Últimas

Terça-Feira, 19 de Dezembro de 2006, 05h:13 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Quanto custa um deputado?

        A jornalista Cristiana Lôbo, em artigo no Portal da Globo desta terça (19), discorre sobre a polêmica do reajuste de 91% autoconcedido pelos congressistas. Ela lembra que os parlamentares têm direito a uma série de outros benefícios financeiros.

Confira a íntegra abaixo

         Quanto gasta o seu deputado?


        Estamos em meio a enorme polêmica por conta do aumento de 91% autoconcedido pelos deputados e senadores que, assim, passarão a ganhar (se não houver recuo) R$ 24 mil por mês. Além disso, eles têm direito, também, a R$ 180 mil por ano ou R% 15 mil por mês relativo ao que foi batizado de "verba indenizatória". Esse dinheiro é repassado ao deputado depois de ele fazer despesas de aluguel de escritório, alimentação (qualquer restaurante), combustível e etc... supostamente, para bem desempenhar seu mandato no Estado. Como é ressarcimento de despesa, não há pagamento de imposto de renda sobre o valor gasto.

        Essa "verba indenizatória" representa, portanto, mais do que o aumento que suas excelências se autoconcederam nesta véspera de Natal. Mas nenhum deles, nem o trio que vai ao Supremo Tribunal Federal para questionar o aumento dos salários, quer deixar de ter acesso a tal verba indenizatória. É bom ressaltar: tanto pode ser usada pelo deputado honesto, que presta conta de seus mandatos, quanto por alguém que utilize notas frias para prestar contas e ser ressarcido.

         Então, para saber como o seu parlamentar usa os recursos da "verba indenizatória" para bem exercer o mandato, você pode acessar www.camara.gov.br e, depois disso, à esquerda da tela, clicar na palavra transparência. Depois disso, aparece no meio da tela "consulta de utilização de verba indenizatória", clique ali e será aberto espaço para você digitar o nome de seu deputado e saber quanto e como ele gastou esse dinheiro.

           Faça isso, e depois comente. Faça também os cálculos sobre o consumo de combustível de cada parlamentar, lembrando que ele permanece, ou deveria permanecer em Brasília durante a semana, mas dê o desconto, retirando as segundas e sextas-feiras. Parece que alguns deputados vão para seus Estados, entram em um carro e passam dias seguidos "visitando as bases". Vale a pena ver.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Recuo do DEM e agora no Republicano

gabriel guilherme 400 curtinha   O DEM terá de excluir da lista de pré-candidatos a vereador pela Capital o nome do jovem Gabriel Guilherme (foto), de 22 anos. Ele optou por se filiar ao Republicano. Lotado na Assembleia como assistente da Secretaria de Orçamento e Finanças e filho do ortopedista Paulo Fonseca...

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.