por suspeição na condução de uma ação penal em mandado de segurança interposto pelo promotor Gahyva.

Confira abaixo a íntegra

NOTA DE REPÚDIO

No diário O JORNAL do dia 17.05.2007, a Sra. WANDINELMA SANTOS acusou o Dr. VINICIUS GAHYVA MARTINS, Promotor de Justiça em Tangará da Serra, de produzir escutas clandestinas em linhas telefônicas de autoridades públicas do município, dentre as quais, ela própria.
Nitidamente, a fonte da notícia caluniosa é a própria denunciante, já que o informativo contém, inclusive, a íntegra de um ofício por ela elaborado e remetido à sua associação de classe.
A AMMP - Associação Matogrossense do Ministério Público - repudia com veemência a conduta irresponsável e leviana da Sra. WANDINELMA SANTOS que, alheia aos atributos da discrição, da prudência e do respeito institucional que orienta a conduta dos magistrados, divulga fato mentiroso e totalmente divorciado da realidade.
Cumpre informar à sociedade que essa denúncia descabida só foi divulgada pela referida pessoa poucos dias depois do Tribunal de Justiça afastá-la, liminarmente, por suspeição, da condução de uma ação penal de grande repercussão na cidade de Tangará da Serra, em mandado de segurança interposto pelo Dr. VINICIUS GAHYVA MARTINS, no uso das suas atribuições.
Os Membros do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, fiéis aos princípios republicanos, jamais promoveriam qualquer interceptação telefônica sem autorização da autoridade judiciária competente e não será um factóide exibicionista que irá conspurcar a convicção do respeito incondicional que os Promotores e Procuradores de Justiça mantém pela legislação vigente.
A AMMP reafirma seu irrestrito apoio ao Promotor de Justiça insultado, disponibilizando-lhe meios para buscar a reparação cível e penal contra sua agressora.

Cuiabá, 17 de maio de 2007.

Marcelo Ferra de Carvalho
Presidente da AMMP

Ezequiel Borges de Campos
Diretor de Defesa Institucional

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Carlos Roberto de Aguiar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0






















Pátio, adversários fracos e reeleição

ze do patio 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio (foto), por mais populista, demagogo e com uma gestão avaliada pela maioria como desastrosa, caminha a passos largos para conquista de mais um mandato. Tende a vencer pela lógica do menos pior. Seus virtuais adversários são...

Pode recebe 2 já derrotados em BG

sandro saggin curtinha 400   O Podemos conseguiu juntar em Barra do Garças o grupo de dois já derrotados à prefeitura, Daltinho, que também foi deputado e em 2018 teve votação pífia na tentativa de reeleição, e Sandro Saggin (foto), um "eterno" candidato. Entregue ao ostracismo,...

Câmara de Barra devolve R$ 100 mil

joao rodrigues 400 presidente c�mara barra do gar�as   A Câmara Municipal de Barra do Garças devolveu à prefeitura R$ 100 mil para serem investidos em medidas de combate ao novo coronavírus. O presidente do Legislativo, vereador João Rodrigues de Souza, o doutor...

Auditor assume Secretaria de Controle

demilson nogueira 400   O auditor Newton Gomes Evangelista, servidor de carreira, é o novo secretário de Controle Interno da Assembleia. Ele já respondeu também pela Auditoria-Geral da Casa. Newton assumiu a Controladoria Interna no lugar do ex-prefeito de Ponte Branca, Demilson Nogueira (foto), que deixou o posto...

Cuiabá é a unica com tudo fechado

emanuel pinheiro curtinha   A pressão sobre o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) fica agora mais forte para flexibilizar logo o decreto restrito por causa do coronavírus. Ele é o único dos gestores das maiores cidades mato-grossenses que ainda mantém decisão de fechar praticamente tudo na Capital, com...

Deputado põe aliado no lugar do irmão

ronaldo taveira 400 curtinha   Coube ao próprio deputado Wilson Santos indicar um nome para o lugar do irmão Elias Santos, que na última sexta (3) deixou a secretaria de Gestão de Pessoas da Assembleia para concorrer a vereador em Cuiabá. E o ex-prefeito emplacou no cargo que rende R$ 19,9 mil mensais o velho...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.