Últimas

Sexta-Feira, 13 de Março de 2009, 17h:38 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

INVESTIGAÇÃO

Ralf nega ter comprado votos e se diz vítima de perseguição

   O vereador Ralf Leite (PRTB) negou nesta sexta (12) ter comprado votos durante a campanha eleitoral de 2008 e se diz vítima de perseguição. As afirmações foram feitas ao juiz da 37ª Zona Eleitoral,  Rondon Bassil Dower Filho, na primeira audiência que apura possível compra de votos. As oitivas ainda não terminaram. Seis testemunhas foram ouvidas nesta sexta. Em seu depoimento, Ralf Leite acusou o promotor Marcos Machado, de ter "armado" contra ele. Segundo o parlamentar, Machado possui uma richa antiga com o seu pai, ex-presidente do PRTB, coronel Edson Leite. O parlamentar contou que seu pai presidia a Caixa de Pecúlio da Polícia Militar e diriga o Hospital Militar. Nesta época Machado teria pedido um contrato de comodato ao coronel. Como não teve êxito passou a persegui-lo politicamente. A briga entre os dois teria se extendido a ele.

   Pouco antes da audiência começar, os advogados de Ralf tentaram uma manobra jurídica para adiar a oitiva. Eles alegaram que haviam duas denúncias contra seu cliente e a ação foi transformada em apenas uma. O magistrado da 37ª Zona Eleitoral entendeu que não haviam motivos para adiar a audiência e iniciou o interrogatório. Nesta sexta, o peerretebista deveria ser ouvido também na sindicância aberta pela Polícia Militar. O comando da PM investiga se houve  extorsão por parte de PMs envolvidos no caso "Ralf Leite". O parlamentar foi detido enquanto praticava ato libidinoso com um menor travesti de 17 anos. Ele teria utilizado da prerrogativa de ser vereador para ameaçar os PMs e, por isso, responde a processo por quebra de decoro parlamentar. Apesar do vereador sustentar que foi vítima de extorsão, não compareceu para prestar depoimento em nenhuma das três vezes que foi convocado - saiba aqui.  Os advogados de Ralf conseguiram protelar a decisão da Comissão de Ética da Câmara que apura se houve ou não quebra de decoro parlamentar. Requisitaram provas, novas audiências e assim ganharam tempo. O relatório final deve ser levado à plenário somente no final do mês. (Patrícia Sanches)

---------------------------------------------------------------------------------------- 

Clique no play e veja mais em reportagem da TVCA

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O vereador Ralf leite,em sua defesa só falta alegar perseguição do além.Vereador o senhor só pode está passando por algum tipo de disturbio ao acusar o promotor Marcos Machado pois como homem publico possui uma biografia ilibada por sua conduta ética e moral,quanto a do senhor cada vez que abre a boca enterra ela mais um pouco no esgoto.

  • rodolpho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É claro que ao ser interrogado pela justiça o cara vai falar que não comprou voto, mais basta ir naqueles bairros onde o vereador teve expressiva votação, a justiça tem que por pessoas nestes bairros e fazer uma inquete para saber se alguem conhecia o Ralf Leite ou só conheceu nesta eleição já que alguns moradores cobravão 200,00 reais pela colocação dos mesmos e por incrivel que pareça as quadra inteira da bairro Cohab Velha estava repleto de banner de Ralf Leite, mais cá pra nós quem é que foi eleito sem a maldita compra de votos, os miseraveis desempregados só aparece na campanha e se vende sem o maior escrupulo outros se faz de cabra eleitoral para tentar iludir a justiça, e é por isso que cuiabá tem a pior camara do Brasil e só bandidagem as pessoas se candidatam e compra voto porque sabe que vai recuperar o que gastou, não existe oposição na camara já que os vereadores que usam a taja de oposição tem cargos na Prefeitura, por isso que toda mensagens que são encaminhada para Camara para prejudicar os servidores é votada facilmente e infelizmente o Servidor na maioria dos 12 que permaneceram na camara, a Prefeitura é um entre e sai de vereadores buscando cargos para os seus aliados com aquele jeitinho brasileiro a gente vota um sim um não e não vai prejudicar a administração mais tem um jeitinho de enganar o povinho.

  • RUI SANTANA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ate parece verdade do ver Ralf leite que ele e um santo e teve estes votos todos,porque ele e uma pessoa muito conhecida desta cidade,e mais e muto prestatativo com a populaçao cuiabana, toma vergonha na cara ver Ralf leite vai mentir pra outro,voce acha que este juizo,que e muito serio vai acreditar que voce nao fez compra de votos ,voce pode ter certeza que voce vai cair do cavalo,achando que todos vao acreditar neste papo fiado seu,se voce nao cair na camara ai voce pode ter certeza que vai se dar mal.

  • Jorge Lima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Depois de Ralf Leite o Posto Zero nunca mais será o mesmo. A turma esta muito triste com o afastamento de seu mais ilustre frequentador.

  • Jose Inacio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É SÓ O QUE FALTAVA, PRIMEIRO É PEGO DANDO UMA DE PADEIRO ESQUECIDO, E AGORA SE DIZ PERSEGUISO. SÓ SE ESTA SONHANDO TODA NOITE COM COM OS GUARDAS CHEGANDO NA HORA DA FORNADA.

  • RALF LEITE NA ROSQUINHA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Antonio Fragoso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Também ouvi falar alguma coisa assim, que o Ralf quer ser empresário para fornecer Leite e rosquinha para os vereadores de Cuiabá.

  • Josue Sampaio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dialogo do Ralf com o coronel:
    Ralf- Papai, não foi bem assim, espera um pouco que eu vou te contar como foi;
    Coronel- Ta bem Ralf, senta ai:
    Ralf- Não posso sentar papai.....

  • antonio coelho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    senhores leitores conpra de vo tonao pune ninquem porque o vereador woscheto conprou tanto voto en cuaiba

Apelo dramático da Santa Casa de ROO

bianca talita 400 santa casa roo   A superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita (foto), fez um apelo dramático nesta terça, num grupo de WhatsApp, esperando sensibilizar o prefeito Zé do Pátio a repassar com urgência os recursos que estão repressados no Fundo Municipal de...

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto), que não tem a ver com o caso....

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...