Últimas

Quinta-Feira, 04 de Janeiro de 2007, 06h:48 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Que ninguém nos roube...

    O professor e diretor-executivo da Funec, Sérgio Cintra, conta, em artigo abaixo, como imagina o mundo em duas ou três décadas.

   Confira.

    Que ninguém nos roube o pouco que fizemos. Que ninguém diga que não estivemos lá.Que possamos, sem medo de contar, dizer aos nossos filhos e netos que não nos escondemos, que não fechamos os olhos e calamos a boca quando o sinal fechou. Que nos seja permitido contar e cantar nossas tristes e derrotadas memórias para que o tempo, ao menos o tempo, nos honre. Não que queiramos medalhas; todavia, que nos dêem o direito de reviver nossas lutas inglórias. Se não as ganhamos, pelo menos as lutamos.

     Que a aurora que brota no horizonte renove, em seu vermelho, nossa disposição para novas lutas. Que não nos conformemos nunca e que nossas bocas jamais percam a capacidade de gritar. Que não feneça o sonho de uma sociedade justa, mesmo que não tenhamos o privilégio de nela vivermos. Que a injustiça, a inveja e o ódio não façam morada em nossos corações. Que não habite em nós a mediocridade, mas que nossos olhos olhem como se sonhássemos sempre.

     Assim eu imagino o mundo em duas ou três décadas: com mais árvores e menos desmatamentos; com mais rios despoluídos e menos devastação; com muita paz e sem violência; sem força do dinheiro e que a solidariedade nasça com as crianças; que palavras como analfabetismo, preconceito, desnutrição, corrupção, fome, racismo, miséria e desigualdade estejam condenadas ao silêncio dos dicionários. Que todos possam andar de cabeças erguidas e as mesas sejam fartas por igual.

    Impossível que a impassibilidade e a indiferença ainda continuem a ter abrigo no coração humano. É necessário que façamos dias mais completos para todos. A sociedade nova virá através das nossas ações, por pequenas que sejam; todavia constantes. Que os sonhadores que ainda restam se transformem em arautos das verdades negadas pelos poderosos e opressores. Que possamos usar a liberdade conquistada na luta contra as baionetas e calabouços para suplantarmos as mentiras, as demagogias e a tirania do capital.

    E que ninguém nos roube a capacidade de nos indignarmos e que continuemos doces e singelos como as criancinhas porque, como nos ensinaram Leon Gieco e Raul Elwanger nas vozes de Mercedes e Beth Carvalho: “Eu só peço a Deus que a dor não me seja indiferente, que a morte não me encontre um dia solitário sem ter feito o que eu queria. Eu só peço a Deus Que a injustiça não me seja indiferente, pois não posso dar a outra face se já fui machucado brutalmente. Eu só peço a Deus que a guerra não me seja indiferente, é um monstro grande e pisa forte toda pobre inocência desta gente. Eu só peço a Deus que a mentira não me seja indiferente, se um só traidor tem mais poder que um povo; que este povo não esqueça facilmente. Eu só peço a Deus Que o futuro não me seja indiferente, sem ter que fugir desenganado pra viver uma cultura diferente.”

     Sérgio Cintra é professor e diretor executivo da FUNEC (sergiocintra@terra.com.br)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Jornalistas lançam 1º Anuário Jurídico

antonielle_curtinhas   O site Ponto na Curva e o Animus Centro Empresarial lançam em maio o primeiro Anuário Jurídico de Mato Grosso. A publicação, que é inédita no Estado, é conduzida pelas jornalistas e advogadas Antonielle Costa (foto) e Débora Pinho. A ideia é dar destaque a...

Ao Senado e com apoio de Bolsonaro

jose medeiros 400 curtinha   Com o apoio garantido por Bolsonaro, José Medeiros dá um passo largo rumo ao Senado, já nesta fase de pré-campanha. Entusiasmado, ele marcou a convenção do Podemos para 12 de março. De um lado, o ex-senador e hoje federal entra no rol dos mais cotados por causa do peso do...

EP, macumba e pedido de desculpa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) admite ter sido infeliz ao usar o termo macumba quando se referiu à atuação e torcida de vereadores da oposição para seu governo não conseguir empréstimo de US$ 115 milhões para fazer investimentos. E citou que um deles teria feito...

Apoio entre opositores é pura falsidade

diego guimaraes 400 curtinha   O tão propagado apoio político recíproco entre os vereadores de oposição em Cuiabá, principalmente em relação ao futuro cassado Abílio Júnior, não é verdadeiro. Todos são concorrentes entre si. Tentam viabilizar suas...

Joaninha se afasta da Câmara de Sinop

joaninha 400 sinop vereador curtinha   O vereador por Sinop Joaninha (MDB), conforme a coluna Curtinhas adiantou, se licenciou do cargo por 60 dias para se recuperar do acidente que sofreu durante manobra na Competição Duelo de Motos, em Atibaia (SP). Enquanto isso, o suplente Mauro Garcia (MDB), ex-secretário de...

Manifestação de apoio deles para ele

elizeu nascimento 400 curtinha   Mesmo com o apoio dos deputados Elizeu Nascimento (foto), Xuxu Dalmolin e Ulysses Moraes que levaram até assessores, em pleno horário de expediente, a manifestação pró-Abílio na Câmara de Cuiabá foi considerada fraca. Investigado por quebra de decoro...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.