Últimas

Terça-Feira, 11 de Dezembro de 2007, 09h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CONFRONTO

PT intima bancada e pode barrar nomes ao TCE

  Alexandre pede para Executiva se opôr ao nome de Bosaipo; partido só aceita se incluir também Waldir Teis

 Uma sugestão apresentada pelo deputado Alexandre Cesar à direção estadual do PT, em reunião nesta segunda à noite, acabou gerando uma das maiores reviravoltas e que podem estremecer até a relação do partido com o governo Blairo Maggi, de quem Cesar é vice-líder na Assembléia. Ele propôs que a Executiva do PT se posicionasse oficialmente contra a indicação do nome do deputado Humberto Bosaipo (DEM) para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Entende que Bosaipo foi denunciado pelo PT, na época em que o próprio Alexandre presidia o diretório estadual e defende que essa posição seja fortalecida agora, mas em nome do partido e não da bancada, composta hoje por Alexandre e Ademir Brunetto.

    Já quanto ao nome do secretário de Fazenda, Waldir Teis, outro que também será sabatinado nesta quarta para ocupar o mesmo posto, Alexandre Cesar não se opôs. A maioria dos membros da Executivo não aceitou que apenas Bosaipo fosse para a "degola", mas também o secretário de Maggi. Alexandre acabou ficando numa saia-justa.

    Sob a presidência de Zelandes Santiago, já que a dirigente Serys Marly estava em Brasília, a Executiva não chegou a um acordo após mais de três horas de reunião, que começou às 18h. Só estavam ausentes, além da senadora Serys, o deputado Brunetto, a ex-deputada Vera Araújo e o vereador por Porto Espiridião, José Roberto.

    Como não houve acordo, a Executiva convocou os seus dois deputados estaduais (Alexandre e Brunetto) para uma nova reunião nesta terça, a partir das 13h. A discussão agora é se o PT vai se opôr apenas à indicação de Bosaipo ou se também vai se posicionar contrário ao nome de Teis para a cadeira vitalícia no TCE. Alexandre se mostra preocupado.

(Atualização às 13h45) - A Executiva Regional do PT propõe daqui a pouco, em uma reunião com a bancada, que tanto Ademir Brunetto quanto Alexandre Cesar votem conforme suas consciências as indicações de Bosaipo e Teis para o TCE. Tudo indica que Alexandre votará contra o nome de Bosaipo, mas não se oporá à indicação do secretário Waldir Teis. Já Brunetto, tende a avalizar os dois.

(Atualização às 15h25) - Executiva do PT libera bancada

    Por 5 a 4, a Executiva Regional do PT decidiu que os deputados Alexandre Cesar e Ademir Brunetto estão livres para a votação nas sabatinas de Bosaipo e Teis, com vistas às cadeiras de conselheiros do TCE. A reunião foi marcada por um clima tenso. Cesar chegou a propor o voto contra a indicação dos dois, enquanto Brunetto defendeu a liberação da bancada. Por fim, prevaleceu a tese de Brunetto, que se junto à maioria dos integrantes da Executiva. Alexandre deixou a reunião visivelmente irritado. Agora, é aguardar para saber como será o comportamento dos parlamentares petistas na sessão desta quarta (12) da AL.

(Às 19h05) - Alexandre é contra Teis e Bosaipo

   Dos 17 membros da Executiva Regional do PT, 9 estiveram presentes na reunião desta terça, o suficiente para garantir quórum. O placar de 5 a 4 favorável à liberação da bancada na Assembléia para votar as indicações de Bosaipo e Teis trouxe alguns fatos curiosos. O deputado Alexandre Cesar, por exemplo, votou contra as indicações dos dois, mesmo na condição de vice-líder do governo Maggi na Assembléia. Essa postura do petista contraria o seu governador, que vem batendo duro para emplacar Teis como conselheiro.

   Na reunião do PT, acompanharam a tese de Alexandre o seu assessor Paulo Xavier, o Paulão, Nelson Borges e Silbene Santana. Já entre os cinco que votaram para liberar a bancada estão a vereadora por Cuiabá, Enelinda Scala, e o presidente eleito do PT da Capital, Vilson Aguiar.

  O mais intrigante é que Alexandre, em reunião depois, no Colégio de Líderes na Assembléia, garantiu que não havia votado contra, tudo para tentar contornar a crise que ele próprio criou com o governador Maggi e com a base aliada na AL.

Veja o placar sobre indicações de Bosaipo e Teis para TCE
Posição de liberar a bancada na AL - 5 votos
- Vilson Aguiar
- Regina Borela
- Juscileide Rondon
- Zelandes Santiago
- Enelinda Scala

Contra indicações de Bosaipo e Teis para TCE - 4 votos
- Alexandre Cesar
- Silbene Santana
- Paulo Xavier, o Paulão
- Nelson Borges

Postar um novo comentário

Comentários (22)

  • Ademar Adams | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Enelinda e Juscileide, nas quais já votei em eleições passadas, estão devendo exclarecimentos por esse voto de liberar a bancada. Com a palavra...

  • Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa disputa vai longe

  • hemerson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quanta ignorância!!!
    Eu que sou leigo, sei que a função do deputado é defender os interesses do povo do seu estado e não ser um seviçal do governador do Estado, é lamentavel que ainda temos políticos e cidadãos que pensam que os poderes que regem a nossa Nação tenham que trabalhar atrelados por trocas de favores e artimanhas politiqueiras. O Governador é somente chefe do seu Secretariado, e tem que governar para todos e não para uma região somente do Estado.O triste é deputados querendo ser oposição para pegar alguma vaga no escalão do Executivo, ou quanto, trabalham somente em intereses particulares.
    Será que é tão dificil ler um livrinho de Teoria Geral do Estado, ou será eu que estou completamente enganado????

  • MARCIA CAMPOS LISBOA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ALEXANDRE,VOCÊ AGIU MUITO CORRETAMENTE.O PT TEM ORGULHO DE TER UM PARLAMENTAR COMO VOCÊ.PARABENS POR SUA ATUAÇÃO NO PARLAMENTO

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se tiverem só um poquinho de bom senso votam contra, agora vamos ver quem é quem, este vai ser mais um dos escândalos da AL-MT contribuindo efetivamente com a corrpção, será que o Governador em exercicio vai também dar sua contribuição?

  • DEDO DUROd | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esta oposição do deputado Alexandre Cesar é só pra "ingles ver"

  • Rafael Damian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pelo menos um fazendo algo decente.

    Qualquer tongó com um pouco de vergonha na cara sabe que nem de longe bosaipinho pode entrar no tribunal de faz de contas, se não...

    Um viva.

  • Paola Fabiana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Como é que pode uma pessoa que enfrenta vários processos na Justiça por supostos atos de improbidade administrativa, agora ser conselheiro do TCE? Se eu não sou probo (homem de caráter, íntegro, honesto, honrado, reto e justo), não posso passar na sabatina da moral. Porque se os deputados derem nota 7 e aprovarem o aluno na prova estarão assinando um atestado de burrice, ou eles acham que o eleitor aqui não sabe discernir o certo do errado? Se esse aluno passar na sabatina é porque todos são coniventes com as "SUPOSTAS" compras de langerie.

  • Leocadio Melo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A nomeação de Bosaipo para o Tribunal de Contas é uma afronta a população do Mato Grosso. Um desrespeito total com aqueles que labutam diariamente para construir esse Estado.

    Não posso afirmar que Bosaipo é culpado das acusações que pesam contra ele. Se o fizesse estaria sendo leviano. Mas a verdade é que as acusações existem e, enquanto tudo não for esclarecido, ele não deveria sequer ser deputado, que dirá conselheiro do TC.

    Situações como esta me faz ser, a cada dia, mais descrente da classe política. Mato Grosso precisa ser passado a limpo, Bosaipo é só um entre tantos que existem nesse Estado com condutas duvidosas.

    E esses tantos estão em todas as esferas, principalmente no judiciário.

    É lamentável!

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.