Últimas

Quinta-Feira, 14 de Junho de 2007, 20h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

CUIABÁ

PT pede nesta 6ª cassação do vereador Lutero

    A executiva do PT de Cuiabá protocola nesta sexta (15), às 10h, pedido de cassação do mandato do vereador Lutero Ponce (PP), presidente da Câmara Municipal. A proposta foi aprovada nesta quinta à noite por unanimidade dos 11 membros da executiva presentes.

    Os petistas alegam que Lutero cometeu quebra de decoro parlamentar enquanto ocupou o cargo de primeiro-secretário da Mesa Diretora no período em que Chica Nunes (PSDB) foi presidente. Hoje na cadeira de deputada estadual, Chica presidiu a Câmara de 2005 a 2006. Nessa gestão, Lutero foi ordenador de despesas. Desde janeiro deste ano, o progressista preside a Câmara, que controla um duodécimo mensal de R$ 1,6 milhão.

      Entre as supostas irregularidades, inclusive já sob investigação do Ministério Público, estão notas frias e compras com valores superfaturados. Na reunião desta quinta à noite, os petistas expuseram o caso de uma compra superfaturada de 22 mil canetas em nome da Câmara Municipal, que tem 19 vereadores e menos de 600 servidores.

    Presenças

    A reunião da executiva foi presidida por Jairo Rocha. Também participaram das discussões e deram aval ao pedido de cassação do mandato de Lutero os petistas Arilson da Silva, Elisvaldo da Silva, o Bobe, a vereadora Enelinda Scala, Lúcia Maier, Oséas Machado, Marina Moraes, Valdemir Pascoal, Juscelino Barcelos, Conceição Sobrinho e Salvador Flávio. Dois estiveram ausentes. Maria Luíza, por exemplo, alegou que teve outro compromisso, o que impediu a sua presença na reunião.

     Lutero Ponce não foi localizado para comentar a decisão da executiva do PT. Em entrevistas anteriores, ele argumentou que não tem responsabiliza por atos cometidos pela então presidente Chica Nunes, mesmo na condição de primeiro-secretário. Observa que as medidas administrativas são centralizadas na presidência. Tem enfatizado também que, assim que assumiu o comando do legislativo cuiabano, determinou abertura de sindicância.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • alonso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FORA LUTERO !!
    ACABAR COM PESCARIA NOS DIAS DE SEÇÕES !!

DEM "esconde" candidatos a vereador

beto 2 a 1 400 curtinha   O presidente do DEM em Cuiabá, Beto 2 a 1 (foto), secretário estadual de Governo, faz mistério sobre a chapa que está sendo montada para concorrer a vagas na Câmara de Cuiabá. Não esconde apenas o nome do vereador Marcelo Bussiki que, em março, deixa o PSB aproveitando...

Fávero e peso político em novo partido

silvio favero 400   A definição pelo presidente Jair Bolsonaro para que Silvio Fávero conduza a Comissão Provisória em MT da Aliança pelo Brasil, partido que só será criado oficialmente no próximo ano ou em 2021, representa peso político importante para o deputado de primeiro...

Prefeito estoura limite e TCE faz vetos

francis maris 400 curtinha   No sétimo e penúltimo ano de mandato, o prefeito cacerense Francis Maris (foto) segue na mesma toada, de que a administração precisa continuar "enxugando" a máquina, embora já tenha conseguido o equilíbrio fiscal e que quem o suceder receberá uma gestão...

Vice muda de partido e vai a prefeito

leandro felix 400 curtinha   O vice-prefeito de Nova Mutum e primeiro-suplente de deputado estadual, Leandro Félix (foto), pretende deixar o DC. Deve se filiar no Podemos ou no PRB. Vai depender da orientação política dos irmãos Adriano (Podemos) e Otaviano Pivetta (PDT), respectivamente, prefeito de Mutum e...

Câmara só regulamenta salário de EP

misael partido 400 curtinha   Ao fixar o salário do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro em R$ 27 mil, a Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto) não aumenta o subsídio de Emanuel de imediato, mas sim regulamenta o valor que já era pago desde dezembro de 2018. O imbróglio começou...

R$ 71 mi já estão reservados para 13º

rogerio gallo 400 curtinha   Após os primeiros meses de "choradeira", pintando cenário do caos financeiro e administrativo, o governo estadual consegue, pela primeira vez neste 2019, fechar o mês com recurso provisionado para pagar o 13º dos cerca de 100 mil servidores. O secretário de Fazenda, Rogerio Gallo (foto),...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.