Últimas

Quinta-Feira, 20 de Dezembro de 2007, 13h:20 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CONVENÇÃO DO PR

Rabello comemora resultado e dispara críticas

Walter Rabello (PP), líder na corrida a prefeito de Cuiabá  O deputado Walter Rabello (PP), líder na pesquisa de intenções de voto para prefeito de Cuiabá, com índices que oscilam  entre 29% e 31% - clique aqui e leia mais -, disse que o resultado favorável a sua pré-candidatura se deve "a serviços prestados" e, já aproveita para disparar críticas a um de seus principais adversários, o prefeito Wilson Santos (PSDB), para quem faz promessas e não as cumpre. "O problema do Wilson é sua teimosia em pensar que é o dono da verdade. Com essa ação, ele (Santos) está prejudicando toda a Cuiabá", critica, ao avaliar o motivo da queda do prefeito, conforme mostrou a pesquisa Mark. O tucano, que aparecia em segundo lugar na amostragem feita em outubro deste ano, agora figura em terceiro, atrás de Sérgio Ricardo (PR).

   Rabello sugere que Santos repense sua administração. "A queda do prefeito na pesquisa servirá para fazer uma avaliação, porque se ele (Wilson) está errado é sinal de que Cuiabá também não vai bem", enfatiza. Explica que em sua proposta de campanha em 2004, Santos prometeu que diminuiria a tarifa do transporte coletivo. "Essa pesquisa mostra que o povo não esquece disso, já que ao invés de diminuir, aumentou o valor da passagem durante sua gestão".

   O pré-candidato do PP ao Palácio Alencastro critica ainda o fato do prefeito dizer que sua prioridade é pagar o salário dos servidores em dia. "Não atrasar salário é uma obrigação dele, porém, ele (Santos) usa isso como se fosse uma grande obra". Quanto ao resultado da pesquisa que, o aponta na liderança, Rabello enfatiza que, "isso se deve ao reconhecimento dos serviços prestados". "É uma demonstração de que as nossas ações estão surtindo efeito", diz o progressista, que, com seu estilo populista e numa linha assistencialista, vem tirando proveito em busca da popularidade em seu programa Olho Vivo, da TV Cidade Verde (afiliada do SBT).

    Já sobre o seu índice de rejeição de 13,6% - veja aqui -, Rabello argumenta que isso é resultado da falta de propostas ainda não apresentadas à sociedade. "Não podemos mostrar nada agora, porque ainda não estamos em época de campanha, mas acho que é possível reverter esse quadro (sobre desgaste)". Rabello aposta ainda no crescimento do seu nome nas pesquisas de olho nos eleitores ainda indecisos. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • emerson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    para criticar qem esta no governo e facil, quero ver se ele(valter r) for eleito fazer o que ele faz atraves da midia usando o povo

  • ANTONIO CARLOS DE OLIVEIRA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com certeza o walter sera a ultima pessoa que eu fotaria, isso se eu não anulase o voto ou votase em branco, fotar em walter rabelo e jogar o voto no lixo, mas como voto e a unica arma que tenho e melhor usala contra ele, não vejo politica assistencialista como solução dos nossos problemas, tirar proveito da fragilidade que um ser humano e covardia, eu acho que politica e coisa seria e não cabe pessoas com esse perfíl. esse e meu comentario?

  • SIDNEY G DE QUEIROZ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUEM VIVER VERA QUE ESTE WALTER SO SABER ATIRA PEDRA EU QUERO VER QUANDO ELE SER PREFEITO SE ELE VAI ABAIXAR O PREÇO DO ONIBUS, SE VAI CONTRUIR CASAS PARA TODOS E CLITICA DE GENTE QUE SO PESSA EM PODER MAS O POVO VAI REFRETIR VAI CHEGA HORA CERTA ,QUEM ESTIVER VIVO VERAS QUEM E O WALTER......

  • LUIS CLAUDIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSE WALTER RABELO, É A VERSÃO II DO SR. LINO ROSSI. NA VERDADE, ELE É TÃO PARECIDO, QUE FOI ATÉ PARA O PARTIDO DO LINO ROSSI, O PP. ABRE FORA DESSE HOMEM QUE NUNCA ADMINISTROU NEM UM BUTECO, E QUE ADMINISTRAR UMA CAPITAL, MAS O POVO É INTELIGENTE NÃO VAI DEIXAR CUIABA CAIR NAS MÃOS DESSE DEMAGOGO...

  • fernando botelho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    a mascara desse demagogo, cai com a maior facilidade, ele ja comeu a isca.......e muito fraco..
    Cuiaba e um mar de porblemas e não e ele quem vai resoulver, povo que não gosta de pagar impostos, e não tem respeito pela cidade......

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...