Últimas

Quarta-Feira, 30 de Julho de 2008, 14h:53 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

VARIEDADES

Rabello diz que suas economias estão acabando

   O ex-deputado e cantor, Walter Rabello (PP), candidato à sucessão em Cuiabá, disse, por meio de assessoria, que 15 pessoas ficaram desempregadas por causa da decisão judicial que o impediu de fazer shows artísticos durante a campanha eleitoral. Ele reclama ainda que o dinheiro que havia economizado já está acabando e, por isso, precisa continuar trabalhando, nesse caso como cantor. “Felizmente sempre fui um trabalhador na minha área da comunicação e consegui  ter guardada alguma economia, mas já está acabando".

   Cada show da dupla Walter Rabello & Odair Júnior custa em média R$ 4 mil. Desse modo, segundo o empresário da banda, Ricardo Antônio Novaes, 10 dias de proibição acarreta um prejuízo de cerca de R$ 16 mil. Por causa disso, Rabello também saiu em defesa dos outros músicos que o acompanham durante as apresentações, inclusive do seu parceiro Odair Júnior, que forma a dupla com o progressista. "Agora a pergunta que faço é: e os demais membros da banda? E o meu parceiro Odair? E as famílias dessas pessoas como vão ficar?”, questiona.

   Já Odair afirma que o aluguel da casa onde mora está vencendo e ele (Odair) não tem  dinheiro para pagar já que os shows foram proibidos. “Tenho três crianças para criar e um esposa que é dona-de-casa e elas só  dependem de mim e que só dependo da música para sustentar minha família e com essa decisão  está colocando em risco nossa estabilidade e a integridade”. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (21)

  • antonio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    isso tudo só tem um único culpado: valter rabello que não pensou nas pessoas que dependem dele para sobreviverem,e se dedicou ao seu sonho egoista de ser prefeito,isso é problema particular dele e de seus amigos como vão sobreviver,assim como foi no caso do franck aguiar,agora se acha que vai impossibilitar a sobrevivencia de muitas pessoas desista da candidatura ou pare de chorar ,está ficando chata essa choradeira sem razão porque ninguém está preocupado com problema deles porque cada um com seus problemas.

  • carlos eduardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro walter, candidatura é para quem possui no mínimo meios de sobrevivência pessoal para o período de campanha, se não, dar no que deu a do pres. collor, com as arrecadações do pc farias. quem não tem dinheiro para sobreviver não candidata, apenas vota. quanto aos 15 desempregados, arrume colocações para os mesmo nos bares noturnos de música ao vivo, peça para o jaime ou riva apadrinharem com as indicações.

  • MARIO DA COPHAMIL | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Coitado da dupla, vamos fazer uma campanha, para nao acontecer com esse tal de odair, sendo penalizado, por causa da justica, como esse tal de Walter Rabelo, gosta de contestar a justiça, eh esse sujeito esta se achando acima do bem e do mal, e possa de santo.

  • felix | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tenho uma solução. Peça ao Deputado Riva pra colocar estas pessoas em algum cargo comissionado da ALMT, a mãe do povo de Mato-Grosso. Afinal o deputado Riva já emprega toda sua familia lá mesmo, esposa, sobrinho, filho, genro. Mais quinze não tem problema.

  • Cristiano Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa estratégia de marketing do valter não me engana fica dando de coitado,todo mundo sabe que o riva banca ele e o mensalinho nao deve ser barato

  • carlos martins de oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Qta choradeira, os homens não cantam nada. odair, no brasil ném todos que enfrentam o bancão da faculdade tem emprego garantido, oxalá músico amador como vc e o dublador de cantor walter. vc deve sim é cobrar do pp do riva, cache de cabo eleitoral para mentir pela cria dele.
    Conselho, vá trabalhar noutro lugar como os verdadeiros músicos profissionais de cuiabá. se esta pensando em arrumar uma boquinha na prefeitura, esquece, wilsom não da trabalho para quem não trabalha de verdade.

  • alessandra nogueira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    valter..me poupe ....será que o tão nobre de.Riva não conseguiria encaixar mais 15 no gabinete dele..achoque consegue sim, até pq ele efetivou gente na assembleia que pelo visto começou trabalhar com 5 anos de idade...eu trabalhei la dentro, tinha tempo de serviçode outros órgãos e ele indeferiu minha efetivação em compensação efetivou gente que nem certidão detempo de serviço tinha...politicos.arghhhhhhhhhhhhhhhhhhh.....chora pro Riva valter e quem sabe o Jayme ajuda tambem..tem gente dele no senado mais que nao sai de cuiaba.....

  • sergio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    tô morrendo de dó, o Sr. seu Walter Rabello deve doar seu salario de deputado, para essas pessoas....Ih me esqueci você tá C A S S A D O.

  • Jeovaldo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não sei não, pra mim esta cheirando a golpe, se ele desistir da campanha agora, com essa choradeira, ninguem vai achar falta, ai tem e das grande, já pensou se ele vende a sua campanha digamos assim por 12 milhões, paga as dividas com 6 milhões e fica com o resto......huuummmmmm, quem dá mais, oi o golpe ai gente.....ele acha que somos bobo. Nesse mato tem lebre, pois o coelho já fugiu......Fui .... longe de mim ser maldoso.

  • ANA ALICE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SE TODOS ESTÃO REGISTRADOS E OS IMPOSTOS PREVIDENCÁRIOS TRABALHISTAS RECOLHIDOS NA FORMA DA LEI - DEMITA TODOS POIS ELES TEM DIREITO AO SALÁRIO DESEMPREGO ( É O MAIS JUSTO )

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

MAIS LIDAS