Últimas

Sábado, 15 de Dezembro de 2007, 08h:21 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

Artigo

Quase uma patuscada

     O Brasil dos últimos anos parece ter se transformado no país da farra, da pilhéria amarga, da transgressão impune, do descumprimento das mais primárias leis de civilidade e do desprezo arrogante de um expressivo número de dirigentes daqui, de lá e de acolá para com a sociedade ao manipularem informações e estatísticas, realidades e utopias que só existem nos devaneios de quem não pode estar longe do poder.
     As transmissões das sessões do legislativo nacional nos enchem de tristeza. Na Câmara Baixa mais de quinhentos representantes em completo alarido defendendo nada e coisa nenhuma no mais das vezes. Parecem atores encenando para as câmaras de televisão um novo capítulo de algum folhetim novelesco. A Câmara Alta segue pelo mesmo viés, com discussões quase sempre histriônicas. Farto exemplo pode ser visto durante a sessão que pôs fim a CPMF: uma encenação de vaidades e interesses pessoais.
     O parlamento nacional dá a impressão de que não conhece o lado do Brasil que precisa, de forma muito célere, programar e executar  ações sob pena de se ver em frente a vários caos num período muito curto de tempo. A duplicação e a recuperação de estradas estranguladas por uma quantidade sem precedente de veículos é alguma coisa premente eis que as condições precárias de fluxo e pavimentação são promotoras das incontáveis mortes que têm ocorrido nos últimos anos ceifando prematuramente a vida de brasileiros. Estradas de ferro e navegabilidade em rios que outrora singravam progresso é outro viés a ser percorrido pelo ministério competente. Aliás, uma boa enxugada de ministérios e secretarias inexpressivas faria muito bem ao equilíbrio financeiro da nação.      Competência não se mede por quantidade, mas por qualidade de gestão. Um governo sério restringe seus gabinetes e impõe mecanismos de alta tecnologia e eficácia. Diminui o tamanho do Estado na área burocrática para aumentá-lo na área social especialmente quando o país ainda precisa avançar rumo ao desenvolvimento de ponta.
     A CPMF foi sepultada pela força de seus criadores. Vigeu tempo demais além de ter sido desviada de seu fim em metade de sua arrecadação.  Se ao longo dos anos tivesse havido transparência das aplicações com informações exatas e de fácil acesso à população talvez ainda estivesse viva.
Com quarenta bilhões a menos no caixa, o governo terá de demonstrar como fazer mais com menos. Esse é o difícil papel dos homens públicos que se apresentam ao crivo da população para gerir a vida em sociedade: ter excelência e dignidade para fazer o que deve ser feito em ordem de prioridade. E assim resgatar a honra da nação que anda tão vilipendiada.

Sandra Silva é sociologa, jornalista e acadêmica de Direito e reside em Alegrete (RS)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Entrando na briga à AMM muito tarde

maurao curtinha 400   Mauro Rosa, o Maurão (foto), que está encerrando o segundo mandato como prefeito de Água Boa, é o único candidato no duelo com Neurilan Fraga, que busca mais um mandato no comando da AMM, entidade que representa as prefeituras mato-grossenses. O problema é que Maurão entrou...

Com Paccola, Câmara terá polêmicas

paccola 400 curtinha   O vereador eleito pela Capital, tenente-coronel PM Marcos Eduardo Ticianel Paccola (foto), do Cidadania, promete levar muitas polêmicas para os embates que pretende travar no Legislativo. Ele é daqueles sem papas na língua. Defende, por exemplo, que a população tenha direito de se armar. Em...

Esposa de deputado na 2ª suplência

maria avalone 400   Não foi só o deputado estadual Wilson Santos que frustrou-se na tentativa de eleger membro da família à cadeira de vereador. O também parlamentar Carlos Avalone, presidente regional do PSDB, apostou todas as fichas na esposa Maria Avalone. Mas ela só chegou à...

Neurilan e apoio de Botelho à AMM

eduardo botelho 400 curtinha   Em busca de apoio de lideranças políticas para permanecer no comando da AMM por mais três anos, Neurilan Fraga foi pedir socorro para o presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho (foto). Quer que o parlamentar seja o presidente de honra de sua chapa. Neurilan tem se articulado como pode e,...

Candidato irritado chama EP de traste

abilio junior 400 curtinha   Abílio Júnior (foto), candidato do Podemos ao Palácio Alencastro, tem se mostrado mais irritado depois do debate promovido pela Fecomércio, na quarta à noite, quando, em vários momentos, se viu questionado e desqualificado pelo prefeito e candidato à...

Prefeito reeleito sob investigações

ze do patio 400 curtinha   A situação jurídica do prefeito populista e desgastado Zé do Pátio (foto), que acaba de ser reeleito para o terceiro mandato em Rondonópolis, sendo o segundo consecutivo, não é das melhores. Contra sua gestão tem pipocado denúncias sobre...